Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Corrimento marrom na gravidez: o que pode ser e o que fazer

Ter um pouquinho de corrimento marrom na gravidez é comum, não sendo grande motivo de preocupação, porém, é preciso ficar atenta porque pode indicar infecções, mudanças do pH ou dilatação do colo do útero, por exemplo.

O corrimento claro, em pouca quantidade e com consistência gelatinosa, é mais comum no início da gravidez, sendo menos preocupante, mas o corrimento muito escuro, com cheiro forte, pode indicar alterações mais graves. Saiba quais são as possíveis causas de corrimento na gravidez e quando pode ser grave.

Em todo caso, deve-se informar o obstetra e realizar exames para identificar o que está causando esse sintoma e iniciar o tratamento o quanto antes.

Corrimento marrom na gravidez: o que pode ser e o que fazer

Principais causas

Pequenas mudanças no pH da região genital da mulher pode causar corrimento marrom em pequena quantidade, não sendo grande motivo de preocupação. Nesse caso, o corrimento vem em pouca quantidade e dura de 2 a 3 dias, desaparecendo naturalmente.

Também é comum a grávida observar um pequeno corrimento marrom, que pode conter um pouquinho de sangue, depois de fazer algum esforço físico como ir para a academia, subir escadas com bolsas de compras, ou fazer atividades domésticas intensas, como uma faxina, por exemplo.

Mas, se o corrimento escuro vier acompanhado de outros sintomas, isso pode indicar alterações mais graves, como: 

  • Infecções, que podem causar outros sintomas, como mau cheiro, coceira intensa ou ardência na vagina;
  • Risco de aborto, principalmente se for acompanhado de sintomas como cólicas abdominais e sangramentos de cor vermelho vivo. Saiba o que pode causar o aborto espontâneo;
  • Gravidez ectópica, que é caracterizada por dor abdominal intensa e perda de sangue pela vagina. Veja quais são outros sintomas da gravidez ectópica;
  • Infecção do colo do útero.

O corrimento escuro em grande quantidade, associado à perda sanguínea, aumenta o risco de complicações, como parto prematuro ou ruptura da bolsa. Por isso, é importante ir ao médico sempre que surgir corrimento escuro, mesmo que em pequena quantidade, para que o médico possa avaliar e realizar ultrassonografia, para ver se está tudo bem com a mulher e com o bebê. Saiba quais são os exames obrigatórios na gravidez.

Quando o corrimento marrom na gravidez é normal

Pequenos corrimentos marrom, com consistência mais aquosa ou gelatinosa são comuns, especialmente no início da gestação. Também é normal ter um pouquinho de corrimento escuro após a relação sexual. 

Outros sintomas que não devem ser ignorados são coceira na vagina, mau cheiro e a presença de cólicas. Estes sinais nem sempre indicam algo grave, mas é bom ter cautela e informar o médico.

O corrimento marrom escuro, tipo borra de café, no final da gravidez pode ser uma perda sanguínea e deve ser comunicado imediatamente ao obstetra. Se for um corrimento marrom claro e abundante com alguns fios de sangue, não deve trazer grande preocupação, pois pode ser o tampão mucoso indicando que a hora do parto está chegando. Veja o que causa o corrimento marrom na gravidez.

Como é feito o tratamento

O tratamento depende da causa que está na origem do corrimento marrom.

Caso se trate de uma candidíase, pode ser feito com uso de remédios antifúngicos, e caso se trata de uma DST pode ser necessário tomar antibióticos. Mas quando o corrimento não tem relação com nenhuma doença, o tratamento pode ser somente ficar de repouso, evitando fazer esforços.

Em todo caso, alguns cuidados que devem ser tomados diariamente são:

  • Evitar o uso de sabonetes com creme hidratante, antibactericidas e antifúngicos;
  • Usar sabonete íntimo indicado pelo ginecologista;
  • Vestir roupas íntimas leves, folgadas e de algodão;
  • Evitar usar amaciantes ou água sanitária nas roupas íntimas, preferindo usar água e sabão neutro;
  • Evitar o uso de protetores diários;
  • Evitar lavar a região genital mais de 2 vezes por dia, que contribui para a remoção da proteção natural da mucosa dessa região.

Estes cuidados podem ajudar a evitar infecções e, com isso, diminuir as chances de corrimento.

Corrimento escuro pode ser gravidez?

O corrimento escuro pode ser gravidez, mas nem sempre isso acontece. Isso porque, em algumas mulheres, às vezes, surge um fluxo maior de sangue antes ou nos últimos dias da menstruação. Em alguns casos, o fluxo pode diminuir nos últimos dias da menstruação, fazendo com que o sangue fique mais concentrado e mais escuro.

Confira os 10 primeiros sintomas de gravidez, se suspeita se pode estar grávida.

Bibliografia >

  • HASAM, Reen et. al.. Patterns and predictors of vaginal bleeding in the first trimester of pregnancy. Ann Epidemiol.. Vol.20. 7.ed; 524-531, 2010
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem