Adenoma tubular de baixo grau, o que significa?

“O que é adenoma tubular com displasia de baixo grau? Pode virar câncer?”

Dr.ª Janyele Sales

Médica de Saúde Familiar

CRM 177392-SP

Dr.ª Janyele Sales
Não tem agenda disponível
Buscar Gastroenterologista perto de você

O adenoma tubular de baixo grau é uma forma de adenoma com muito baixo risco de malignidade. Os adenomas são pequenas lesões em forma de pólipos que se desenvolvem no intestino e que surgem devido à proliferação de células intestinais. São lesões consideradas benignas, ou seja, que não são câncer.

Apesar do adenoma tubular de baixo grau não ser um câncer, ele pode se transformar em um tumor maligno e, consequentemente, "virar" câncer. O risco do adenoma tubular se tornar maligno é de aproximadamente 5%. Esse risco é maior nos adenomas de “alto grau”.

O adenoma tubular, em geral, não causa sintomas e é descoberto durante uma colonoscopia.

O desenvolvimento de adenomas tubulares é mais frequente em pessoas mais velhas, sedentárias, do sexo masculino e com excesso de peso ou obesidade. Portanto, para reduzir o risco de ter um adenoma tubular, recomenda-se:

  • Reduzir a ingestão de gorduras;
  • Aumentar a ingestão de frutas, vegetais e fibras;
  • Praticar atividade física frequentemente;
  • Manter o peso ideal adequado para a altura;
  • Evitar o consumo de álcool em excesso;
  • Evitar fumar.

O adenoma tubular pode ser retirado durante a colonoscopia. Após a retirada do adenoma tubular de baixo grau, não é necessário nenhum outro tratamento específico se a pessoa não apresentar sintomas.

Ainda assim, é recomendado repetir a colonoscopia em intervalos regulares, para verificar se surgem novos adenomas. É, por isso, importante fazer consultas regulares com um gastroenterologista ou proctologista, para avaliar o risco de problemas graves e fazer os exames mais adequados.

91% dos leitores acham este conteúdo útil (65 avaliações nos últimos 12 meses)
  • Iremos publicar sua pergunta de forma anônima.
  • Faça uma pergunta clara, curta e sem incluir dados pessoais.
  • Não peça um diagnóstico ou 2ª opinião sobre tratamentos que já esteja realizando.
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta. O seu email nunca será publicado online.
Marque consulta com um Gastroenterologista perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 9 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.