Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Hipoglicemia reativa: o que é, sintomas e como confirmar

A hipoglicemia reativa, ou hipoglicemia pós-prandial, é uma condição caracterizada pela diminuição dos níveis de glicose no sangue até 4 horas após uma refeição, sendo também acompanhada por sintomas típicos de hipoglicemia, como dor de cabeça, tremores e tonturas.

Essa condição muitas vezes não é diagnosticada corretamente, sendo considerada apenas uma situação de hipoglicemia comum e que estaria relacionada com estresse, ansiedade, síndrome do intestino irritável, enxaqueca e intolerâncias alimentares, por exemplo. No entanto a hipoglicemia reativa precisa ser diagnosticada corretamente para que a sua causa possa ser investigada e o tratamento adequado possa ser realizado, uma vez que alterações na dieta não são suficientes para tratar a hipoglicemia reativa.

Hipoglicemia reativa: o que é, sintomas e como confirmar

Como é feito o diagnóstico da hipoglicemia reativa

Devido ao fato dos sintomas da hipoglicemia reativa serem os mesmos que os da hipoglicemia comum, o diagnóstico é muitas vezes feito de forma errada.

Por isso, para se fazer o diagnóstico da hipoglicemia pós-prandial deve ser considerada a tríade de Whipple, em que a pessoa deve apresentar obrigatoriamente os seguintes fatores para que seja concluído o diagnóstico:

  • Sintomas de hipoglicemia;
  • Concentração de glicose no sangue medida em laboratório inferior a 50 mg/dL;
  • Melhora dos sintomas após consumo de carboidratos.

Para que seja possível haver a melhor interpretação dos sintomas e dos valores obtidos, é recomendado que no caso de ser investigada a hipoglicemia reativa, a pessoa que apresenta sintomas vá ao laboratório e seja feita a coleta de sangue após a refeição e permaneça no local por cerca de 5 horas. Isso porque também deve ser observada a melhora dos sintomas de hipoglicemia após consumo de carboidratos, que deve acontecer após a coleta.

Dessa forma, caso seja verificado no exame de sangue baixas concentrações de glicose circulantes e melhora dos sintomas após consumo de carboidratos, é conclusivo de hipoglicemia pós-prandial, sendo recomendada a investigação para que seja iniciado o tratamento mais adequado.

Principais causas

A hipoglicemia reativa é consequência de doenças pouco comuns e, por isso, muitas vezes o diagnóstico dessa condição é errado. As principais causas de hipoglicemia reativa são a intolerância hereditária à frutose, síndrome pós-cirurgia bariátrica e insulinoma, que é uma condição caracterizada pelo excesso de produção de insulina pelo pâncreas, havendo diminuição rápida e excessiva da quantidade de glicose circulante. Saiba mais sobre o insulinoma.

Sintomas da hipoglicemia reativa

Os sintomas de hipoglicemia reativa estão relacionados com a diminuição da quantidade de glicose circulante no sangue e, por isso, os sintomas são os mesmos que o de uma hipoglicemia consequente do uso de alguns medicamentos ou de jejum prolongado, sendo os principais:

  • Dor de cabeça;
  • Fome;
  • Tremores;
  • Enjoo;
  • Suor frio;
  • Tontura;
  • Cansaço;
  • Sonolência ou agitação;
  • Palpitações;
  • Dificuldade de raciocínio.

Para que seja confirmada a hipoglicemia reativa, é preciso que além dos sintomas a pessoa apresente quantidades baixas de glicose circulante no sangue após a refeição e que seja verificada melhora nos sintomas após consumo de alimentos açucarados. A identificação da causa é importante para que seja inciado o tratamento, que é estabelecido pelo endocrinologista de acordo com a causa.

Bibliografia >

  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES. Hipoglicemia pós-prandial: problemas com o diagnóstico. Disponível em: <https://www.diabetes.org.br/publico/notas-e-informacoes/1040-hipoglicemia-pos-prandial-problemas-com-o-diagnostico>. Acesso em 10 Dez 2019
  • HELLER, Simon R. Glucose Concentrations of Less Than 3.0 mmol/L (54 mg/dL) Should Be Reported in Clinical Trials: A Joint Position Statement of the American Diabetes Association and the European Association for the Study of Diabetes. Diabetes Care. Vol 40. 155-157, 2017
  • MONGRAW-CHAFFIN, Morgana; BEAVERS, Daniel P.; McCLAINS, Donald A. Hypoglycemic symptoms in the absence of diabetes: Pilot evidence ofclinical hypoglycemia in young women. Journal of Clinical & Translational Endocrinology. Vol 18. 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem