Rouquidão no bebê: principais causas e o que fazer

novembro 2022

A rouquidão no bebê pode ser causada pelo choro excessivo ou prolongado ou ser sinal de alergia respiratória, infecção por vírus, presença de nódulo nas cordas vocais ou refluxo gastroesofágico.

O tratamento da rouquidão no bebê pode ser feito com medidas simples como consolar o bebê quando ele está chorando muito e oferecer bastantes líquidos durante o dia, principalmente nos casos em que a rouquidão acontece devido ao choro excessivo, já que ajuda a deixar a garganta mais hidratada.

No entanto, como a rouquidão no bebê pode ser sinal de situações mais graves, é importante que o pediatra seja consultado quando a rouquidão não melhora após 3 a 5 dias, quando bebê tem menos de 3 meses de idade e/ ou quando o bebê baba ou tem dificuldade para respirar. Assim, o pediatra consegue fazer uma avaliação para identificar a causa da rouquidão e iniciar o tratamento mais adequado.

Principais causas

As principais causas de rouquidão no bebê são:

1. Choro excessivo e prolongado

Esta é a causa mais comum e acontece porque o choro excessivo e prolongado pode colocar pressão sobre as cordas vocais, deixando a voz mais rouca e áspera.

Como tratar: parar o choro do bebê, consolando-o e oferecer bastantes líquidos como leite, principalmente se estiver amamentando, água e sucos naturais, que não devem estar muito frios nem muito quentes.

2. Refluxo gastroesofágico

O refluxo que é a passagem de alimentos ou ácido do estômago para o esôfago também pode ser uma causa de rouquidão no bebê, mas com o tratamento e a diminuição do refluxo, a rouquidão desaparece.

Como tratar: consultar o pediatra ou otorrinolaringologista para orientar o tratamento que pode envolver apenas alguns cuidados como utilizar um calço por baixo do colchão da cama e evitar deitar o bebê nos primeiros 20 a 30 minutos após as refeições, ou o uso de remédios, se necessário, prescritos pelo pediatra. Saiba mais em: Como cuidar do bebê com refluxo.

3. Infecção por vírus

A voz rouca no bebê muitas vezes ocorre devido a uma infecção por vírus, como uma gripe, resfriado ou laringite, por exemplo. No entanto, nestes casos, a rouquidão é temporária e geralmente desaparece quando a infecção é tratada.

Como tratar: consultar o pediatra ou otorrinolaringologista para prescrever antibióticos ou remédios antivirais, de acordo com a causa da infecção. Além disso, evitar que a criança chore e oferecer bastante líquidos nem muito frios nem muito quentes.

4. Alergia respiratória

Em alguns casos, a rouquidão no bebê pode ser causada por substâncias irritantes no ar como poeira, pólen, ou pelos, por exemplo que causam alergia das vias respiratórias e, consequentemente, voz rouca.

Como tratar: evitar expor o bebê aos alergênios como poeira, pólen ou pelos, fazer limpeza do nariz do bebê com soro fisiológico ou nebulizações, e oferecer bastantes líquidos durante o dia. O pediatra ou otorrinolaringologista também pode prescrever remédios anti-histamínicos e corticoides, caso o sintoma não melhore. Veja outros cuidados a ter em: Rinite no bebê.

5. Nódulos nas cordas vocais

Os nódulos nas cordas vocais consistem no espessamento das cordas vocais, sendo, por isso, semelhantes a calos. Eles são causados pela sobrecarga do tecido durante o uso excessivo da voz, como grito ou choro excessivo e prolongado.

Como tratar: consultar um fonoaudiólogo para fazer terapia de voz, que consiste na educação e formação dos cuidados a ter com a voz. Em alguns casos, pode ser necessária cirurgia para remover os nódulos.

Remédio caseiro para rouquidão no bebê

Um ótimo remédio caseiro para rouquidão é o chá de gengibre, pois esta planta medicinal tem uma ação que alivia a irritação das cordas vocais, além de possuir propriedade antimicrobiana que ajuda a eliminar micro-organismos que possam estar causando uma infecção, por exemplo.

No entanto, este remédio só deve ser usado em bebês com mais de 8 meses de idade e com autorização do pediatra, uma vez que o gengibre pode ser agressivo para o estômago.

Ingredientes

  • 2 cm de gengibre;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Esmague ligeiramente o gengibre ou faça alguns cortes nas suas laterais. Depois, adicione na xícara de água fervente e deixe repousar por 10 minutos. Finalmente, quando o chá estiver ligeiramente morno, dê 1 a 2 colheres de sopa para o bebê beber.

Este remédio pode ser repetido entre 2 a 3 vezes por dia, de acordo com as orientações do pediatra.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em novembro de 2022. Revisão médica por Drª. Beatriz Beltrame - Pediatra, em fevereiro de 2016.
Revisão médica:
Drª. Beatriz Beltrame
Pediatra
Formada pela Faculdade Evangélica de Medicina do Paraná, em 1993 com registro profissional no CRM PR - 14218.