Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Desenvolvimento do bebê - 23 semanas de gestação

Com 23 semanas, o bebê já tem 6 meses de gravidez e é capaz de sentir os movimentos do corpo da mãe e a audição fica aguçada especialmente para sons mais graves. É uma boa fase para ouvir diferentes tipos de músicas e sons para que o bebê vá se habituando cada vez mais aos sons externos.

Desenvolvimento fetal com 23 semanas de gestação

O desenvolvimento fetal com 23 semanas é marcado pela pele vermelha e enrugada devido a presença dos vasos sanguíneos bastante visíveis através da pele transparente do bebê. Independente da raça, as crianças nascem com tom de pele avermelhado e só terão a cor definitiva ao longo do primeiro ano de vida. Outras alterações importantes são:

  • Os pulmões continuam a se desenvolver, especialmente os vasos sanguíneos que irão irrigá-los;
  • Os olhos do bebê começam a se mover através de movimentos rápidos;
  • A audição já está mais apurada, fazendo com que já seja capaz de ouvir barulhos altos e graves, sons dos batimentos cardíacos e do estômago da mãe.

Outra importante aquisição das 23 semanas é a ativação do pâncreas, fazendo com que a partir de agora o organismo do bebê já esteja preparado para produzir a insulina.

Tamanho do feto com 23 semanas de gestação

O tamanho do feto com 23 semanas é de aproximadamente 28 centímetros e pesa cerca de 500g.

Fotos do feto com 23 semanas de gestação

Desenvolvimento do bebê - 23 semanas de gestação
Desenvolvimento do bebê - 23 semanas de gestação
Desenvolvimento do bebê - 23 semanas de gestação

Alterações na mulher com 23 semanas de gravidez

As alterações na mulher com 23 semanas estão relacionadas a:

  • Altura do útero já pode ter alcançado os 22 cm;
  • Presença de coceiras e estrias, principalmente para as mulheres que tem a tendência hereditária em desenvolvê-las. Como prevenção, é importante utilizar sempre cremes hidratantes nas regiões mais críticas como barriga, coxas e nádegas;
  • Podem surgir dores na coluna, especialmente na região lombar. É importante evitar o uso de sapatos altos, deitar sempre de lado na cama, com as pernas dobradas e de preferência com uma almofada entre os joelhos;
  • A mulher pode ter alguma dificuldade em equilibrar-se. Isso é normal pois nesta fase o centro de gravidade da mãe começa a mudar, o que leva algum tempo para se acostumar;
  • O umbigo começa ficar mais evidente, mas após o nascimento tudo voltará ao normal.

Algumas mulheres nessa fase desenvolvem gengivites, que são inflamações na gengiva e causam algum sangramento ao escovar os dentes. É fundamental uma boa higiene, uso de fio dental e acompanhamento com dentista.

Sua gravidez por trimestre

Para facilitar a sua vida e você não perder tempo procurando, separamos toda a informação que você precisa por cada trimestre de gestação. Em que trimestre você está?

Mais sobre este assunto:
Carregando
...