Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Farmacocinética e farmacodinâmica

A farmacocinética e farmacodinâmica são conceitos distintos. A farmacocinética é o estudo do caminho que o medicamento faz no organismo desde que é ingerido até que é excretado e a farmacodinâmica é o estudo da interação deste medicamento com o local de ligação, que vai ocorrer durante este caminho.

O que é  Farmacocinética e farmacodinâmica

Farmacocinética

A farmacocinética consiste no estudo do caminho que o medicamento vai fazer a partir do momento em que é administrado até ser eliminado, passando por processos de absorção, distribuição, metabolismo e excreção. Neste caminho, o medicamento vai encontrar um local de ligação.

1. Absorção

A absorção consiste na passagem do medicamento do local onde é administrado, para a circulação sanguínea. A administração pode ser feita via enteral, o que significa que o remédio é ingerido através da via oral, sublingual ou via retal, ou parenteral, o que significa que o remédio é administrado via intravenosa, subcutânea, intradérmica ou intramuscular. 

2. Distribuição

A distribuição consiste no caminho que o medicamento faz depois de atravessar a barreira do epitélio do intestino para a corrente sanguínea, podendo estar na forma livre, ou ligado às proteínas plasmáticas, podendo depois atingir vários locais:

  • Local de ação terapêutica, onde vai exercer o efeito pretendido;
  • Reservatórios teciduais, onde vai ser acumulado sem exercer efeito terapêutico;
  • Local de ação inesperada, onde vai exercer uma ação indesejada provocando efeitos colaterais;
  • Local onde são metabolizados, podendo aumentar a sua ação ou serem inativados;
  • Locais onde são excretados.

Quando um medicamento se liga às proteínas plasmáticas não consegue atravessar a barreira para atingir o tecido e exercer ação terapêutica, por isso um medicamento que tenha alta afinidade para estas proteínas, vai ter uma menor distribuição e metabolismo. No entanto, o tempo de permanência no organismo vai ser maior, porque a substância ativa demora mais tempo a chegar ao local de ação e a ser eliminado.

3. Metabolismo

O metabolismo ocorre em grande parte no fígado, podendo acontecer o seguinte:

  • Inativar uma substância, que é o mais comum;
  • Facilitar a excreção, formando metabólitos mais polares e mais hidrossolúveis de forma a serem eliminados mais facilmente;
  • Ativar compostos originalmente inativos, alterando o seu perfil farmacocinético e formando metabólitos ativos.

O metabolismo de medicamentos também pode ocorrer com menos frequência nos pulmões, rins e glândulas adrenais.

4. Excreção

A excreção consiste na eliminação do composto através de várias estruturas, principalmente no rim, em que a eliminação se faz pela urina. Além disso, os metabólitos também podem ser eliminados através de outras estruturas como o intestino, através das fezes, o pulmão caso sejam voláteis, e a pele através do suor, leite materno ou lágrimas.

Vários fatores podem interferir com a farmacocinética como a idade, sexo, peso corporal, doenças e disfunção de certos órgãos ou hábitos como fumar e beber álcool, por exemplo.

O que é  Farmacocinética e farmacodinâmica

Farmacodinâmica

A farmacodinâmica consiste no estudo da interação dos fármacos com os seus recetores, onde exercem o seu mecanismo de ação, produzindo um efeito terapêutico. 

1. Local de ação

Os locais de ação são os locais onde as substâncias endógenas, que são substâncias produzidas pelo organismo, ou exógenas, que é o caso dos medicamentos, interagem para produzir uma resposta farmacológica. Os principais alvos para a ação das substâncias ativas são os recetores onde se costumam ligar substâncias endógenas, canais iônicos, transportadores, enzimas e proteínas estruturais.

2. Mecanismo de ação

O mecanismo de ação é a interação química que uma determinada substância ativa exerce com o recetor produzindo uma resposta terapêutica.

3. Efeito terapêutico

O efeito terapêutico é o efeito benéfico e desejado que o medicamento provoca no organismo quando administrado.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...