Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como o uso do formol pode causar câncer

O formol é uma substância química de cheiro muito forte e capaz de causar irritação nos olhos e nariz e que é utilizada em laboratórios e salões de beleza. A exposição frequente a essa substância pode levar a alterações no DNA e resultar em câncer de boca, nariz e do sangue, por exemplo.

Em laboratórios, por exemplo, essa substância é utilizada para conservar espécies animais ou peças anatômicas, enquanto que nos salões de beleza é amplamente utilizada nos procedimentos de alisamento.

Devido ao uso indiscriminado e em concentrações altas nos produtos de alisamento, a ANVISA em 2009 determinou que o formol só poderia ser utilizado em pequenas concentrações nos produtos cosméticos devido aos possíveis danos ao organismo. Saiba mais sobre o porquê o formol faz mal à saúde.

Conservação de animais em formol
Conservação de animais em formol

O uso de formol causa câncer?

O uso ou esposição prolongada e contínua ao formol pode levar ao surgimento de câncer, já que seu efeitos são cumulativos. Isso acontece porque o formol pode provocar alterações do DNA, o que pode resultar na proliferação de células anormais e, consequentemente, câncer.

Devido ao seu potencial cancerígeno o uso indiscriminado do formol em produtos cosméticos foi proibido pela ANVISA em 2009. Assim, só é autorizado pela ANVISA que o formol seja utilizado como agente endurecedor de unhas numa concentração de até 5% e como agente conservante em uma concentração de até 0,2%, sendo proibida a manipulação do formol nos salões de beleza e adição de formol em produtos registrados pela ANVISA, já que estes já possuem a concentração de formol recomendada.

No entanto, o formol na concentração autorizada pela ANVISA não possui função alisante e, por isso, alguns salões de beleza adicional formol ao produto, o que não é permitido. Assim, se durante o procedimento de alisamento capilar for sentido cheiro muito forte característico de formol, por exemplo, é importante comunicar à ANVISA ou à Vigilância Sanitária para que possa ser feita uma fiscalização no estabelecimento, já que o produto pode estar adulterado.

Sintomas causados pelo uso de formol

O formol é uma substância tóxica e de cheiro forte, assim o contato frequente com o formol ou o uso em excesso pode levar a sintomas como:

  • Irritação da pele, que pode ser percebida por meio de vermelhidão e ardor;
  • Irritação dos olhos, havendo lacrimejamento excessivo e conjutivite;
  • Irritação das vias respiratórias, o que pode resultar em edema pulmonar;
  • Diminuição da frequência respiratória;
  • Dor de cabeça;
  • Queda de cabelo;
  • Enjoo;
  • Diarreia;
  • Tosse;
  • Aumento do fígado, no caso de contato prolongado.

Além disso, a Anvisa e a Organização Mundial de Saúde (OMS) alertam para o potencial cancerígeno dessa substância. De acordo com pesquisas realizadas sobre os efeitos do formol no organismo, foi verificado que essa substância possui efeitos cumulativos. Assim, a exposição prolongada e contínua do formol pode resultar em câncer de garganta, nariz, laringe, traqueia, pulmão e sangue, por exemplo.

No caso dos salões de beleza os profissionais e clientes que fazem alisamentos à base de formol frequentemento têm mais chance de ter reações associadas à exposição à substância, além de maiores chances de desenvolver câncer. Por isso, é importante evitaer o uso de formol e buscar alternativas para esses procedimentos. Veja como alisar o cabelo.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...