Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar e tratar a Ejaculação Retrógrada

A ejaculação retrógrada é a redução ou ausência de esperma durante a ejaculação que acontece porque o esperma vai para a bexiga em vez de sair pela uretra durante o orgasmo.

Embora a ejaculação retrógrada não cause nenhuma dor, nem seja perigosa para a saúde, pode ter implicações emocionais, já que o homem tem a sensação que não consegue ejacular como é esperado. Além disso, nos casos em que existe ausência total de ejaculação, pode até causar infertilidade.

Assim, sempre que existir alterações na ejaculação, é muito importante ir ao urologista para fazer uma avaliação, identificar o problema e iniciar o tratamento mais adequado.

Como identificar e tratar a Ejaculação Retrógrada

Possíveis sintomas

O principal sintoma da ejaculação retrógrada é redução ou ausência de esperma durante a ejaculação. A ejaculação retrógrada não causa dor, pois o que acontece é que o sêmen é encaminhado para a bexiga, sendo mais tarde expelido na urina, o que pode deixá-la ligeiramente mais turva.

Homens com ejaculação retrógrada são capazes de atingir e sentir o orgasmo, assim como apresentar uma ereção satisfatória, no entanto, poderão não apresentar ejaculação e, por isso, também poderão sofrer de infertilidade.

Como confirmar o diagnóstico

A ejaculação retrógrada pode ser diagnosticada através de um exame de urina, realizado após um orgasmo, no qual a presença de espermatozoides na urina, confirma a existência do problema. Apesar de ter um diagnóstico simples, a ejaculação retrógrada deve primeiro ser identificada pelo homem, que nestes casos observa uma redução ou a completa ausência de esperma durante o clímax.

O que causa a ejaculação retrógrada

Na entrada da bexiga existe um pequeno esfíncter que fecha durante o orgasmo, permitindo que o sêmen faça seu percurso normal, sendo expelido através da uretra e pela abertura do pênis.

Porém, quando esse esfíncter não está funcionando corretamente, pode acabar abrindo e, por isso, o esperma consegue entrar na bexiga, não percorrendo o seu trajeto normal. Algumas causas que podem causar essa alteração no esfíncter incluem:

  • Lesões nos músculos ao redor da bexiga, causadas durante cirurgias à próstata ou bexiga;
  • Doenças que afetam as terminações nervosas, como esclerose múltipla ou diabetes crônica descontrolada;
  • Efeitos colaterais de medicamentos, especialmente os utilizados no tratamento transtornos psicológicos como depressão ou psicoses.

Dependendo da causa, o tratamento para ejaculação retrógrada pode ser mais ou menos complicado e, por isso, é muito importante consultar o urologista.

Como é feito o tratamento

O tratamento da ejaculação retrógrada normalmente só é necessário quando interfere com a fertilidade do homem. Nesses casos, as principais opções de tratamento incluem:

1. Remédios

Os remédios mais usados incluem Imipramina, Midodrina, Clorfeniramina, Bronfeniramina, Efedrina, Pseudoefedrina ou Fenilefrina. Estas são algumas opções de medicamentos que regulam o funcionamento dos nervos da região pélvica e, por isso, são usados quando existe degradação dos nervos pélvicos, como pode acontecer em casos de diabetes ou esclerose múltipla.

Estes remédios poderão não ter o efeito esperado em lesões causadas por cirurgias, já que irá depender do nível da lesão.

2. Tratamentos de infertilidade

Estes tipos de tratamento são usados quando o homem pretende ter filhos, mas não obteve resultados com os remédios indicados pelo médico. Assim, o urologista pode recomendar a colheita de espermatozoides ou a utilização de técnicas de reprodução assistida, como a Inseminação Intra Uterina, onde é inserida uma pequena porção de esperma dentro do útero da mulher, por exemplo.

Veja outras formas de tratar e lidar com a infertilidade masculina.

3. Apoio psicológico

O apoio psicológico é muito importante para todos os homens, independente do tipo de tratamento que estão fazendo. Isto porque, a ausência de uma ejaculação eficaz pode diminuir muito a satisfação emocional e física do homem, o que acaba gerando estresse.

O problema da ejaculação retrógrada pode ser um problema maior em casais que estão tentando engravidar e, por isso, o acompanhamento psicológico e emocional é muito importante.


Bibliografia

  • HARVARD HEALTH PUBLISHING. Retrograde Ejaculation. Link: <www.health.harvard.edu>. Acesso em 16 Abr 2019
  • MAYO CLINIC. Retrograde ejaculation. Link: <www.mayoclinic.org>. Acesso em 16 Abr 2019
  • JEFFERYS, Amanda et al.. The management of retrograde ejaculation: a systematic review and update. Fertility and Sterility. Vol.97. 306-311, 2012
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem