Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dor de apendicite: saiba o que fazer

O apêndice está localizado na porção lateral direita do corpo, próximo ao intestino, e possui um formato semelhante ao dedo de uma luva, o que quer dizer que há uma porta de entrada, sendo ela mesmo a porta de saída. Qualquer alteração orgânica que venha a obstruir esta passagem faz com que o apêndice inflame. A presença de fezes em seu interior, traumatismo direto e o fator genético são as causas mais frequentes da apendicite. Saiba como identificar a apendicite.

O sintoma mais característico da apendicite é a dor no lado direito do abdômen, que também pode ser acompanhada de enjoo, vômito, perda do apetite e febre, por exemplo. É importante que nos primeiros sintomas de apendicite, seja buscada ajuda médica para que seja feito o tratamento afim de evitar complicações. Conheça os sintomas de apendicite

Local da dor

Dor de apendicite: saiba o que fazer
Local da dor
Local da dor

A dor da apendicite é caracterizada por ser forte e constante e acontecer no lado direito do abdômen e embaixo. Inicialmente a dor é concentrada na região central do abdômen, podendo ser descrita como dor difusa ao redor do umbigo, por exemplo, mas após poucas horas, a dor já passa a ser percebida em um local mais definido.

Apesar da dor do lado direito e embaixo ser característica da apendicite, essa dor também pode acontecer em outras situações, como por exemplo doença de Crohn, inflamação do intestinal, cisto no ovário direito e hérnia inguinal. Confira outras causas de dor no lado direito do abdômen.

Dor no lado esquerdo embaixo

A dor no lado esquerdo do abdômen e embaixo é raro de acontecer na apendicite, no entanto essa dor pode indicar pancreatite, inflamação do intestino, excesso de gases, hérnia inguinal ou cisto no ovário esquerdo, no caso das mulheres. Conheça as causas mais comuns de dor nas costas e no abdômen.

O que fazer

Quando a dor do lado direito e na parte inferior do abdômen é constante e acompanhada de outros sintomas, como febre, perda do apetite e náuseas, por exemplo, é importante ir ao médico para que seja feito o diagnóstico e determinado o tratamento.

O diagnóstico da apendicite é feito por meio de exame clínico, em que o médico avalia os sintomas descritos pelo paciente e faz a palpação do abdômen, além de exames laboratoriais e de imagem, como a ultrassonografia de abdômen, que permite visualizar o apêndice e sinais de inflamação.

Caso haja confirmação do diagnóstico de apendicite, a opção de tratamento é a remoção cirúrgica, chamada de apendicectomia, que deve ser feita preferencialmente nas primeiras 24 horas após o diagnóstico. Saiba como é feita a cirurgia para apendicite e como é a recuperação.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar