Lâmpada de Wood: o que é, para que serve e como funciona

Setembro 2021

A lâmpada de Wood, também chamada de luz de Wood ou LW, é um aparelho diagnóstico muito utilizado na dermatologia e na estética com o objetivo de verificar a presença de lesões de pele, suas características e extensão de acordo com a fluorescência observada quando a lesão analisada é exposta à luz UV de baixo comprimento de onda.

A avaliação com a lâmpada de Wood é feita de forma complementar ao exame dermatológico sob a luz normal, sendo indicado principalmente para diagnosticar doenças de pele e unhas causadas por fungos, além de também ser útil no diagnóstico de porfiria, manchas escuras ou claras na pele, como vitiligo e melasma, e sinais e oleosidade ou ressecamento da pele.

Dessa forma, a partir da fluorescência da lesão visualizada sob a luz UV, o dermatologista consegue realizar o diagnóstico e, assim, indicar o tratamento mais adequado.

Lâmpada de Wood: o que é, para que serve e como funciona

Para que serve

A lâmpada de Wood é utilizada para determinar o grau e a extensão da lesão dermatológica, assim como para avaliar as características da lesão, podendo ajudar a identificar o agente infeccioso. Assim, as principais indicações do uso da lâmpada de Wood são:

  • Diagnóstico de infecções por fungos dermatófitos, que são aqueles que podem afetar a pele, cabelo, pelo e unha;
  • Investigar a ocorrência de eritrasma, que é uma doença causada por bactéria que pode levar ao aparecimento de lesões descamativas;
  • Avaliar lesões hipo ou hipercrômicas, como vitiligo e melasma;
  • Investigar a porfiria, em que há acúmulo de porfiria no sangue, resultando em bolhas, cicatrizes e vermelhidão da pele;
  • Avaliar as características da pele, identificando a presença de áreas com maior oleosidade ou ressecamento.

No caso da avaliação de sinais de ressecamento e oleosidade, a lâmpada de Wood pode ser utilizada antes da realização de procedimentos estéticos, pois permite que o profissional verifique as características da pele e, assim, determine o procedimento mais adequado.

De acordo com a cor de luminescência, é possível identificar e diferenciar as lesões dermatológicas. No caso das dermatoses infecciosas, a fluorescência representa o agente infeccioso, mas no caso da porfiria, a fluorescência acontece em função das substâncias presentes na urina.

No caso dos distúrbios de pigmentação, a lâmpada de Wood é utilizada não só para avaliar os limites e características da lesão, mas também verificar a presença de lesões subclínicas que não foram identificadas no exame dermatológico convencional, apenas por fluorescência. Apesar do uso da lâmpada de Wood ser muito eficaz no diagnóstico e acompanhamento da evolução das lesões, o seu uso não dispensa o exame dermatológico convencional. Entenda como é feito o exame dermatológico.

Como funciona

A lâmpada de Wood é um equipamento pequeno que permite identificar diversas lesões dermatológicas de acordo com o padrão de fluorescência observado quando a lesão é iluminada em um comprimento de onda baixo. A luz UV é emitida em um comprimento de onda de 340 a 450 nm por um arco de mercúrio e é filtrada por uma chapa de vidro composto de silicato de bário e 9% de óxido de níquel.

Para que o diagnóstico seja o mais correto, é preciso que a avaliação da lesão pela lâmpada de Wood seja feita a 15 cm da lesão, em um ambiente escuro e sem luz visível, de modo que apenas a fluorescência da lesão seja percebida.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • ATWAN, Ausama A.; ZIAJ, Stela; MILLS, Caroline M. Defining Surgical Margins With Wood Lamp. Dermatol Pract Concept. Vol 10. 1 ed; 2020
  • SATO, Tomotaka; ASAHINA, Yasuhiko; TOSHIMA, Sasumu et al. Usefulness of Wood's Lamp for the Diagnosis and Treatment Follow-up of Onychomycosis. Medical Mycology Journal. Vol 61. 2 ed; 17-21, 2020
Mais sobre este assunto: