Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Queimadura de 2º grau: como reconhecer e o que fazer

A queimadura de 2º grau é o segundo tipo mais grave de queimadura e geralmente aparece devido a acidentes domésticos com materiais quentes.

Este grau de queimadura dói muito e causa o aparecimento de uma bolha no local, que não deve ser estourada para evitar a entrada de micro-organismos que possam causar infecção.

Na maior parte dos casos a queimadura de 2º grau pode ser tratada em casa com aplicação de água fria e pomadas para queimadura, no entanto, se causa dor muito intensa ou se tiver tamanho superior a 1 palmo é recomendado ir imediatamente ao pronto-socorro.

Queimadura de 2º grau: como reconhecer e o que fazer

Como reconhecer a queimadura de 2º grau 

A principal característica que ajuda a reconhecer uma queimadura de 2º grau é o aparecimento de uma bolha no local. No entanto, outros sinais e sintomas comuns incluem:

  • Dor, vermelhidão intensa ou inchaço;
  • Aparecimento de uma ferida no local;
  • Cicatrização lenta, entre 2 a 3 semanas.

Após cicatrizar, a queimadura de 2º grau pode deixar uma mancha mais clara, nas queimaduras superficiais, ou cicatriz, nas mais profundas. 

As queimaduras de segundo grau são mais comuns em acidentes domésticos, devido ao contato com água ou óleo fervente, contato com superfícies quentes, como fogão, ou contato direto com fogo.

Primeiros socorros para queimadura 

Os primeiros socorros em caso de queimadura de 2ª grau incluem:

  1. Retirar o contato com a fonte de calor imediatamente. Caso as roupas estejam pegando fogo deve-se rolar no chão até cessar o fogo e nunca se deve correr ou cobrir as roupas com cobertores. Se a roupa estiver grudada na pele, não se deve tentar retirar em casa, porque isso pode piorar as lesões na pele, devendo-se ir ao hospital para que seja removida por um profissional de saúde;
  2. Colocar o local debaixo de água fria durante 10 a 15 minutos ou até que a pele deixe de queimar. Não é recomendado colocar água muito gelada, nem gelo no local, porque pode agravar a lesão na pele.;
  3. Cobrir com tecido limpo e molhado em água fria. Isto ajuda diminuir a dor durante as primeiras horas.

Depois de retirar o tecido molhado pode-se aplicar uma pomada para queimadura, pois ajuda a manter a dor controlada além de estimular a cicatrização da pele. Veja exemplos de pomadas para queimadura que podem ser utilizadas

Em nenhum momento se deve estourar a bolha da queimadura, pois isso aumenta o risco de infecções, o que pode piorar a recuperação e até afetar a cicatrização, sendo necessário o tratamento com antibiótico. Se necessário, a bolha só deve ser estourada no hospital, com material esterilizado.

Assista ainda este vídeo e confira estas e outras dicas para tratar a queimadura:

O que fazer para tratar a queimadura de 2º grau 

Nas queimaduras menores, que acontecem ao encostar no ferro de passar roupa, ou na panela quente, por exemplo, o tratamento pode ser feito em casa. Mas nas queimaduras maiores, quando parte do rosto, cabeça, pescoço, ou áreas como braços ou pernas são afetados, o tratamento deve sempre ser indicado pelo médico porque envolve uma avaliação de todo estado de saúde da vítima.

Nas pequenas queimaduras de 2º grau pode-se fazer um curativo usando pomada cicatrizante e depois cobrir com uma gaze e enfaixar com uma atadura, por exemplo. Confira como fazer um curativo para cada grau de queimadura.

Nas grandes queimaduras é aconselhado que a pessoa fique internada por alguns dias ou semanas até que os tecidos estejam bem cicatrizados e a pessoa possa receber alta. Normalmente em queimaduras de 2º e 3º graus extensas o internamento é prolongado, havendo necessidade de uso de medicamentos, soro para reidratação, dieta adaptada e fisioterapia até a recuperação completa. 

Bibliografia >

  • VALE, Everton C. S. Primeiro atendimento em queimaduras: a abordagem do dermatologista. An Bras Dermatol. Vol 80. 1 ed; 9-19, 2005
  • BAPTISTA, Nelson T. Manual de primeiros socorros. 3.ed. Sintra: Escola Nacional de Bombeiros, 2018.
  • NHS. Burns and scalds. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/burns-and-scalds/>. Acesso em 26 Nov 2020
  • UWHEALTH. Burn Care Guidelines for 2nd & 3rd Degree Burns. 2019. Disponível em: <https://www.uwhealth.org/healthfacts/wound-skin/4573.pdf>. Acesso em 26 Nov 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem