Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como saber se é apendicite

Para saber se é apendicite, é necessário que o médico observe os sinais e sintomas apresentados pela pessoa afetada, sendo que as características mais marcantes incluem dor abdominal que inicia no centro do abdômen ou umbigo, que migra para o lado direito com o passar das horas e pode vir acompanhada de falta de apetite, vômitos e febre por volta de 38ºC. 

A confirmação do diagnóstico é feita pelo médico, com a avaliação física pela palpação do abdômen, e realização de exames como hemograma e ultrassom, que conseguem detectar os sinais de inflamação típicos da apendicite.

Como saber se é apendicite

Sinais e sintomas

Os principais sinais e sintomas que indicam apendicite são:

  • Dor ou desconforto abdominal que inicia na região central do abdômen ou umbigo, e migra para o lado inferior direito após cerca de 6 a 12 horas. A dor pode piorar com a movimentação e com a tosse, mas não melhora com a eliminação de gases ou com a evacuação, o que ajuda a diferenciar de cólicas causadas por gases ou prisão de ventre;
  • Falta de apetite;
  • Náuseas e vômitos;
  • Febre por volta de 38ºC.

Não é comum haver diarréia em casos de apendicite. Além disso, caso a doença se torne grave, como por uma perfuração, a dor abdominal pode se tornar intensa e espalhada por todo o abdômen, e a febre pode se tornar mais elevada e acompanhada de aumento dos batimentos cardíacos. Saiba mais sobre como identificar os sintomas de apendicite.

Como confirmar 

Para confirmar o diagnóstico de apendicite, o médico realiza a avaliação clínica do paciente, com análise dos sintomas e exame físico, que inclui a palpação do abdômen para detecção das alterações sugestivas da inflamação.

Os exames que ajudam o médico a confirmar a apendicite e descartar outras possibilidades são o raio-x de abdômen, ultrassonografia ou tomografia computadorizada, além de exames de urina, fezes e de sangue.

É importante lembrar que nem todos os casos seguem as regras exatas, e o quadro clínico pode variar de uma pessoa para a outra. Desta forma, pode ser difícil confirmar a causa da dor em alguns casos, já que uma dor abdominal pode ter diversos motivos. Saiba quais são as principais causas de dor abdominal e quando pode ser grave

Como é o tratamento

Para o tratamento da apendicite, geralmente, o médico indica o uso de antibióticos e uma cirurgia para retirada do apêndice, pois é uma inflamação difícil de controlar, havendo o risco de rompimento do órgão, o que aumentaria as chances de morte do indivíduo. Entenda como é feito o tratamento para apendicite

Mais sobre este assunto:


Carregando
...