Como saber se é apendicite

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
abril 2022

Para confirmar o diagnóstico de apendicite, além da avaliação dos sintomas, como dor do lado direito do abdômen, o médico deve realizar uma avaliação física pela palpação do abdômen para verificar a presença de inflamação no apêndice e no peritônio, que é uma membrana que recobre os órgãos abdominais.

Geralmente, através da análise dos sintomas e da avaliação física, o médico pode confirmar o diagnóstico da apendicite. No entanto, ainda podem ser solicitados exames de imagem, como raio-X de abdômen ou tomografia computadorizada, ou exames laboratoriais, como hemograma completo ou análise da urina, de forma a descartar outras condições que podem causar dor do lado direito do abdômen.

A apendicite é a inflamação do apêndice, que é uma parte do intestino grosso, localizado do lado inferior à direita do abdômen, sendo geralmente causado por acúmulo de fezes e bactérias, e deve ser tratado o mais rápido possível assim que surgem os sintomas, de forma a evitar complicações, como infecção no peritônio ou abscesso abdominal. Saiba como é feito o tratamento da apendicite.

O diagnóstico da apendicite é feito pelo médico seguindo alguns passos, como:

1. Avaliação dos sintomas

O diagnóstico inicial da apendicite é feito através da avaliação dos sintomas, como dor localizada na parte inferior direita do abdômen e/ou dor em volta do umbigo, que se inicia de forma repentina, leve e pode piorar dentro de algumas horas.

Além disso, a dor do lado direito do abdômen pode estar acompanhada de outros sintomas como náuseas, perda do apetite, febre ou mal estar generalizado, por exemplo. Veja outros sintomas da apendicite.

Teste online para saber se pode ser apendicite

Se acha que pode estar com uma apendicite, assinale seus sintomas:

  1. 1.Dor ou desconforto abdominal
  2. 2.Dor intensa no lado inferior direito da barriga
  3. 3.Náuseas ou vômitos
  4. 4.Perda de apetite
  5. 5.Febre baixa persistente (entre 37,5º e 38º)
  6. 6.Mal estar geral
  7. 7.Prisão de ventre ou diarreia
  8. 8.Barriga inchada ou excesso de gases

2. Exame físico

Após a avaliação inicial dos sintomas, o médico deve realizar um exame físico fazendo uma palpação do abdômen para detectar alterações sugestivas da inflamação, utilizando algumas técnicas que incluem:

  • Sinal de Blumberg: esse exame consiste em aplicar uma leve pressão sobre a parte inferior direita do abdômen, chamado ponto de McBurney, e quando essa pressão é aliviada repentinamente, ocorre uma piora da dor, o que indica uma inflamação do apêndice e peritônio;
  • Sinal de Rovsing: nesse tipo de exame o médico aplica uma leve pressão no lado esquerdo inferior do abdômen, que é considerado positivo para apendicite, quando a pessoa sente dor do lado direito, mesmo tendo sido apalpado o lado esquerdo do abdômen;
  • Sinal do psoas: esse exame é feito com a pessoa deitada virada para o lado esquerda, e o médico realiza uma extensão do quadril do lado direito, e é considerado positivo para apendicite aguda quando a pessoa sente dor do lado direito do abdômen;
  • Sinal de Dumphy: nesse exame o médico pede para a pessoa tossir, e caso sinta dor do lado direito inferior do abdômen, pode ser indicativo de apendicite.

Além disso, o médico pode fazer um toque retal para examinar o reto, que é a parte final do intestino. Outro exame que pode ser feito é exame pélvico em mulheres em idade fértil para avaliar se a dor pode estar sendo causada por problemas ginecológicos.

3. Exames de imagem

Alguns exames de imagem, como raio-X de abdômen, tomografia computadorizada e ultrassonografia, podem ser indicados para confirmar o diagnóstico de apendicite e descartar outras causas de dor no lado direito do abdômen.

4. Exames laboratoriais

O médico também pode solicitar exames laboratoriais, como hemograma completo, para detectar infecções, e exame de urina para avaliar se a dor do lado direito do abdômen está sendo causada por infecção urinária ou pedra nos rins, por exemplo.

Os sintomas de apendicite podem variar de pessoa para pessoa, além de que a dor do lado direito do abdômen poder ter diversas outras causas e, por isso, pode ser difícil confirmar o diagnóstico em alguns casos. De qualquer forma, é importante que a pessoa vá ao pronto-socorro caso tenha sintomas de apendicite. Conheça outras causas de dor abdominal e quando pode ser grave.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em abril de 2022. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em março de 2020.

Bibliografia

  • MATOS, Breno. et al.. Apendicite aguda. Rev Med Minas Gerais 2011; 21(2 Supl 4): S1-S113.
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Apendicite. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/dicas-em-saude/2900-apendicite>. Acesso em 18 fev 2020
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.