Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

10 melhores cremes para estrias

Os cremes e óleos usados para reduzir as estrias e até mesmo evitá-las, devem ter propriedade hidratantes, cicatrizantes e contribuir para a formação de fibras colágeno e elastina, como o ácido glicólico, retinoico ou o óleo de camomila, por exemplo.

O uso destes produtos podem ajuda a reorganizar essas fibras, reduzindo o tamanho, melhorando a aparências das estrias e evitando que novas se formem, sendo no entanto, mais eficazes nas estrias vermelhas ou roxas. Estas estrias são cicatrizes que se formam devido ao alongamento da pele em um período curto de tempo como por exemplo na gravidez, no crescimento durante a puberdade, ou quando a pessoa sofre alterações de peso repentinas.

10 melhores cremes para estrias

Desta forma, os cremes usados para reduzir e evitar as estrias, devem possuir algumas substâncias, sendo as principais:

1. Ácido retinóico

Também conhecido por tretinoína, o ácido retinoico pode ajudar a eliminar as estrias, pois melhora a qualidade do colágeno e aumenta a sua produção, tornando a pele mais firme e reduzindo assim a grossura e o comprimento das estrias. Além disso, o ácido retinoico também promove a renovação celular, melhorando o aspecto da pele. Veja como usar o ácido retinóico para tratar estrias.

O tempo de tratamento varia conforme o tamanho das estrias e a sua espessura, podendo ser encontrado em várias concentrações com gel ou em cremes anti-estrias.

2. Ácido glicólico

O ácido glicólico é um esfoliante químico que remove as camadas superiores da pele morta, revelando uma pele mais saudável e reduzindo a aparência das estrias. Assim, a sua aplicação que deve ser diária diminui a espessura, comprimento e coloração das estrias. 

No entanto, este ingrediente pode ser muito forte para alguns tipo de pele, devendo ser usado com cautela para que aconteça a irritação da pele.

3. Óleo de rosa mosqueta

O óleo de rosa mosqueta pode ser usado para reduzir as estrias, pois possui o efeito regenerador e emoliente sobre a pele, além de ser rico em ácidos graxos como ácido oléico, linolênico e vitamina A, que contribuem para o reforço da síntese de colágeno e elastina, que são essenciais para manter a firmeza e elasticidade da pele.

Alguns cremes já contêm o óleo de rosa mosqueta em sua constituição, mas se necessário é possível adicionar as gotas a um creme anti-estrias que não á possua, ou colocá-las em um creme hidratante comum antes do momento da aplicação na pele.

4. Óleo de camelina 

O óleo de camelina é rico em ácidos gordos essenciais para saúde da pele, como o ômega 3, que reforça a elasticidade, suavidade e diminui o risco de aparecimento de novas estrias. Além disso, este óleo também previne o envelhecimento prematuro da pele, evitando a formação de linhas de expressão.

5. Vitamina C

A vitamina C é um potente antioxidante que previne o envelhecimento precoce da pele, sendo também essencial na produção de colágeno, trazendo mais elasticidade à pele. Além disso, esta vitamina também tem um poder clareador, o que poderá ser útil em estrias mais escuras. 

6. Óleo de camomila

O óleo de camomila fortalece o tecido cutâneo, melhorando a elasticidade e protegendo-a do ressecamento, que é um fator de risco para a formação de estrias. Além disso, suas propriedades cicatrizantes, reduzem a profundidade das estrias. 

10 melhores cremes para estrias

7. Centella asiática

A centella asiática é uma planta medicinal com muitos benefícios para a pele, que inclusive é indicada para quem tem sensibilidade a cosméticos, por poder ser usada em peles muito irritáveis. 

Esta planta possui propriedades antibacterianas, antioxidantes, auxilia na produção de colágeno, proliferação e remodelação dérmica, reduzindo a aparência das estrias, e melhorando o aspecto geral da pele.

8. Óleo de amêndoas doces

O óleo de amêndoas doces é um ótimo hidratante para a pele, pois melhora a elasticidade e reduz o risco de ressecamento, trazendo o aspecto de uniformidade no local onde foi aplicado. 

Pode ser usado apenas o óleo puro para prevenir estrias de gravidez ou de dieta para ganho de peso, ou também adiciona-lo a um creme anti-estrias para potenciar os seus efeitos. 

9. Vitamina E

Cremes ricos em vitamina E, fornecem uma hidratação profunda, reduzem as chances de aparecimento de novas estrias, pois aumentam a elasticidade da pele e provocam a regeneração celular. Além disso, a vitamina E, tem propriedades antioxidantes, muito importante para prevenir o envelhecimento precoce da pele. Confira outros 7 benefícios da vitamina E.

10. Óleo de amêndoas 

O óleo de amêndoas possui vitamina A, que auxilia na produção de novas células da pele, suavizando as marcas das estrias, reduz o dano celular causado pelo tempo e uso de roupas apertadas, além de hidratar profundamente evitando o ressecamento da pele.

Assista o vídeo a seguir e veja outras técnicas que podem ser usadas para eliminar as estrias:

Bibliografia >

  • INDIAN DERMATOL ONLINE J. Vitamin E in dermatology. 2016. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4976416/>. Acesso em 02 Set 2020
  • STATPEARLS . Stretch Marks (Striae). Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK436005/>. Acesso em 02 Set 2020
  • Gestação e predisposição ao aparecimento de estrias cutâneas. 2014. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/305369988_Gestacao_e_predisposicao_ao_aparecimento_de_estrias_cutaneas_-_doi_105102ucsv14i13209>. Acesso em 02 Set 2020
  • INDIAN J PHARM SCI . Moisturizing and Antiinflammatory Properties of Cosmetic Formulations Containing Centella asiatica Extract. 2016. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4852572/>. Acesso em 02 Set 2020
  • PHYTOMEDICINE. Chemical, pharmacological and clinical profile of the East Asian medical plant Centella asiatica. 2000. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/11081995/>. Acesso em 02 Set 2020
  • INT J MOL SCI. Anti-Inflammatory and Skin Barrier Repair Effects of Topical Application of Some Plant Oils. 2016. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5796020/>. Acesso em 02 Set 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem