Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Escleroterapia a laser: o que é e como funciona

A escleroterapia a laser é um tipo de tratamento feito para diminuir ou eliminar vasos pequenos e médios que podem aparecer no rosto, especialmente no nariz e nas bochechas, no tronco ou nas pernas. 

O tratamento a laser é mais caro em relação aos outros tipos de tratamento para varizes, porém não é invasivo e pode apresentar resultados satisfatórios logo nas primeiras sessões dependendo da quantidade de vasos a serem tratados.

Como funciona a escleroterapia a laser

A escleroterapia a laser reduz os microvasos ao aumentar a temperatura dentro do vaso através da emissão de uma luz, que faz com que o sangue retido no interior seja deslocado para outro vaso e ocorra a destruição e reabsorção do vaso pelo organismo. O calor faz com que haja uma pequena inflamação no local, fazendo com que as varizes se fechem e percam sua função.

A depender da região a ser tratada, o desaparecimento das varizes pode acontecer em apenas uma ou duas sessões. Além disso, para que tenha melhores resultados, pode ser necessária realizar a escleroterapia química. Entenda como funciona a escleroterapia química

Escleroterapia a laser: o que é e como funciona

Quando fazer

A escleroterapia a laser é indicada para pessoas que têm medo de agulha, possuem alergia à substância química que normalmente é utilizada ou possuem uma região no corpo com muitos vasos pequenos. 

É um procedimento rápido, que dura cerca de 20 a 30 minutos por sessão e que não há muita dor em comparação aos outros procedimentos. 

Cuidados antes e após a escleroterapia a laser

É importante ter alguns cuidados para realizar a escleroterapia a laser e também após o procedimento, como:

  • Evitar o sol 30 dias antes e após o procedimento na área que vai ser tratada;
  • Usar filtro solar;
  • Não realizar bronzeamentos artificiais;
  • Evitar fazer depilação na região tratada 20 a 30 dias após o procediemento;
  • Usar hidratantes. 

A escleroterapia a laser não é indicada para pessoas bronzeadas, mulatos e negros, pois pode provocar danos na pele, como o aparecimento de manchas. Nesses casos, é indicado realizar a escleroterapia com espuma ou com glicose ou, dependendo o tamanho e quantidade dos vaso, cirurgia. Saiba mais sobre a escleroterapia com espuma e a escleroterapia com glicose

Mais sobre este assunto:
Carregando
...