Herpes genital tem cura?

O herpes genital não tem uma cura definitiva, mas é possível controlar os sintomas através do uso de antivirais, como o aciclovir e o valaciclovir, que ajudam a controlar os sintomas e diminuir a frequência com que aparecem.

Ainda não é possível curar a herpes genital definitivamente porque o vírus aloja-se nas terminações nervosas, local onde nenhum remédio consegue alcançar, mas apesar disso, os remédios antivirais são capazes de diminuir a replicação do vírus, o que leva a uma diminuição do seu tempo de atuação e diminuem as chances de transmissão da doença para outras pessoas.

Por isso, sempre que uma pessoa apresentar as feridinhas da herpes deve seguir o tratamento indicado pelo seu médico para evitar contaminar outras pessoas e melhorar sua qualidade de vida, diminuindo a dor e o desconforto que este vírus provoca.

Como controlar o herpes genital

O tratamento para herpes genital é feito com antivirais como aciclovir, valaciclovir ou fanciclovir, que devem ser prescritos pelo médico. Com o tratamento, as feridinhas cicatrizam e desaparecem, levando à diminuição da vermelhidão, dor e coceira na região afetada, em cerca de 7 a 10 dias. Veja mais detalhes do tratamento para herpes genital.

Durante este período é recomendado evitar o contato íntimo e não compartilhar a toalha de banho ou roupa íntima com outras pessoas da casa para evitar que o vírus se espalhe, contaminando os outros.

Além disso, para aliviar o mal-estar é possível fazer banho de assento com água morna várias vezes ao dia e, para fazer com que as feridas desapareçam mais rápido, é importante fortalecer o sistema imune consumindo mais frutas ricas em vitamina C. Um suco rico nessa vitamina é o de laranja com acerola, que deve ser consumido 3 vezes por dia. Veja mais sobre os remédios caseiros para herpes genital.

É também indicado evitar o uso de roupa apertada, dando preferência ao uso de roupa de algodão para permitir que a pele respire adequadamente, além de evitar ficar muito tempo sentado.

Como prevenir o herpes genital

Para prevenir o herpes genital é importante utilizar preservativo feminino ou masculino nas relações sexuais, principalmente durante o período de manifestação dos sintomas e de tratamento até que o esquema de medicamentos tenha sido finalizado, já que os remédios ajudam a diminuir o o risco de contágio.

Veja outras dicas do que pode ajudar a combater o herpes, no vídeo a seguir:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em outubro de 2022. Revisão médica por Drª. Sheila Sedicias - Ginecologista, em fevereiro de 2016.

Bibliografia

  • BC CENTRE FOR DISEASE CONTROL CANADA. What is Herpes?. Disponível em: <http://www.bccdc.ca/resource-gallery/Documents/Educational%20Materials/STI/Herpes%20Handout.pdf>. Acesso em 10 out 2022
  • WORLD HEALTH ORGANIZATION. WHO GUIDELINES FOR THE Treatment of Genital Herpes Simplex Virus. 2016. Disponível em: <https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/250693/9789241549875-eng.pdf>. Acesso em 10 out 2022
Revisão médica:
Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista
Médica mastologista e ginecologista formada pela Universidade Federal de Pernambuco, em 2008 com registro profissional no CRM PE 17459.

Tuasaude no Youtube

  • Herpes - Alimentação para curar a ferida e prevenir a infecção

    03:27 | 673428 visualizações