O que você precisa saber?

Entenda a relação entre o estresse e o cortisol

O cortisol é um hormônio produzido pelas glândulas suprarrenais que é liberado em períodos de maior agitação, como ao acordar ou ao fazer exercício físico, por exemplo. No entanto, as maiores quantidades deste hormônio são produzidas durante momentos de muito estresse, sendo por isso, conhecido como o hormônio do estresse.

Durante estes períodos, as glândulas suprarrenais produzem também adrenalina e noradrenalina que, juntamente com o cortisol, provocam algumas alterações no organismo, como:

  • Aumento da frequência cardíaca: leva o coração a bombear mais sangue, aumentando a quantidade de oxigênio nos músculos;
  • Aumento dos níveis de açúcar no sangue: aumenta a quantidade de energia disponível no corpo;
  • Diminuição da produção de insulina: evita que o açúcar seja armazenado, podendo ser usado mais rapidamente pelos músculos;
  • Estreitamento dos vasos sanguíneos: obriga o coração a trabalhar mais, aumentando a quantidade de sangue nos tecidos.

Estas alterações quando surgem por pouco tempo são boas e facilitam a tomada de decisões rápidas, sendo uma resposta normal e natural do corpo para ajudar na resolução do problema que está causando estresse.

Porém, quando o estresse é constante, os níveis de cortisol ficam altos durante muito tempo e podem provocar diversos tipos de problemas de saúde.

Consequências do cortisol alto

O cortisol alto é muito comum em pessoas que sofrem de estresse crônico, pois o organismo está constantemente produzindo o hormônio para deixar o corpo pronto para resolver as situações estressantes, que acabam não sendo resolvidas.

Nestes casos, as alterações provocadas pelo cortisol organismo se mantêm por muito tempo e podem causar problemas sérios como:

  • Pressão alta e doenças cardíacas: surgem devido ao aumento constante da frequência cardíaca e do estreiramento dos vasos sanguíneos;
  • Aumento da gordura abdominal: a diminuição da produção de insulina, a longo prazo, leva ao acúmulo excessivo de gordura na região abdominal;
  • Diabetes: devido ao aumento constante do nível de açúcar no sangue causado pelo cortisol.

Além disso, o excesso de estresse e o aumento do cortisol também levam a uma diminuição do sistema imune, facilitando o surgimento de resfriados, gripes e outros tipos de infecções.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...