Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Lactobacillus acidophilus: para que serve e como tomar

Os Lactobacillus acidophilus, também chamados de L. acidophilus ou apenas acidóphilus, são um tipo de bactérias "boas", conhecidos como probióticos, que estão presentes no trato gastrointestinal, protegendo a mucosa e ajudando o organismo na digestão dos alimentos.

Este tipo específico de probióticos é conhecido por acidophilus porque produz ácido láctico, o que acontece devido à degradação do leite pela enzima lactase, que também é produzida por estas bactérias.

Lactobacillus acidophilus: para que serve e como tomar

Os probióticos são conhecidos por promover a saúde intestinal, ajudando a aliviar sintomas como excesso de gases ou diarreia, por exemplo, mas também podem ter outros benefícios para a saúde. Alguns dos benefícios mais importantes dos Lactobacillus acidophilus são:

1. Evitar o surgimento de diarreia

Na maior parte dos casos, a diarreia surge devido a uma infecção intestinal causada por bactérias "más" que se desenvolvem na parede do intestino e causam inflamação, gerando fezes moles e excesso de gases. Com o consumo de probióticos, como os acidophilus, as chances de ter uma infecção intestinal diminuem, pois as bactérias "boas" controlam o desenvolvimento das outras bactérias, evitando que se multipliquem em excesso e causem sintomas.

Dessa forma, os probióticos são importantes principalmente em situações em que existe maior risco de ter diarreia, como acontece durante o tratamento com antibióticos, já que ajudam a renovar a flora intestinal, que vai sendo eliminada com o uso do antibiótico. Nestes casos, o probiótico deve ser tomado logo desde o primeiro dia em que se começa o antibiótico e mantido por 2 a 4 semanas.

2. Melhorar os sintomas de intestino irritável

A síndrome do intestino irritável provoca sintomas muito desconfortáveis como excesso de gases, inchaço abdominal e dor de barriga, que podem ser aliviados com o uso de um probiótico, como os Lactobacillus acidophilus. Isso acontece porque quando os níveis de bactérias "boas" estão garantidos, existe maior dificuldade para haver um desequilíbrio da flora intestinal, que também é conhecido como disbiose e que também causa excesso de gases e dor abdominal.

Muitas pessoas com intestino irritável apresentam também um quadro de disbiose, o que acaba agravando os sintomas. Assim, quando se utiliza um probiótico, é possível tratar a disbiose e reduzir todos os sintomas intestinais associados, especialmente a sensação de barriga inchada e a dor abdominal.

3. Fortalecer o sistema imune

O aumento de bactérias "boas" no intestino, como os L. acidophilus, ajuda a ativar as células do sistema imune, que são geralmente encontradas perto do sistema digestivo, especialmente no intestino delgado. Assim, o uso de um probiótico pode ajudar a evitar o surgimento de infecções mais comuns como gripe ou resfriado, por exemplo.

Além disso, como melhora a saúde do intestino, o consumo de acidophilus, também parece reduzir o surgimento de crises alérgicas, pois reduz os espaços entre as células intestinais, diminuindo as chances de uma substância alergênica ser absorvida para a corrente sanguínea.

Lactobacillus acidophilus: para que serve e como tomar

4. Reduzir os níveis de colesterol

Os probióticos em geral, mas especialmente os Lactobacillus acidophilus, parecem reduzir a absorção intestinal de colesterol, o que faz com que os seus níveis no sangue também diminuam. Em alguns casos, o consumo de L. acidophilus, pode reduzir em até 7% os níveis de LDL, conhecido como colesterol "ruim".

5. Evitar infecções vaginais

As bactérias do tipo acidophilus são as mais frequentes na flora vaginal pois produzem ácido láctico que ajuda a controlar o crescimento de bactérias "más" e fungos que podem causar infecções vaginais, como candidíase, por exemplo. Assim, o consumo de probióticos com L. acidophilus parece melhorar a saúde vaginal.

Além disso, este tipo de probiótico também pode ser aplicado diretamente na vagina para reduzir os sintomas de uma infecção que já está presente. Para isso, deve-se abrir uma cápsula do probiótico para 1 ou 2 litros de água e fazer um banho de assento. Outra opção caseira eficaz, é aplicar iogurte natural diretamente na vagina, pois é muito rico em Lactobacillus acidophilus. Veja aqui como fazer a aplicação do iogurte.

Como tomar Lactobacillus acidophilus

Os L. acidophilus podem ser encontrados em produtos naturais, como o iogurte e outros lacticínios, como queijo ou coalhada, por exemplo, e, por isso, o seu consumo é bastante fácil.

No entanto, também podem ser encontrados na forma de suplementos em cápsulas, podendo, ou não, estar associados a outros probióticos. Nestes casos, o seu consumo varia de acordo com a marca, sendo recomendado ler a bula ou as indicações da embalagem.

No entanto, na maior parte das vezes é aconselhado tomar da seguinte forma:

  • 1 a 2 cápsulas durante ou após uma refeição;

No caso de se estar usando algum antibiótico, é recomendado esperar pelo menos 2 horas após a toma do medicamento, para evitar a eliminação das bactérias "boas".

Possíveis efeitos colaterais

O principal efeito colateral do uso de um probiótico como o L. acidophilus é a produção excessiva de gases intestinais. Isso acontece porque, muitas vezes, os suplementos com probióticos também contêm fruto-oligossacarídeos, que funcionam como alimento para as bactérias, mas que facilitam a produção de gases. Uma boa forma de aliviar o desconforto é tomar também um suplementos de enzimas digestivas, como o bromelaína ou papaína.

O uso de probióticos é bastante seguro e, por isso, não existe contraindicações, desde que o sistema imune esteja funcionando corretamente e não exista uma doença autoimune grave, como AIDS, por exemplo.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...