Herpes genital tem cura?

O herpes genital não tem uma cura definitiva porque o vírus não consegue ser eliminado do corpo, e por isso o que se pode fazer é somente controlar os sintomas, encurtando sua permanência e evitar que as feridinhas na pele apareçam novamente.

Ainda não é possível curar a herpes genital definitivamente porque o vírus aloja-se nas terminações nervosas, local onde nenhum remédio consegue alcançar, mas apesar disso, os remédios antivirais são capazes de diminuir a replicação do vírus, o que leva a uma diminuição do seu tempo de atuação e diminuem as chances de transmissão da doença para outras pessoas.

Por isso, sempre que uma pessoa apresentar as feridinhas da herpes deve seguir o tratamento indicado pelo seu médico para evitar contaminar outras pessoas e melhorar sua qualidade de vida, diminuindo a dor e o desconforto que este vírus provoca.

Herpes genital tem cura?

Como controlar o herpes genital

O tratamento para herpes genital é feito com antivirais como Aciclovir ou Valaciclovir, que devem ser prescritos pelo médico. Com o tratamento, as feridinhas cicatrizam e desaparecem, levando à diminuição da vermelhidão, dor e coceira na região afetada, em cerca de 7 a 10 dias. Veja mais detalhes do tratamento para herpes genital.

Durante este período é recomendado evitar o contato íntimo e não compartilhar a toalha de banho com outras pessoas da casa para evitar que o vírus se espalhe, contaminando os outros.

Além disso, o que se pode fazer para que as feridas desapareçam mais rápido é fortalecer o sistema imune consumindo mais frutas ricas em vitamina C. Um suco rico nessa vitamina é o de laranja com acerola, que deve ser consumido 3 vezes por dia, além de ser importante investir em alimentos ricos em lisina, que está presente no amendoim. Veja mais sobre os remédios caseiros para herpes genital.

Como prevenir o herpes genital

Para prevenir o herpes genital é importante utilizar preservativo feminino ou masculino nas relações sexuais, principalmente durante o período de manifestação dos sintomas e de tratamento até que o esquema de medicamentos tenha sido finalizado, já que os remédios ajudam a diminuir o o risco de contágio.

Veja outras dicas do que pode ajudar a combater o herpes, no vídeo a seguir:

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto: