Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Febre tifoide

A febre tifoide é uma doença infecciosa que pode ser transmitida através do consumo de água e alimentos contaminados com Salmonella typhi, que é o agente etiológico da febre tifoide, causando sintomas como febre alta, falta de apetite, aumento do baço e pintinhas vermelhas na pele, por exemplo.

O tratamento da febre tifoide pode ser feito com antibióticos, repouso e ingestão de líquidos para hidratar o paciente. A vacina contra a febre tifoide é a melhor forma de prevenção da doença e está indicada para indivíduos que habitam ou que vão viajar para as regiões onde a doença é frequente.

A febre tifoide está relacionada com baixos níveis socioeconômicos, principalmente com más condições de saneamento e de higiene pessoal e ambiental, sendo que a febre tifoide no Brasil é mais frequente nos estados em que as condições são mais precárias.

A febre tifoide e paratifoide são doenças semelhantes com os mesmos sintomas e tratamento, no entanto, a febre paratifoide é causada pela bactéria Salmonella paratyphi A, B ou C e, geralmente, é menos grave.

Já a febre tifoide e o tifo são doenças diferentes, pois o tifo é uma doença infecciosa causada pela bactéria Rickettsia ,que é transmitida através da picada de um inseto infectado, como piolhos, pulgas ou carrapatos ou da contaminação pelas fezes de um inseto infectado.

Imagens da febre​ tifóide

O que é Febre tifoide
O que é Febre tifoide

Fonte: Centers for Disease Control and Prevention; Medicina interna de Harrison, 2013

As imagens mostram um dos sintomas característicos da febre tifoide, as pintinhas vermelhas no peito e abdômen.

Sintomas da febre tifoide

Os sintomas da febre tifoide incluem:

  • Febre alta;
  • Vômitos;
  • Dor de barriga;
  • Prisão de ventre ou diarreia;
  • Dores de cabeça;
  • Aumento do baço;
  • Perda de apetite;
  • Perda de peso;
  • Depressão;
  • Tosse;
  • Pintinhas avermelhadas na pele;
  • Barriga inchada.

Os sintomas da febre tifoide podem, em alguns casos, assemelhar-se a infecções do aparelho respiratório e meningite. O período de incubação da doença é de 1 a 3 semanas.

O diagnóstico da febre tifoide pode ser feito através de exame de sangue e fezes.

Vacina para febre tifoide

A vacina para febre tifoide é a opção mais eficaz para prevenir a febre tifoide. Ela está indicada para indivíduos que habitam ou que vão viajar para as regiões onde a doença é frequente.

Tendo em conta que a vacina não protege totalmente o indivíduo de ter febre tifoide, é importante adotar outras medidas de prevenção da febre tifoide, como antes de beber, ferver ou filtrar a água, utilizar água mineral até para escovar os dentes, realizar cuidados de higiene pessoal diariamente, evitar frequentar locais com más condições de higiene, lavar as mãos antes de preparar alimentos e depois de ir ao banheiro e ter saneamento básico.

Transmissão da febre tifoide

A transmissão da febre tifoide, geralmente, é feita através da ingestão de água e alimentos, que foram contaminados com fezes ou urina de um indivíduo doente ou de um indivíduo que apesar de não apresentar sintomas ainda pode ser portador da bactéria, como, por exemplo, legumes que foram lavados com água contaminada ou alimentos mal cozidos ou crus.

Outra forma de contágio da febre tifoide é através da mão, que embora ocorra mais raramente, pode acontecer quando o indivíduo leva à boca uma mão que entrou em contato com a mão suja do indivíduo doente ou portador da bactéria causadora da febre tifoide. Além disso, a febre tifoide também pode ser transmitida através do sexo anal.

Como tratar a febre tifoide

O tratamento da febre tifoide pode ser feito com a administração de antibióticos, repouso, dieta pobre em calorias e gorduras e ingestão de líquidos para o paciente ficar hidratado.

Nos casos mais graves, pode ser necessário que o indivíduo fique internado para ser vigiado e receber soro e antibióticos pela veia.

Depois do tratamento, o indivíduo pode já não apresentar sintomas, mas ainda conter a bactéria da febre tifoide no organismo, por isso, é importante fazer exame de sangue para confirmar a presença ou não da bactéria e continuar com o tratamento até a mesma ser completamente eliminada.

A febre tifoide que não é tratada pode gerar complicações graves para o indivíduo, como hemorragias, perfuração do intestino, infecção geral, coma e até morte.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...