Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dor na nuca: o que pode ser

​A dor na nuca normalmente não é sinal de um problema grave, sendo mais comum em casos de excesso de tensão, provocada por situações como estresse emocional, aumento da pressão arterial ou ansiedade, por exemplo. Normalmente, nestes casos também é possível sentir o pescoço mais rígido e uma dor em ambos os lados da nuca.

No entanto, existem alguns casos em que a dor na nuca pode ser sintoma de um problema mais grave como meningite ou aneurisma, mas, nestes casos, geralmente é acompanhada de enjoo intenso, vômitos ou febre. Confira os sintomas de meningite.

Dor na nuca: o que pode ser

1. Pressão arterial alta

As situações que provocam aumento exagerado da pressão arterial, como estresse emocional ou depressão, por exemplo, são uma das principais causas de dor na nuca, levando também ao surgimento de outros sintomas como rigidez do pescoço e dor muscular nas costas. Nestes casos, a dor na nuca mantém-se estável, não piorando ao longo do tempo.

  • Como tratar: a melhor forma de aliviar este tipo de dor é relaxar durante o dia para tentar diminuir a pressão arterial e evitar a contração dos músculos. Para isso, pode-se participar em atividades relaxantes como yoga, pilates ou massagens, por exemplo. No entanto, no momento da crise deve-se descansar e colocar compressas geladas no local da dor. Em casos de depressão, é importante seguir o tratamento recomendado pelo psicólogo ou psiquiatra. Veja como fazer uma auto-massagem relaxante.

2. Contratura ou torcicolo

Outra causa muito comum do surgimento de dor na nuca é a presença de problemas musculares como contraturas ou torcicolos, na região do pescoço ou da parte superior das costas. Geralmente, este tipo de dor surge após fazer treinos intensos destes músculos, mas também pode acontecer por má postura durante o dia ou a dormir.

3. Artrite

Por causar o desenvolvimento de inflamação e dor nas articulações, a artrite também pode ser uma das causas de dor na nuca. Isso acontece porque, na região do pescoço, existem várias articulações entre as vértebras da coluna. Assim, se existir inflamação nesses locais, a dor pode irradiar para a região da nuca. Normalmente, este tipo de dor piora com o movimento do pescoço, agravando ao longo do dia.

  • Como tratar: para aliviar as crises de dor é preciso consultar um reumatologista para iniciar o uso de anti-inflamatórios, como o Ibuprofeno, ou relaxantes musculares, como tiocolquicosido. No entanto, para evitar que a dor volte a surge deve-se fazer atividades que ajudam a aliviar o peso sobre as articulações, como hidroginástica, pilaste ou yoga, por exemplo. Veja este vídeo sobre como aliviar a dor da artrite:

4. Meningite

A meningite é uma das causas mais graves de surgimento de dor na nuca e, embora seja rara, pode surgir em qualquer idade, especialmente se existir algum surto da doença. Nestes casos, a dor na nuca é muito forte e surge junto com outros sintomas como febre, náuseas, vômitos e cansaço excessivo.

  • Como tratar: a meningite precisa ser identificada e tratada o mais rápido possível, assim, sempre que existir suspeita da doença é importante ir ao pronto-socorro para fazer o diagnóstico e iniciar o tratamento adequado, que pode incluir o uso de antibiótico. Saiba mais sobre como é feito o tratamento da meningite.

5. Aneurisma

O aneurisma cerebral é uma dilatação de um vaso sanguíneo no cérebro que pode acabar rompendo com o tempo e causando o surgimento de um AVC hemorrágico. Geralmente, este tipo de alteração não provoca qualquer sintoma antes de romper, mas existem poucos casos em que pode surgir uma dor de cabeça constante na nuca. Já quando rompe, a dor é muito forte e repentina e pode continuar piorando ao longo do tempo.

  • Como tratar: se existir suspeita de rompimento de um aneurisma é muito importante ir imediatamente para o hospital ou chamar uma ambulância, ligando para o 192. O rompimento do aneurisma provoca o mesmo tipo de sequelas que um AVC e, por isso, pode colocar a vida em risco. Veja quais os primeiros sintomas para identificar um aneurisma.

Quando ir ao médico

É recomendado consultar um médico quando a dor na nuca:

  • É incapacitante;
  • Demora mais de 48 horas para passar;
  • É acompanhada de vômitos ou febre acima de 38ºC;

Nestes casos, deve-se consultar um clínico ou um neurologista para que ele peça exames, indique a possível causa na dor na nuca e inicie o tratamento adequado. O médico poderá ainda orientar o paciente para um ortopedista quando dor é provocada por doenças na coluna ou problemas musculares, por exemplo.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...