Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

7 formas de aliviar a Dor nas Costas

Para tratar a dor nas costas causada por dor muscular ou ​​problemas de coluna como 'bico de papagaio' ou hérnia de disco pode ser necessário usar uma bolsa de água quente, tomar remédios, fazer fisioterapia e em último caso, recorrer à cirurgia.

Por isso, em caso de dor nas costas com dificuldade para se movimentar, sensação de queimação e ardência, é importante realizar exames como raio-x, tomografia ou ressonância magnética para identificar a causa da dor nas costas e então iniciar o tratamento mais indicado. Veja as principais causas e como aliviar a dor nas costas.

7 formas de aliviar a Dor nas Costas

O que se pode fazer para tratar a dor nas costas consiste em:

1. Tomar remédios

O médico poderá receitar remédios para aliviar a dor nas costas, como por exemplo, analgésicos e anti-inflamatórios, além de também poder indicar o uso de pomadas anti-inflamatórias que devem ser aplicadas no local da dor com uma suave massagem até que seja totalmente absorvida pela pele.

Alguns dos remédios que o médico pode indicar contra dor nas costas podem ser:

  • Analgésicos, como o Paracetamol, 3 vezes por dia ou conforme indicação médica;
  • Anti-inflamatórios, como Ibuprofeno, ingeridos 3 vezes por dia, ou nimesulida, 2 vezes ao dia, após as refeições, especialmente nos caso de artrite;
  • Relaxantes musculares, como Miosan, 3 a 4 vezes por dia ou de acordo com as orientações do ortopedista;
  • Injeções de Diclofenaco e Tiocolquicósido, feitas no hospital ou posto de saúde, conforme a prescrição do médico.

Os remédios diminuem a dor e a inflamação, trazendo alívio da dor, mas para evitar que a dor volte é aconselhado fazer também sessões de fisioterapia que são úteis para fortalecer os músculos enfraquecidos, melhorar a postura e o posicionamento de todas as estruturas.

2. Fazer fisioterapia

A fisioterapia é interessante principalmente quando a dor não melhora ao longo do tempo. Assim, nas sessões de fisioterapia são realizados exercícios de alongamento para manter as estruturas das costas bem posicionadas e os músculos com a flexibilidade ideal para realizar todas as atividades do dia a dia sem dor. 

Além disso, o tratamento fisioterapêutico pode variar de pessoa para pessoa podendo incluir recursos de termo-eletro-fototerapia para aliviar a dor e a inflamação, contribuindo para um melhor efeito dos medicamentos, e numa fase mais avançada geralmente é necessário fazer exercícios de cinesioterapia adequados à realidade e necessidade do paciente.

3. Praticar exercícios 

Após o alívio dos sintomas de dor nas costas é muito importante que a pessoa faça exercícios regularmente para prevenir o retorno da dor. O profissional de educação física poderá indicar qual a melhor modalidade, respeitando seus gostos e possibilidades, mas boas opções são a caminhada e o Pilates Clínico, feito com o fisioterapeuta com exercícios que fortalecem o abdômen e a coluna lombar, por exemplo.

Confira algumas opções de exercícios para melhorar a postura e que podem ajudar a eliminar a dor nas costas.

4. Usar uma compressa quente em casa

Para ajudar no tratamento, em casa a pessoa pode colocar uma compressa quente no local da dor, deixando atuar cerca de 15 minutos. Este tratamento caseiro melhora a circulação sanguínea e relaxa os músculos, trazendo alívio da dor em poucos minutos.

Assim, para fazer a compressa quente, basta molhar uma toalha em água morna, espremer para tirar o excesso de água, e colocar no local da dor. Pode-se também colocar a toalha molhada dentro de um saco plástico e envolver o saco com uma toalha seca, sendo isso útil quando a água está muito quente ou não se quer molhar a roupa, por exemplo

Pode adicionar também na água a compressa 3 gotas de óleo essencial de manjericão ou de eucalipto, isso porque esses óleos possuem propriedades anti-inflamatórias, ajudando a aliviar a dor.

Veja no vídeo a seguir outras formas de fazer a compressa quente em casa:

5. Fazer massagens

Fazer massagens também é uma opção para aliviar as dores nas costas, pois ajuda a diminuir a tensão muscular e a relaxar, melhorando as dores. Uma opção é a massagem com óleos essenciais, pois de acordo com o óleo utilizado é possível ter uma maior sensação de relaxamento e bem-estar. Veja como é feita a massagem com óleos essenciais.

6. Tratamento alternativo 

Outros tratamentos que podem ajudar a combater a dor nas costas são a acupuntura e a osteopatia que devem ser realizados por profissionais qualificados para que tenham o efeito esperado. Entretanto não é incomum que o tratamento para dor nas costas envolva todas as terapias aqui citadas

Além disso, uma outra opção de tratamento alternativo é a homeopatia, cujos remédios devem ser recomendados pelo homeopata, sendo normalmente indicado o seu uso a cada 8 horas.

7. Cirurgia para coluna

Nos casos mais graves ou quando já foram tentadas todas as terapias para aliviar a dor nas costas sem sucesso, pode ser necessário realizar uma cirurgia na coluna. A cirurgia na coluna é delicada e pode ter complicações mas em alguns casos é muito necessária para combater a causa da dor nas costas e assim eliminar a dor.

No entanto, após a cirurgia na coluna, normalmente, o paciente ainda precisa fazer algumas sessões de fisioterapia para se recuperar e aprender a manter a boa postura. Veja os cuidados que deve ter após uma cirurgia na coluna.

Quando ir ao médico

Deve-se ir ao médico quando a dor nas costas demora para passar ou é muito intensa, dificultando as tarefas do dia-a-dia. Além disso, é recomendado também ir ao médico quando surgem outros sintomas além da dor nas costas, como:

  • Dor que irradia para as pernas;
  • Sensação de formigamento ou queimação nas costas;
  • Sensação de queimação nas nádegas;
  • Dificuldade para caminhar.

Normalmente o médico faz uma avaliação na consulta e solicita alguns exames de imagem, como raio-X ou ressonância magnética para avaliar a coluna, os discos intervertebrais e os processos espinhosos, por exemplo, e verificar a necessidade de uso de remédios, fisioterapia ou, nos casos mais graves e crônicos, cirurgia.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem