Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como fazer a massagem do períneo no Pré e Pós Parto

A massagem perineal pode ser realizada diariamente na região do períneo e serve para alargar a entrada da vagina e o canal do parto, facilitando a saída do bebê durante o parto normal. Confira os passos para saber como realizar esta massagem em casa, e se familiarizar com a ideia de ter um parto normal, sem cortes desnecessários. 

Fazer a massagem no períneo é uma boa forma de aumentar a lubrificação, e o alongamento do tecidos desta região, o que ajuda na dilatação, e consequentemente na passagem do bebê pelo canal de parto. Dessa forma é possível haver benefícios emocionais e físicos dessa massagem. 

Passo a passo da massagem perineal 

Como fazer a massagem do períneo no Pré e Pós Parto

A massagem no períneo deve ser realizada todos os dias, à partir das 30 semanas de gestação, e deve durar aproximadamente 10 minutos. Os passos são:

  • Lavar as mãos e passar uma escovinha por baixo das unhas. As unhas devem ser mantidas o mais curta possível;
  • Aplicar um lubrificante à base de água para facilitar a massagem, sem o risco de infecções, não se deve usar óleo ou creme hidratante;
  • A mulher deve sentar-se de forma confortável, apoiando as costas com almofadas confortáveis;
  • Deve-se aplicar o lubrificante nos dedos polegar e indicador, e também na região do períneo e entrada da vagina;
  • A mulher deve introduzir cerca de metade do polegar na vagina, e empurrar o tecido perineal para trás, em direção ao ânus;
  • A seguir deve-se massagear lentamente a parte inferior da vagina, em forma de U;
  • Depois a mulher deve manter cerca de metade dos 2 polegares na entrada da vagina e pressionar o tecido perineal até o máximo que conseguir, até sentir dor ou queimação e manter essa posição por 1 minuto. Repetir 2-3 vezes. 
  • A seguir deve pressionar da mesma forma em direção às laterais, mantendo também 1 minuto de estiramento.

A massagem perineal também é útil para fazer no pós-parto, se tiver passado por um episiotomia. Ela ajuda a manter a elasticidade dos tecidos, alargar novamente a entrada da vagina e a dissolver os pontos de fibrose que podem se formar ao longo da cicatriz, para possibilitar o contato sexual sem dor. Para tornar a massagem menos dolorida pode-se usar uma pomada anestésica cerca de 40 minutos antes de iniciar a massagem, um bom exemplo é a pomada Emla.

Massagem com EPI-No

O EPI-No é um pequeno equipamento, que funciona de forma semelhante ao aparelho que mede a pressão. Consiste em apenas um balão de silicone que deve ser introduzido na vagina e pode encher à medida que é inflado manualmente pela mulher. Assim, a mulher tem total controle do quanto o balão pode encher dentro de sua vagina, alargando os tecidos. 

Como usar:

Colocar lubrificante na entrada da vagina e também no balão de silicone insuflável EPI-No. Insuflar apenas o suficiente para que ele seja capaz de entrar na vagina e depois de acomodado deve insuflar o balão para que ele possa se expandir e afastar as laterais da vagina. Este equipamento pode ser usado 1-2 vezes ao dia, todos os dias, e não induz o parto.

O balão inflável pode ser usado à partir das 34 semanas de gestação e é seguro, não afetando negativamente o bebê. O ideal é que seja usado todos os dias para um alongamento progressivo da canal vaginal, o que pode facilitar bastante o nascimento do bebê. Este pequeno equipamento pode ser comprado pela internet mas também pode ser alugado por algumas doulas. 

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar