Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dor nos olhos: 12 principais causas e como tratar

Sentir uma ligeira dor de olhos, sentir os olhos cansados e ter de fazer esforço para enxergar são sintomas pouco preocupantes que, geralmente, desaparecem após algumas horas de sono e descanso. 

No entanto, quando a dor é mais forte ou persistente, pode indicar a presença de alterações da superfície ocular ou das regiões mais internas do olho, podendo ser acompanhada de outros sintomas como coceira e queimação que podem ser devido, por exemplo, a problemas como conjuntivite ou sinusite. 

Assim, quando a dor não melhora, é muito intensa ou acompanhada de outros sintomas é importante consultar um oftalmologista, para identificar a causa e iniciar o tratamento mais adequado, que normalmente é feito com o uso de colírios.

Dor nos olhos: 12 principais causas e como tratar

Confira as 12 causas mais comuns de dor no olho:

1. Olhos secos

Os olhos ficam ressecados devido a vários motivos que alteram a qualidade da lágrima, responsável por lubrificar o globo ocular. Esse problema causa sensação de agulhadas e queimação, especialmente em ambientes com ar condicionado, ao andar de bicicleta ou após ficar algumas horas olhando para a tela do computador. 

Tratamento: deve-se utilizar colírios à base de lágrimas artificiais para ajudar na lubrificação do globo ocular. O uso de colírios que diminuem a vermelhidão, podem ser usados, porém não tratam a causa. Além disso, se usados indiscriminadamente e sem orientação do oftalmologista podem mascarar outros problemas da visão e atrasar o diagnóstico de algum problema mais grave.

2. Uso errado de lentes de contato

O uso inadequado de lentes de contato pode causar inflamações e infecções nos olhos que levam à dor, vermelhidão e coceira, além de problemas mais graves como úlceras ou ceratite.

Tratamento: deve-se utilizar as lentes seguindo as recomendações de higiene, de tempo máximo de uso e o prazo de validade do produto. Veja o guia de como escolher e usar lentes de contato.

3. Gripe

A presença de infecções no corpo como gripe e dengue pode causar sintomas de dor de cabeça e dor nos olhos, que diminuem à medida que o organismo combate a doença.

Tratamento: pode-se usar estratégias como beber chás calmantes e que melhoram a circulação, como gengibre, erva doce e alfazema, colocar compressas de água morna na testa, usar medicamentos como paracetamol e manter-se em local calmo e com pouca luz.

4. Sinusite

A sinusite é inflamação dos seios nasais e normalmente causa dor de cabeça e também causa dor atrás dos olhos e o nariz. Além disso o paciente pode apresentar outros sintomas não relacionados a sinusite como dor de garganta e dificuldade para respirar, principalmente num quadro viral. 

Tratamento: pode ser feito com remédios aplicados diretamente no nariz ou com medicamentos antibióticos e antigripais. Veja mais sobre como identificar e tratar a sinusite.

Dor nos olhos: 12 principais causas e como tratar

5. Enxaqueca 

A enxaqueca causa intensa dor de cabeça, especialmente afetando somente um lado da face, e por vezes há sintomas como tontura e sensibilidade à luz, havendo necessidade de usar óculos de sol para se sentir melhor. No caso da cefaleia em salvas a dor afeta a testa e somente um olho, com intensa dor, além de lacrimejar e corrimento nasal. Já no caso da enxaqueca com aura, além da dor nos olhos, podem surgir luzes piscando. 

Tratamento: o tratamento é sempre feito com remédios contra enxaqueca, receitados pelo neurologista.

6. Conjuntivite

A conjuntivite é uma a inflamação na superfície interior das pálpebras e na parte branca do olho, causando vermelhidão, secreção e inchaço nos olhos. Ela pode ser causada, mais comumente, por vírus ou bactérias, sendo facilmente transmitida para outras pessoas, ou pode ser devido a alguma alergia ou reação a um objeto irritante que entrou em contato com o olho. 

Tratamento: pode ser feito com uso de remédios analgésicos, anti-inflamatórios, e antibióticos, em caso de conjuntivite bacteriana. Veja todos os detalhes do tratamento aqui.

7. Dengue 

A dor no fundo dos olhos, acompanhada de sintomas como cansaço e dor no corpo pode indicar dengue, que é comum especialmente no verão.

Tratamento: não há necessidade de tratamento específico e pode ser feito com analgésicos e remédios para baixar a febre. Confira todos os sintomas para saber se é dengue.

8. Ceratite

É uma inflamação na córnea que pode ser infecciosa ou não. Pode sr causada por vírus, fungos, microbactérias ou bactérias, mau uso de lentes de contato, ferimentos ou pancadas no olho, causando dor, diminuição da visão, sensibilidade à luz e lacrimejamento excessivo nos olhos.

Tratamento: a ceratite tem cura, mas seu tratamento deve ser iniciado o mais cedo possível, pois a doença pode se alastrar rapidamente e pode causar cegueira. Entenda melhor como é feito o tratamento para ceratite.

Dor nos olhos: 12 principais causas e como tratar

9. Glaucoma

O glaucoma é uma doença multifatorial, porém, cujo principal fator de risco é o aumento da pressão no globo ocular, que leva a danos no nervo óptico e diminuição progressiva da visão, caso não diagnosticado e tratado precocemente. Como doença de evolução lenta e progressiva, em mais de 95% dos casos não há sintomas e nem sinais da doença até que apareça diminuição da visão. Nesse momento a pessoa já apresenta um doença extremamente avançada. Por isso, a consulta rotineira ao oftalmologista é essencial à saúde dos olhos. 

Tratamento: apesar de não ter cura definitiva, o tratamento adequado do glaucoma permite o controle dos sintomas e evita a cegueira. Veja como saber se tem glaucoma.

10. Neurite ótica 

Manifesta-se através de sintomas como dor ao movimentar os olhos, que pode afetar somente um ou dos dois olhos, além de diminuição ou perda da visão de forma repentina, e alteração no teste de cores. A dor pode ser moderada ou grave e tende a piorar quando o olho é palpado. Pode ocorrer em pessoas que tem esclerose múltipla, mas também pode acontecer em caso de tuberculose, toxoplasmose, sífilis, SIDA, viroses da infância, como caxumba, catapora e sarampo, e outras como doença de Lyme, doença da arranhadura do gato, e herpes, por exemplo.

Tratamento: dependendo da causa, pode ser feito com toma de corticoesteroides, por exemplo. Saiba mais sobre a neurite ótica.

11. Neuropatia ocular diabética 

Nesse caso é uma neuropatia isquêmico que é a falta de irrigação do nervo óptico e não causa dor. Esta é uma consequência em diabéticos que não mantiveram sua glicemia controlada de forma adequada a maior parte do tempo.

Tratamento: além de controlar a diabetes, pode ser preciso fazer cirurgia ou tratamentos com laser. Veja a lista completa de sintomas, como pode ser o tratamento e porque a diabetes pode causar cegueira.

12. Neuralgia do trigêmeo

Causa dor nos olhos, mas geralmente somente um olho é afetado, de forma abrupta e intensa, parecida com a sensação de choque elétrico, além de intensa dor na face. A dor dura apensas alguns segundos a dois minutos, acontecendo logo a seguir, com intervalos de alguns minutos à hora, podendo acontecer várias vezes ao dia. Muitas vezes o quadro se prolonga por meses, mesmo com o tratamento adequado.

Tratamento: o tratamento é feito com medicamentos ou cirurgia. Veja mais detalhes do tratamento para neuralgia do trigêmio.

Outros sintomas que podem surgir

Junto com a dor nos olhos, podem haver outros sintomas mais específicos que ajudem a identificar a causa, como:

  • Dor ao movimentar os olhos: pode ser sinal de cisco no olho ou cansaço da vista;
  • Dor atrás dos olhos: pode ser dengue, sinusite, neurite;
  • Dor no olho e dor de cabeça: pode indicar problemas de visão ou gripe;
  • Dor e vermelhidão: é um sintoma de inflamação no olho, como conjuntivite;
  • Dor ao piscar: pode ser sintoma de terçol ou de cisco no olho;
  • Dor no olho e na testa: surge frequentemente em casos de enxaqueca.

Esses sintomas podem surgir tanto no olho esquerdo, quanto no direito, podendo atingir também os dois olhos de uma vez.

Quando ir ao médico

Deve-se procurar ajuda médica quando a dor nos olhos é intensa ou dura mais de 2 dias, quando se tem diminuição da visão, doenças autoimunes ou artrite reumatoide, ou quando além de dor, também aparecem sintomas de vermelhidão, lacrimejamento, sensação de pressão nos olhos e inchaço. 

Além disso, enquanto ficar em casa é importante evitar locais com muita luminosidade, uso de computador e o uso de lentes de contato para diminuir a irritação nos olhos e as chances de complicações. Veja como fazer uma massagem e exercícios que combater a dor nos olhos e a vista cansada.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem