Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

6 dicas simples para aliviar as dores nas articulações

Algumas estratégias simples como fazer alongamentos, usar compressa de água quente ou fazer uma alimentação anti-inflamatória podem ajudar a prevenir ou reduzir as dores nas articulações.

Essas dores podem ser causadas por viroses, tendinite, gota, artrite ou osteoartrose, por exemplo, e, por isso, caso a dor não melhore em 1 mês com medidas simples ou se a dor for persistente ou piorar, é importante consultar um ortopedista para definir a causa específica e indicar o tratamento mais adequado. Saiba quais são as principais causas de dores nas articulações.

6 dicas simples para aliviar as dores nas articulações

Algumas medidas simples podem ajudar a evitar ou melhorar as dores nas articulações e incluem:

1. Fazer compressa de água quente ou fria

Usar compressa de água quente nas articulações ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo no local, a relaxar a musculatura e a soltar as articulações rígidas e pode ser feita de 20 a 30 minutos, 3 vezes por dia, nos casos de gota, artrite reumatóide ou osteoartrose, por exemplo. Outra forma para relaxar os músculos e aliviar as dores nas articulações é tomar um banho longo e quente. 

Já nos casos de tendinite, contusões ou torções nas articulações, deve-se usar a compressa fria para ajudar a reduzir a dor, o inchaço e a inflamação nas articulações. Para fazer a compressa fria pode-se embrulhar uma bolsa de gelo de gel ou um saco de vegetais congelados em uma toalha limpa e seca e aplicar nas articulações doloridas, por 15 minutos, para um alívio rápido da dor.

Assista o vídeo com a fisioterapeuta Marcelle Pinheiro sobre como e quando aplicar compressa quente ou fria:

2. Fazer alongamentos

Fazer alongamentos suaves podem ajudar a manter a mobilidade e a amplitude do movimento e aliviar as dores nas articulações. Além disso, não se movimentar pode piorar a dor. 

O ideal é fazer alongamentos com orientação médica e sob a supervisão de um fisioterapeuta que deve indicar alongamentos específicos para a articulação dolorida. 

3. Comer alimentos anti-inflamatórios

Alguns alimentos como cúrcuma, vegetais como o brócolis ou espinafre e alimentos ricos em ômega-3 como atum, sardinha, salmão, linhaça ou chia, podem ajudar a diminuir a inflamação nas articulações e, por isso, ajudam a aliviar as dores nas articulações. 

Esses alimentos devem ser consumidos diariamente ou, no caso dos peixes, pelo menos de 3 a 5 vezes por semana. Confira a lista completa de alimentos anti-inflamatórios.

6 dicas simples para aliviar as dores nas articulações

4. Fazer massagem

Fazer massagem pode ajudar a controlar a dor e o desconforto nas articulações, além de causar sensação de bem estar e redução do estresse. 

A massagem pode ser feita usando um creme hidratante ou óleo de amêndoas ou de côco sobre a pele, fazendo movimentos leves e circulares. Outra opção é usar pomadas contendo capsaicina que tem efeito analgésico diminuindo as dores articulares.

Em alguns casos, o médico pode recomendar o uso de pomadas anti-inflamatórias para dores nas articulações de forma individual.

5. Tratamento natural

Alguns chás como o chá de gengibre ou chá de garra do diabo podem ajudar a aliviar as dores nas articulações por terem propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, reduzindo a produção de substâncias inflamatórias como as prostaglandinas, aliviando as dores nas articulações.

Para fazer o chá de gengibre, deve-se colocar 1 cm da raiz de gengibre cortada em rodela ou ralada em 1 litro de água fervente e beber 3 a 4 xícaras do chá por dia. Este chá deve ser evitado por pessoas que fazem uso de anticoagulantes como varfarina ou aspirina pois pode aumentar o risco de sangramentos ou hemorragias. Além disso, mulheres grávidas, próximo ao parto ou com histórico de aborto, problemas de coagulação ou que tenham risco de hemorragias devem evitar o uso do chá de gengibre. 

Já o preparo do chá de garra do diabo deve ser feito com 1 colher (de chá) das raízes secas de garra do diabo em 1 xícara de água e ferver em fogo baixo por 15 minutos. Coar e beber de 2 a 3 xícaras do chá por dia. Esse chá só deve ser usado por adultos e não deve ser ingerido por mulheres grávidas pois pode causar problemas no feto ou mulheres em amamentação e por pessoas que usam anticoagulantes como a varfarina pois pode aumentar o risco de sangramentos.

6 dicas simples para aliviar as dores nas articulações

6. Reduzir o estresse

Tentar controlar o estresse e a ansiedade é importante para diminuir a produção de cortisol, que é o hormônio do estresse e que pode levar ao aparecimento de dor por todo corpo e dores nas articulações.

Para ajudar a reduzir o estresse, deve-se dormir de 8 a 9 horas por noite, praticar atividades que ajudam a relaxar o corpo como meditação ou yoga, por exemplo, ou atividades físicas leves, desde que sejam feitas com orientação médica. Veja 7 passos para combater o estresse.

Bibliografia >

  • SCHAIBLE, Hans-Georg; et al. Joint pain. Exp Brain Res. 196. 1; 153-62, 2009
  • HAVELIN, Joshua; KING, Tamara. Mechanisms underlying bone and joint pain. Curr Osteoporos Rep. 16. 6; 763–771, 2018
  • MOBASHERI, Ali. Intersection of Inflammation and Herbal Medicine in the Treatment of Osteoarthritis. Curr Rheumatol Rep. 14. 6; 604–616, 2012
  • TAN, Boon Hooi; ONG, Chin Eng. The use of natural remedies to treat osteoarthritis. TANG [HUMANITAS MEDICINE]. 6. 1; 1.1-1.9, 2016
  • FUNK, Janet L.; et al. Effects of Ginger (Zingiber officialis L) on Inflammation‐Induced Bone Loss. The FASEB Journal. 26. S1; 263.5-263.5, 2012
  • BRIEN, Sarah. Devil's Claw (Harpagophytum procumbens) as a treatment for osteoarthritis: a review of efficacy and safety. J Altern Complement Med. 12. 10; 981-993, 2006
  • WEBMD. Devil's Claw. Disponível em: <https://www.webmd.com/vitamins/ai/ingredientmono-984/devils-claw>. Acesso em 28 Dez 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem