Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Doença da Bofetada: Como identificar e tratar

A doença da bofetada é uma infecção viral da pele que manisfesta sintomas de lesões vermelhas no rosto como se o paciente tivesse recebido uma bofetada no rosto. Essa doença é mais comum entre os 2 e 14 anos, sendo mais frequente na primavera.

O Eritema Infeccioso, que é o nome correto da doença da bofetada, é causado pelo Parvovírus B19. Esta doença que é uma parvovirose humana também é conhecida como megaloeritema, quinta doença ou doença do palhaço por causa da marca vermelha no rosto.

Quando a pessoa descobre que está contaminada com o vírus porque apresenta as lesões não faz sentido impedi-la de frequentar às aulas ou ir ao trabalho, porque a fase em que a lesão aparece já deixou de ser contagiosa.

Fonte: Medicina Interna de Harrison, 2013
Fonte: Medicina Interna de Harrison, 2013

Contágio da Doença da Bofetada

O contágio da doença da bofetada dá-se principalmente pelo contato com as secreções respiratórias. Para reduzir a transmissão desta doença deve ser praticada uma boa lavagem das mãos.

Quando a erupção aparece na pele, o mal-estar já desapareceu e nesta fase o paciente deixa de apresentar perigo de contágio.

Sintomas da Doença da Bofetada

O sintoma da doença da bofetada mais comum e muitas vezes único é a erupção cutânea que deixa a bochecha com uma mancha avermelhada, mas esta doença pode também apresentar outros sintomas, como:

  • Mal-estar geral;
  • Náuseas;
  • Dores musculares;
  • Artrite
  • Dor de cabeça;
  • Febre.

Dois a sete dias depois do contato com o vírus começa a aparecer uma mancha vermelha em uma bochecha ou em ambas. Nos adultos a doença pode provocar dor leve das articulações e as lesões inflamatórias podem ser permanentes ou aparecer e desaparecer durante semanas ou meses.

Além da marca da bofetada no rosto, em muitos casos a mancha cria pápulas e se estende para as costas, barriga, braços e pernas.

Doença da Bofetada na Gravidez

Pegar doença da bofetada na gravidez é perigoso e pode levar à morte do bebê por hidropsia fetal, que é o acumulo de líquido em pelo menos dois locais diferentes do útero, ficando o feto em desenvolvimento inchado ou provocar no bebê anemia aguda.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar