Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quando fazer hidratação, nutrição ou reconstrução capilar

Devido à exposição diária poluição, calor ou substâncias químicas, como no caso dos produtos para colorir os cabelos, os fios acabam por perder nutrientes, ficando mais porosos e menos resistentes, deixando o cabelo com pouco brilho e quebradiço. Por isso, a realização de procedimentos que ajudam a repor os nutrientes perdidos no dia a dia é importante para que o cabelo volte a ficar macio, sem volume, com brilho e sem frizz.

Há três procedimentos que promovem a saúde do cabelo a hidratação, a nutrição e a reconstrução capilar. Esses tratamentos podem ser feitos em casa, no entanto deve ser feito de acordo com as características dos fios no momento. Assim, para saber qual o procedimento mais adequado, pode-se fazer o teste do fio no copo de água, em que dependendo de como o fio se comporta, pode ser verificado o grau de porosidade e, assim, o tratamento mais eficaz.

Para fazer o teste, basta colocar um fio de cabelo em um copo com água e esperar para ver se o fio fica boiando ou é depositado no fundo do copo, como mostra a imagem a seguir:

Quando fazer hidratação, nutrição ou reconstrução capilar

Dessa forma, depois de fazer o teste é possível saber qual o tratamento que o cabelo precisa:

1. Hidratação

A hidratação é feita quando os fios estão íntegros, ou seja, quando existe quantidade adequada de queratina, sendo realizada como forma de preservar a estrutura dos fios e manter o brilho e a maciez do cabelo.

  • Para lavar: preferir shampoo sem sal, neutro ou transparente e esfregar principalmente o couro cabeludo, deixando a espuma somente escorrer pelos fios.
  • Para hidratar: a seguir deve aplicar máscara de hidratação ou creme de massagem que tenha ingredientes como mel, ovo, chocolate e vitaminas. A máscara deve permanecer no cabelo por cerca de 10 minutos e depois basta enxaguar e finalizar como preferir, seja deixando secar naturalmente ou usando finalizador e secador de cabelo, seguido de prancha, por exemplo.
  • Frequência: 1 ou 2 vezes por semana, para quem lava o cabelo até 3 vezes por semana, quem lava todos os dias, pode optar por acrescentar mais 1 dia de hidratação ou intercalar com uma umectação. Essa frequência não é alta e não pesa nos fios.

Confira outras dicas para hidratar o cabelo.

2. Nutrição

A nutrição é feita com o objetivo de repor vitaminas e minerais que estejam faltando nos fios, sendo recomendada que seja feita antes de realizar a hidratação para garantir os seus resultados.

  • Para lavar: usar shampoo perolado, indicado para cabelos secos ou danificados, usar pouca quantidade mas garantir que todos os fios ficam limpos.
  • Para nutrir: depois aplicar máscara ou creme de massagem que contém óleo ou manteiga adicionados como manteiga de karité, óleo de macadâmia, óleo de coco, óleo de abacate, azeitona, óleo de Argan. Adicionar esses ingredientes no creme que usou para fazer a hidratação também é uma boa ideia. Deixar atuar por até 20 minutos com touca na cabeça.
  • Frequência: fazer no máximo 2 vezes por semana, mesmo se lavar o cabelo diariamente. Quem tem cabelo oleoso só deve aplicar o produto após 10 cm da raiz, e se tiver cabelo curto, só nas pontas.

3. Reconstrução

A reconstrução é indicada quando os fios estão muito porosos, o que acontece principalmente devido à falta de queratina. Assim, a reconstrução tem como objetivo repor a queratina do cabelo, promovendo a saúde dos fios. É importante que a reconstrução seja feita antes da nutrição ou da hidratação para garantir que sejam percebidos os resultados desses procedimentos.

  • Para lavar: usar shampoo para limpeza profunda, sem sal.
  • Para reconstruir: adicionar 1 ampola de queratina para cada 1 colher de sopa de creme de massagem ou usar creme que já tenha proteínas como queratina, creatina, arginina, cisteína, colágeno, aminoácidos em seus ingredientes. Por vezes os rótulos dos produtos tem a informação de que é para reposição de massa capilar. Deixar atuar por 20 minutos, com touca e enxaguar a seguir.
  • Frequência: usar no máximo 2 vezes por mês porque o excesso de queratina deixa os cabelos quebradiços.

A melhor forma de garantir que o cabelo recebe exatamente o que precisa é fazendo o teste de forma frequente, mas seguir o cronograma capilar também é uma ótima forma de conseguir um cabelo bonito e hidratado mesmo que esteja usando química no cabelo. Veja como fazer um cronograma capilar.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem