Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é íleo paralítico

Íleo paralítico é uma doença que afeta o intestino, alterando ou cessando a sua motilidade. Em pessoas saudáveis, durante a digestão, a comida vai atravessando o intestino até ser digerida ou eliminada, através de movimentos peristálticos. No entanto, em pessoas com íleo paralítico, esses movimentos não acontecem ou são quase inexistentes, podendo provocar sintomas como perda do apetite, prisão de ventre, vômitos ou mesmo obstrução intestinal. Veja mais sobre esta doença.

O íleo paralítico pode ser provocada por outras doenças ou pela toma de alguns medicamentos, podendo causar problemas muito graves se não for tratado, como perfuração do intestino ou infecção generalizada, também conhecida por sepsis e por isso o tratamento deve ser feito com a maior brevidade possível.

O que é íleo paralítico

Possíveis causas

O íleo paralítico pode ser causado por diversos fatores, como:

  • Câncer no intestino;
  • Doenças inflamatórias do intestino, como doença de Crohn;
  • Diverticulite;
  • Torção do colon;
  • Hérnias inguinais;
  • Doença de Parkinson;
  • Toma de medicamentos narcóticos, como hidromorfona, morfina ou oxicodona e toma de antidepressivos tricíclicos, como a amitriptilina e a imipramina;

Além disso, esta doença também pode ser causada devido à formação de tecido fibroso, que pode ocorrer após uma cirurgia abdominal, por isso, é importante estar atento aos sintomas no pós-operatório.

Quais os sinais e sintomas

Os sintomas mais comuns que podem ocorrer em pessoas com esta doença são dor abdominal, perda do apetite, prisão de ventre, inchaço do abdômen, enfartamento, enjoo e vômitos, que podem conter vestígios de fezes. 

Em casos mais graves, podem ocorrer complicações como necrose celular do intestino devido à diminuição de sangue no local ou perfuração do intestino, que pode causar uma infecção chamada de peritonite, que ocorre devido à propagação de uma bactéria presente no intestino, chamada E. coli. Se a infecção não for tratada atempadamente, pode levar a sepsis e falência dos órgãos.

O que é íleo paralítico

Como é feito o tratamento

Antes de fazer o tratamento do íleo paralítico é necessário identificar a causa que está na sua origem. Para isso, o médico pode fazer um diagnóstico através de um exame físico, raio-X, tomografia computadorizada ou ultrassom.

O íleo paralítico pode curar sozinho sendo apenas necessário estabilizar a pessoa através da administração de fluidos pela veia, inserção de uma sonda nasogástrica para aspirar o ar e o líquido, o que vai ajudar a aliviar o inchaço abdominal. No entanto, caso não haja melhoras, o médico deve optar por outro tratamento de forma a evitar que ocorra uma obstrução intestinal.

Caso seja um medicamento que esteja na origem do problema, o médico pode suspender a toma desse medicamento, ou prescrever um remédio que estimule o trânsito intestinal, como é o caso da metoclopramida ou da domperidona.

Caso a obstrução seja parcial, ou seja, caso alguma comida e fluidos continuem a ser transportados pelo intestino, apenas é necessário estabilizar a pessoa e fazer uma dieta pobre em fibras, podendo também ser prescrito um remédio para acelerar o trânsito intestinal.

Em casos de obstrução total, ou caso o tratamento para a obstrução parcial não resulte, pode ser necessário recorrer a cirurgia para aliviar essa obstrução, remover uma porção do intestino ou mesmo remover todo o intestino. Nos casos em que é removido todo o intestino, é necessário fazer uma ostomia, que consiste na criação de um canal que liga o intestino a uma espécie de saco, através de uma abertura no abdômen, por onde são eliminadas as fezes.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...