4 melhores esfoliantes de café para corpo e rosto

Revisão clínica: Bruna Ribeiro
Especialista em Estética Avançada

A esfoliação com café em pó ou borra de café é uma ótima opção para remover células mortas e deixar a pele mais suave e macia. O café possui propriedades antioxidantes, emolientes e hidratantes, ajudando, portanto, a remover as impurezas da pele e diminuindo a oleosidade.

Os esfoliantes caseiros de café podem ser usados em qualquer parte do corpo, principalmente em áreas que, normalmente, precisam de mais esfoliação, como os calcanhares, cotovelos ou joelhos. Além disso, podem ainda ser usados no rosto, facilitando a extração de pequenos cravinhos e potencializando os efeitos de cremes, máscaras faciais ou outros produtos de beleza.

Este tipo de esfoliante ajuda a eliminar as impurezas presentes na primeira camada da pele, estimulando a regeneração e o crescimento de novas células.

Como usar o esfoliante

A esfoliação pode ser feita em casa e consiste em juntar um pouquinho de café em pó ou borra de café, com a mesma quantidade de creme hidratante, mel, óleos naturais, ou até mesmo com água. Depois, deve-se colocar um pouco da mistura na pele e realizar movimentos circulares leves, durante alguns segundos, lavando, em seguida, com água.

O esfoliante de café pode ser usado pelo menos 1 vez por semana, em pessoas que têm a pele oleosa ou mista, mas quem tem a pele mais seca ou ressecada não deve fazer mais de 2 esfoliações por mês, com intervalo de 15 dias. O esfoliante de café também pode ser aplicado, na região das coxas, antebraços, barriga e no bumbum, antes de utilizar algum creme anticelulite, pois permite que o creme penetre de forma mais profunda na pele, tendo melhor efeito.

Receitas de esfoliantes caseiros de café

Algumas opções de esfoliantes caseiros com café, que podem ser feitos em casa, são:

Ingredientes

Opção 1

  • 1 xícara de café (pequena) de água;
  • 2 colheres (de sopa) de borra de café.

Opção 2

  • 2 colheres (de sopa) de café em pó ou borra de café;
  • 4 colheres (de sopa) de hidratante ou máscara facial.

Opção 3

  • 1 colher (de sopa) de mel;
  • 2 colheres (de sopa) de café em pó ou borra de café.

Opção 4

  • 2 colheres (de sopa) de óleo de amêndoa natural;
  • 1 colher (de sopa) de café em pó ou borra de café.

Modo de preparo

Para preparar os esfoliantes basta misturar bem os ingredientes até obter uma pasta homogênea. Depois aplicar na região que se deseja esfoliar, realizando movimentos circulares suaves durante alguns segundos.

Após a esfoliação, é recomendado deixar o esfoliante agir sobre a pele por, no máximo, 2 minutos, e depois lavar a região com água, retirando todo o produto. Em seguida, é indicado aplicar um pouco de creme hidratante no corpo e no rosto para que a pele fique ainda mais hidratada.

Cuidados antes e após a esfoliação

Existem alguns cuidados que são importantes, antes e após a esfoliação, para manter a integridade da pele e potencializar os benefícios, como:

  • Lavar o rosto com água fria e sabonete neutro antes de aplicar o esfoliante, para obter um melhor resultado;
  • Realizar os movimentos circulares, no corpo e no rosto, de maneira suave, principalmente em regiões mais sensíveis, como próximo aos olhos;
  • Secar a pele com uma toalha macia após a esfoliação, pressionando e sem esfregar;
  • Aplicar protetor solar sempre após a esfoliação.

Esfoliar a pele regularmente, pelo menos, 2 vezes por mês é uma excelente estratégia para eliminar as células mortas, deixar a pele com mais brilho e melhorar a circulação sanguínea.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em março de 2022. Revisão clínica por Bruna Ribeiro - Especialista em Estética Avançada, em março de 2022.

Bibliografia

  • FUKAGAWA, Satoko et al. Coffee polyphenols extracted from green coffee beans improve skin properties and microcirculatory function. Bioscience, Biotechnology, and Biochemistry. Vol 81. 9 ed; 2017
Revisão clínica:
Bruna Ribeiro
Especialista em Estética Avançada
Bruna Ribeiro dos Santos é enfermeira especialista em Estética Avançada pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino (IBRAPE).