Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Hepatite A tem cura

A hepatite A tem cura, porque o vírus que causa esta doença é eliminado pelo corpo sem a necessidade de remédios. Este vírus, que é contagioso e transmitido por água e alimentos contaminados com fezes, causa uma inflamação no fígado que dura alguns dias ou semanas, e o organismo é capaz de matá-lo com a ação do sistema imune. 

A inflamação do fígado causada pelo vírus, normalmente, não é grave e, na maioria das vezes, nem chega a causar sintomas. Quando eles aparecem, costumam ser formas leves de cansaço, dores no corpo, enjoo, vômitos, pele e olhos amarelados. Estes sintomas podem aparecer algumas semanas após o contato com o vírus e melhoram em cerca de 10 dias, mas podem durar até 3 ou 4 semanas. 

Hepatite A tem cura

Em raras vezes, a hepatite A pode mostrar-se mais grave e afetar severamente o fígado, em poucos dias. Neste caso, ela será classificada como hepatite fulminante e o seu tratamento pode vir a ser o transplante do fígado. Saiba mais sobre esta variante mais grave da doença

O que fazer para curar mais rápido

As orientações e tratamento ideais devem ser recomendados pelo médico, que irá avaliar o caso e a gravidade de cada pessoa. No entanto, algumas dicas podem ser seguidas em casa para ajudar na recuperação do corpo, como: 

  • Não deixar de se alimentar: apesar da indisposição e enjoos, deve-se manter bem alimentado, para que o corpo tenha energia e nutrientes necessários para a eliminação do vírus.
  • Ter uma dieta saudável: uma dieta a base de muita água, além de frutas, legumes e verduras é ideal para facilitar a eliminação de toxinas pelo corpo e melhorar a circulação.
  • Descansar bem: o repouso é necessário para evitar que o corpo gaste energia desnecessária com outras atividades, e não sobre força para combater a doença. 
  • Evitar misturar remédios: muitos remédios passam pelo fígado para fazer efeito, portanto, é importante não sobrecarregá-lo usando certos medicamentos, como o paracetamol.
  • Não consumir bebidas alcoólicas: o álcool aumenta o trabalho feito pelo fígado e pode piorar a sua inflamação. 

Como tem duração mais curta e limitada, a hepatite A não se torna crônica, como nas hepatites B e C, e após sua cura, a pessoa adquire imunidade. A vacina é uma forma eficaz de evitar a doença, sendo recomendada em crianças entre 1 e 2 anos e adultos que nunca tiveram a doença. 

Veja que outros cuidados mais específicos pode ter para a prevenção e o tratamento da hepatite A.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...