Como tirar estrias vermelhas

maio 2022

As estrias vermelhas são mais fáceis de serem tratadas, já que estão em uma fase mais inicial, diferentemente das estrias brancas, que demoram mais tempo para serem eliminadas e necessitam de tratamento mais específico.

A adoção de hábitos saudáveis, assim como uma boa hidratação da pele, ajudam a reduzir as estrias e prevenir o aparecimento de novas. No entanto, em alguns casos, pode-se optar pela realização de tratamentos estéticos que devem ser indicados pelo dermatologista para acelerar a eliminação da estrias.

As estrias vermelhas surgem quando há o tensionamento excessivo da pele, que rompe o tecido e diminui a produção de colágeno e elastina na região das estrias, sendo comum de acontecer durante a gravidez, com o ganho de peso ou de massa muscular, por exemplo. 

Por isso, é fundamental adotar cuidados que estimulem a circulação sanguínea no local das estrias, como é o caso da esfoliação da pele e aplicação de produtos que contenham vitamina C ou óleo de rosa mosqueta, por exemplo. Além disso, os procedimentos estéticos, como o microagulhamento e a radiofrequência estimulam a formação de colágeno, reorganizando a estrutura da pele. 

Principais tratamentos para estrias vermelhas

Existem alguns cuidados diários e procedimentos estéticos que ajudam a minimizar as estrias vermelhas, melhorando o seu aspecto e prevenindo o surgimento de novas, são eles:

1. Hidratação

A hidratação é fundamental para manter a integridade da pele e dar firmeza e sustentação, o que ajuda a prevenir e minimizar as estrias vermelhas. Por isso, é fundamental hidratar a pele com um creme ou loção hidratante no local das estrias, como o óleo de amêndoas doces ou manteiga de karité, ou produtos que tenham ácido retinóico ou ácido glicólico em sua composição, devendo ser recomendados pelo dermatologista. Confira outras opções de hidratantes e como preparar.

Além disso, é importante garantir a hidratação do corpo por meio do consumo de água durante o dia, bem como através de uma alimentação saudável e equilibrada. Dessa forma é possível evitar a perda da elasticidade e firmeza da pele, o que poderia causar o aparecimento das estrias vermelhas.

2. Esfoliação caseira

A esfoliação caseira com borra de café é uma excelente opção para melhorar a integridade da pele e minimizar as estrias vermelhas. O café possui propriedades antioxidantes, emolientes e hidratantes, que proporcionam à pele um toque mais macio, além de aumentar a circulação local, o que ajuda a eliminar as estrias.

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de borra de café;
  • 1 colher de água filtrada.

Como usar:

Misturar a borra de café com a água filtrada, até obter uma mistura homogênea. Em seguida, deve-se aplicar na região que se deseja esfoliar, realizando movimentos circulares e suaves durante 3 minutos e, por fim, lavar a região com água morna até eliminar todos os resíduos e secar a pele com uma toalha macia, sem friccionar a pele. É possível substituir a água por 1 colher de mel ou 1 colher de óleo de amêndoas doces. Conheça outras opções de esfoliantes com café.

3. Cremes para estrias

Os cremes para estrias apresentam propriedades hidratantes, cicatrizantes e regeneradoras, que contribuem para a formação de fibras colágeno e elastina, ajudando a reorganizar essas fibras, reduzindo o tamanho, melhorando a aparência das estrias e evitando que novas se formem. 

Alguns exemplos de cremes que podem ser usados para combater as estrias vermelhas são:

  • Ácido retinóico: aumenta a circulação na região das estrias, melhora a qualidade do colágeno e estimula a sua produção. O ácido retinóico pode ser encontrado em concentrações variadas, de 0,01% a 5%, sendo fundamental a indicação de um dermatologista para orientar a dosagem ideal para cada pessoa. Confira como usar o ácido retinóico para estrias.
  • Vitamina C: estimula a formação do colágeno, que dá firmeza e tônus à pele, deixando- a mais uniforme, além de ter ação antioxidante, que protege as células contra o envelhecimento. Conheça mais opções de cremes para estrias.
  • Óleo de rosa mosqueta: rico em ácidos graxos, como o ácido linoléico, além de vitamina A e C, que possuem efeito regenerador e ajudam a manter a integridade da pele, atenuando estrias vermelhas. A concentração pode variar de 2% a 10%, quando associado na composição de alguns cremes ou loções, embora também possa ser encontrado puro, com 100% de concentração. Veja como usar o óleo de rosa mosqueta e seus benefícios.

Os produtos usados para eliminar as estrias podem ser encontrados isolados, como o óleo de rosa mosqueta e o óleo de amêndoas doces, por exemplo, ou na composição de alguns cremes e loções, como a vitamina C, ácido retinóico, centella asiática ou vitamina E.

4. Radiofrequência

A radiofrequência é uma técnica que eleva a temperatura da região a ser tratada, estimulando a produção de colágeno, dando sustentação à pele e ajudando a eliminar as estrias. Este procedimento é feito em uma clínica estética, por um profissional qualificado.

5. Vacuoterapia

O vácuo promove uma sucção na pele, fazendo com que o sangue seja encaminhado com mais intensidade para a área das estrias, melhorando a circulação e, consequentemente, a oxigenação na região a ser tratada. 

6. Peeling de cristal

O peeling de cristal é uma esfoliação mecânica em que são retiradas as camadas mais superficiais da pele, melhorando a circulação local e deixando a estria mais uniforme.

7. Microneedling ou microagulhamento

É um tratamento minimamente invasivo, que quando associado a um ativo, como vitamina C ou colágeno, estimula a produção de colágeno na região, para não só combater as estrias vermelhas presentes, mas também evitar a fibrose e a formação de outras estrias.

A quantidade de sessões e o tipo de procedimento escolhido podem variar de acordo com a quantidade de estrias e a área em que elas estão presentes, sendo fundamental a orientação de um dermatologista ou um especialista em estética para iniciar qualquer tratamento.

Os tratamentos estéticos para remover as estrias vermelhas devem ser indicados pelo dermatologista ou um profissional de estética qualificado, pois assim é possível que seja recomendado o melhor tratamento de acordo com a quantidade de estrias, local em que estão presentes e sensibilidade da pele da pessoa.

Cuidados importantes contra estrias

As estrias vermelhas são mais fáceis de tirar do que as estrias brancas, pois apresentam uma maior circulação local, facilitando o seu tratamento. Porém, quando não tratadas de forma precoce, os resultados esperados podem ser mais difíceis de serem alcançados.

Por isso, caso haja o surgimento de alguma estria nova, ou para prevenir o seu aparecimento, são recomendados os seguintes cuidados:

  • Realizar a esfoliação da pele 1 vezes por semana;
  • Aplicar o creme ou loção hidratante diariamente;
  • Evitar o efeito sanfona, pois favorece a formação de novas estrias;
  • Beber bastante água para ajudar na hidratação da pele;
  • Evitar banhos muito quentes, pois ressecam a pele e podem agravar as estrias.

Quando as estrias apresentam-se largas e em maior quantidade no corpo, é possível que exista um quadro de flacidez e fragilidade da pele, e por isso é recomendado consultar o dermatologista para que seja feita uma avaliação e seja indicado o tratamento mais adequado.

Veja no vídeo a seguir algumas dicas que ajudam a eliminar as estrias:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Bruna Ribeiro Priv - , em maio de 2022. Revisão clínica por Bruna Ribeiro - Especialista em Estética Avançada, em maio de 2022.

Bibliografia

  • SANTOS, Joyce S.; BARRETO, Lívia C. L.; KAMADA, Ivone. Rosa mosqueta como potencial agente cicatrizante. Revista Cubana de Enfermería . vol.34. n.1; 2018
  • NANTES C., Mariana et al. AÇÃO DE ATIVOS FARMACOLÓGICOS ASSOCIADOS AS TÉCNICAS DE INTRADERMOTERAPIA, MICROAGULHAMENTO E CARBOXITERAPIA NO TRATAMENTO DE ESTRIAS. Brazilian Journal of Surgery and Clinical Research - BJSCR. Vol.27. 2; 82-89, 2019
Mostrar bibliografia completa
  • SANTOS S., Esthefani et al. Terapia combinada para tratamento das estrias pós puerpério: benefícios da radiofrequência, vacuoterapia e fatores de crescimento. Brazilian Journal of Natural Sciences. 3. 2; 365, 2020
Revisão clínica:
Bruna Ribeiro
Especialista em Estética Avançada
Bruna Ribeiro dos Santos é enfermeira especialista em Estética Avançada pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino (IBRAPE).

Tuasaude no Youtube

  • COMO ACABAR COM AS ESTRIAS

    06:14 | 1008164 visualizações