Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Histoplasmose: o que é, sintomas e tratamento

A histoplasmose é uma doença infecciosa causada pelo fungo Histoplasma capsulatum, que pode ser transmitida por pombos e morcegos, principalmente. Essa doença é mais comum e mais grave em pessoas que possuem diminuição do sistema imunológico, como por exemplo as pessoas com AIDS ou que fizeram transplante, por exemplo.

A contaminação pelo fungo acontece ao inalar os fungos presentes no ambiente e os sintomas variam de acordo com a quantidade de esporos inalados, podendo haver febre, calafrios, tosse seca e dificuldade para respirar, por exemplo. Em alguns casos também pode haver disseminação do fungo para outros órgãos, principalmente fígado.

O tratamento deve ser feito de acordo com a recomendação do médico, sendo normalmente recomendado pelo médico o uso de medicamentos antifúngicos, como Itraconazol e Anfotericina B, por exemplo.

Histoplasmose: o que é, sintomas e tratamento

Sintomas de Histoplasmose

Os sintomas de histoplasmose normalmente surgem entre 1 e 3 semanas após o contato com o fungo e variam de acordo com a quantidade de fungo inalada e sistema imunológico da pessoa. Quanto maior a quantidade de fungo inalada e mais comprometido for o sistema imune, mais graves são os sintomas. 

Os principais sintomas de histoplasmose são:

  • Febre;
  • Calafrios;
  • Dor de cabeça;
  • Dificuldade para respirar;
  • Tosse seca;
  • Dor no peito;
  • Cansaço excessivo.

Normalmente, quando os sintomas são leves e a pessoa não possui o sistema imunológico enfraquecido, os sintomas de histoplasmose desaparecem depois de algumas semanas, no entanto é comum que apareçam pequenas calcificações nos pulmões.

Quando a pessoa possui o sistema imunológico enfraquecido, sendo mais frequente em pessoas portadoras da AIDS, que fizeram transplante ou fazem uso de medicamentos imunossupressores, os sintomas são mais crônicos, podendo haver principalmente alterações respiratórias graves.

Além disso, na ausência de tratamento ou falta de diagnóstico correto, o fungo pode espalhar-se para outros órgãos, dando origem à forma disseminada da doença, que pode ser fatal.

Como é feito o tratamento

O tratamento para histoplasmose varia de acordo com a gravidade da infecção. No caso de infecções leves, os sintomas podem desaparecer sem ser necessária a realização de qualquer tratamento, no entanto pode ser recomendado o uso de Itraconazol ou Cetoconazol, por exemplo, que deve ser usado por 6 a 12 semanas de acordo com a orientação do médico.

Já no caso das infecções mais graves, o clínico geral ou infectologista pode indicar o uso de Anfotericina B diretamente na veia.


Bibliografia

  • BARER, Michael R. Medical Microbiology: A guide to microbial infections - pathogenesis, immunity, laboratory investigation and control. 19 ed. Elsevier, 2018. 592-593.
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem