Mancha branca na unha: o que pode ser e como tratar

junho 2022

A mancha branca na unha é sinal de que existe uma alteração na estrutura da unha, que pode ser causada por uma deficiência nutricional, alergias ou pequenas pancadas. Estas manchinhas também são conhecidas por leuconíquias e normalmente não estão relacionadas a qualquer doença.

As manchas brancas nas unhas podem surgir tanto nas unhas dos pés quanto das mãos e, de forma geral não são motivo de preocupação. No entanto, se surgirem com frequência, podem indicar a falta de alguns nutrientes essenciais como cálcio, zinco ou vitamina B12, por exemplo.

A mancha branca na unha pode ser prevenida e tratada de acordo com as orientações do dermatologista, sendo geralmente indicado que a pessoa mantenha uma boa alimentação e hidratação.

Principais causas

As principais causas para o aparecimento de manchas brancas nas unhas são:

  • Alergia a substâncias, como ao esmalte ou a produtos de limpeza, por exemplo;
  • Deficiências nutricionais, como a falta de cálcio, ferro, zinco, silício, ácido fólico ou vitamina B12, devido a uma má alimentação;
  • Pequenos traumas na unha, como prender o dedo em algum local ou sofrer algum dano na manicure;
  • Uso de antibióticos da classe das sulfonamidas, como a bactrim, por exemplo;
  • Alguns tratamentos médicos, como a quimioterapia;
  • Variações hormonais na mulher;
  • Presença de algumas doenças, como anemia, psoríase, vitíligo, tuberculose, doença renal, micose, cirrose hepática, insuficiência cardíaca congestiva e diabetes;
  • Exposição a temperaturas extremas, principalmente ao frio.

Além destes fatores, as manchas brancas nas unhas também podem ser um problema genético, afetando uma grande área da unha, chamada de leuconíquia total.

Como tratar mancha branca na unha

De forma geral, as manchas brancas na unha desaparecem espontaneamente, não sendo necessário qualquer tratamento, no entanto, há alguns métodos que ajudam a tirar as manchas brancas da unha ou a prevenir seu o aparecimento.

Assim, no caso de mulheres que pintem as unhas, devem retirar bem o esmalte antes de pintar novamente as unhas e hidratá-las bem. Além disso, devem ser usadas luvas de proteção quando se utilizam produtos que podem provocar alergias, como os produtos de limpeza, para lavar louça, entre outros.

Também é muito importante fazer uma boa alimentação de forma a evitar a carência de minerais que são importantes para a manutenção de unhas saudáveis como o cálcio, encontrado em alimentos como leite e grãos; o ferro, presente em carnes vermelhas e morangos; o zinco, presente em amêndoas e peru; a vitamina B12 encontrada em salmão e mariscos; e o ácido fólico, presente em lentilhas e espinafres, por exemplo.

Tratamento caseiro

Uma boa forma de atenuar as manchas brancas nas unhas, além de as tornar mais fortes e bonitas, é aplicar uma mistura de óleos, que se prepara da seguinte forma:

Ingredientes

  • 1 colher de chá de óleo de jojoba;
  • 1 colher de chá de óleo de sementes de alperce;
  • 1 colher de chá de óleo de amêndoa;
  • 1 cápsula de 400 UI de óleo de vitamina E.

Modo de preparo

Misturar os óleos num frasco, agitar bem e de seguida massagear nas unhas e cutículas várias gotas da mistura. O ideal é que a mistura seja colocada de preferência 2 vezes ao dia, tanto pela manhã quanto à noite.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em junho de 2022.

Bibliografia

  • Rita Cabeza Martíneza, Vicente Leis Dosila, Ricardo Suárez Fernándeza. Uñas y enfermedades sistémicas. ELSEVIER. 2006
  • José Alfredo Soto-Ortiz, María José M Castro-Jonguitud, Karla Michelle Doria- Pérez, Juan Gabriel BarrientosGarcía. Leuconiquia adquirida idiopática. Dermatol Rev Mex 2. 2019
Mostrar bibliografia completa
  • Farah Katiria Sevilla González, Jorge Ocampo Candiani. Manifestaciones en uñas en enfermedades sistémicas. Medigraphic Educación médica Dermatología Cosmética, Médica y Quirúrgica. 2011
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.