Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para edema pulmonar

O tratamento para edema pulmonar agudo deve ser iniciado o mais rápido possível no pronto-socorro com máscara de oxigênio e remédios diuréticos diretamente na veia, como Furosemida, para aumentar a quantidade de urina e eliminar o excesso de líquidos nos pulmões.

Além disso, também é necessário fazer o tratamento adequado da doença que causou o problema, que pode incluir remédios para pressão alta, como Captopril, ou Lisinopril para tratar a insuficiência cardíaca descompensada, por exemplo.

Normalmente, o paciente precisa ficar internado no hospital durante cerca de 7 dias para aliviar os sintomas, controlar o problema que causou o surgimento do edema pulmonar e fazer fisioterapia respiratória. Durante este período, pode ser necessário utilizar uma sonda vesical para controlar a saída de líquidos do organismo, evitando que acumulem novamente.

Veja os cuidados com a sonda em: Como cuidar da pessoa com sonda vesical.

Fisioterapia para edema pulmonar agudo

A fisioterapia respiratória para edema pulmonar agudo deve ser feita por um fisioterapeuta e, normalmente, é iniciada quando o paciente está internado e com os sintomas controlados, servindo para melhorar os níveis de oxigênio no organismo.

Saiba mais sobre a fisioterapia em: Fisioterapia respiratória.

Diagnóstico do edema pulmonar agudo

O diagnóstico do edema pulmonar aguda, normalmente, é feito apenas com a observação dos sintomas e historial clínico do paciente, no entanto, pode ser preciso fazer outros exames, como raio X do tórax ou exame de sangue, depois de começar o tratamento, para confirmar o diagnóstico e descartar outras doenças respiratórias.

Saiba quais os sintomas que podem indicar este problema, em:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...