Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Hérnia diafragmática, principais tipos e como tratar

A hérnia diafragmática surge quando há um defeito no diafragma, que é o músculo que auxilia a respiração, e que é responsável por separar os órgãos do tórax e do abdômen. Este defeito faz com que os órgãos do abdômen passem para o tórax, o que pode não provocar sintomas ou causar sérias complicações como dificuldades respiratórias, infecções pulmonares ou alterações digestivas, por exemplo.

Uma hérnia do diafragma pode surgir tanto durante o desenvolvimento do bebê no útero materno, dando origem a uma hérnia congênita, mas também pode ser adquirida ao longo da vida, como por um traumatismo no tórax ou por complicação de uma cirurgia ou infecção na região. Entenda como se forma uma hérnia.

A identificação deste problema é feita através de exames de imagem como raio X ou tomografia computadorizada. O tratamento da hérnia diafragmática é feito pelo cirurgião geral ou cirurgião pediátrico, por meio de uma cirurgia ou videocirurgia. 

O que é Hérnia diafragmática, principais tipos e como tratar

Principais tipos

A hérnia diafragmática pode ser:

1. Hérnia diafragmática congênita

É uma alteração rara, que surge por defeitos no desenvolvimento do diafragma do bebê ainda durante a gestação, e pode surgir de forma isolada, por causas não explicadas, ou estar associada a outras doenças, como síndromes genéticas.

Os principais tipos são:

  • Hérnia de Bochdalek: é responsável pela grande maioria dos casos de hérnias diafragmáticas, e costuma surgir na região atrás e lateral do diafragma. A maior parte é localizada do lado esquerdo, algumas surgem do lado direito e uma minoria surge dos dois lados;
  • Hérnia de Morgani: resultam de um defeito na região anterior, na parte da frente do diafragma. Destas, a maioria está mais localizada à direita;
  • Hérnia de hiato esofágico: surgem devido ao alargamento excessivo do orifício por onde passa o esôfago, o que pode resultar na passagem do estômago para dentro do tórax. Entenda melhor como a hérnia de hiato surge, sintomas e tratamento.

A depender da sua gravidade, a formação de uma hérnia pode causar sérias consequência à saúde do recém-nascido, pois os órgãos abdominais pode ocupar o espaço dos pulmões, causado alterações no desenvolvimento destes, e também de outros órgãos como intestino, estômago ou coração, por exemplo.

2. Hérnia Diafragmática Adquirida

Ocorre quando há uma ruptura do diafragma devido a um traumatismo no abdômen, como após um acidente ou perfuração por arma, por exemplo, eu em decorrência de uma cirurgia do tórax ou mesmo por uma infecção no local.

Neste tipo de hérnia, qualquer local do diafragma pode ser afetado, e assim como na hérnia congênita, esta ruptura no diafragma pode provocar a passagem do conteúdo do abdômen para o tórax, principalmente estômago e intestinos.

Isto pode resultar em prejuízos na circulação de sangue para estes órgãos, e nestes casos pode provocar graves riscos à saúde da pessoa afetada caso não seja rapidamente corrigido com cirurgia.

Como identificar

Em caso de hérnias que não são graves, pode não haver sintomas, por isso pode permanecer muitos anos até ser descoberta. Já em outros casos, é possível haver sinais e sintomas como dificuldades respiratórias, alterações intestinais, refluxo, azia e má digestão.

O diagnóstico da hérnia diafragmática é realizado por exames de imagem do abdômen e tórax, como raio x, ultrassom ou tomografia computadorizada, que podem demonstrar a presença de conteúdo indevido dentro do tórax. 

Como é feito o tratamento

O tratamento da hérnia diafragmática é a cirurgia, capaz de reintroduzir o conteúdo do abdômen para a sua localização normal, além da correção do defeito no diafragma. 

O procedimento cirúrgico pode ser realizado com o auxílio de câmeras e intrumentos indroduzidos por pequenos orifícios no abdômen, que é a cirurgia labaroscópica, ou pela forma convencional, caso seja uma hérnia grave. Saiba quando a cirurgia por laparoscopia é indicada e como é feita

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...