Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Fígado inchado

O fígado inchado, também conhecido por hepatomegalia, é caracterizado pelo aumento do tamanho do fígado, podendo ser palpado abaixo da costela no lado direito.

O fígado pode aumentar devido a diversas situações, como por exemplo, cirrose, esteatose hepática, insuficiência cardíaca congestiva e, menos frequentemente, no câncer.

A hepatomegalia normalmente não causa sintomas e o tratamento é feito de acordo com a causa. No caso de aumento do fígado por esteatose hepática, por exemplo, o tratamento consiste em realizar atividades físicas e adotar uma alimentação adequada. Saiba como fazer a dieta para gordura no fígado.

Fígado inchado

Como é feito o tratamento

O tratamento para o fígado tem como objetivo identificar e eliminar a causa e deve ser feito de acordo com as recomendações médicas. Algumas recomendações importantes no tratamento para fígado inchado são:

  • Adotar um estilo de vida saudável, mantendo o peso adequado;
  • Fazer exercícios físicos diariamente;
  • Não consumir bebidas alcoólicas;
  • Adotar uma dieta rica em frutas, verduras, hortaliças e integrais;
  • Não tomar remédios sem orientação médica;
  • Não fumar.

O uso de remédios só deve ser feito sob orientação médica. Confira algumas opções caseiras para problemas no fígado.

Principais sintomas

O fígado inchado normalmente não gera sintomas, no entanto quando é possível apalpar o fígado, é importante ir ao médico.

Quando a hepatomegalia é decorrente de doença hepática, por exemplo, pode haver dor abdominal, falta de apetite, náuseas, vômitos, cansaço e pele e olhos amarelados. Se o inchaço acontecer de forma repentina, a pessoa sente dores à palpação. Normalmente o médico determina o tamanho e textura do fígado apalpando-o através da parede abdominal, podendo, a partir daí, prever que tipo de doença a pessoa apresenta.

No caso das hepatites agudas, a hepatomegalia costuma se acompanhada de dores e apresenta superfície lisa e macia, enquanto que nas hepatites crônicas torna-se duro e firme na cirrose, quando a superfície se torna irregular. Além disso, na insuficiência cardíaca congestiva, o fígado fica dolorido e com o lobo direito bastante aumentado, enquanto que na esquistossomose o fígado fica mais inchado no lado esquerdo.

O diagnóstico de hepatomegalia é feito pelo hepatologista ou clínico geral por meio da avaliação física e de exames de imagem, como ultrassonografia e tomografia de abdômen, além de exames de sangue. Veja quais são os exames que avaliam a função hepática.

Se acha que pode ter problemas no fígado assinale os sintomas que apresenta:

  1. 1. Dor na região superior direita da barriga
    Sim
    Não
  2. 2. Enjoos ou tonturas frequentes
    Sim
    Não
  3. 3. Dor de cabeça frequente
    Sim
    Não
  4. 4. Cansaço fácil e sem razão aparente
    Sim
    Não
  5. 5. Facilidade em ficar com hematomas
    Sim
    Não
  6. 6. Cor amarelada nos olhos ou na pele
    Sim
    Não
  7. 7. Urina escura
    Sim
    Não
  8. 8. Perda de apetite
    Sim
    Não
  9. 9. Fezes amareladas, cinzentas ou esbranquiçadas
    Sim
    Não
  10. 10. Barriga inchada
    Sim
    Não
  11. 11. Coceira em todo o corpo
    Sim
    Não
Imagem que indica que o site está carregando

Possíveis causas de fígado inchado

A principal causa de hepatomegalia é a esteatose hepática, ou seja acúmulo de gordura no fígado que pode levar à inflamação do órgão e, consequentemente, seu inchaço. Outras possíveis causas de hepatomegalia são:

  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;
  • Dieta rica em gorduras, enlatados, refrigerantes e frituras;
  • Doenças cardíacas;
  • Hepatite;
  • Cirrose;
  • Leucemia;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Deficiência nutricionais, como o marasmo e o kwashiorkor, por exemplo;
  • Doença de Niemann-Pick;
  • Infecções por parasitas ou bactérias, por exemplo;
  • Presença de gordura no fígado por diabetes, obesidade e triglicerídeos alto.

Uma causa menos frequente de fígado inchado é o surgimento de tumor no fígado, que pode ser identificado por meio de exames de imagem como a tomografia de abdômen ou ultrassonografia. 

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...