Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sonambulismo: o que é, sinais e porque acontece

Atualizado em Agosto 2019

O sonambulismo é um distúrbio do sono que acontece durante a fase mais profunda do sono. A pessoa que é sonâmbula pode parecer estar acordada porque se movimenta e está com os olhos abertos, no entanto, ela continua dormindo e não consegue controlar exatamente o que faz e normalmente, quando acorda não se lembra de nada do que aconteceu.

O sonambulismo tem um fator familiar envolvido e todos os adultos que são afetados tiveram início dos sintomas ainda na infância, por volta dos 3 aos 7 anos, durante o período escolar.

Geralmente o sonambulismo cura sozinho, cessando na adolescência, mas para algumas pessoas podem surgir episódios mais tarde, podendo ser necessário consultar um especialista do sono ou um psicólogo para identificar uma possível causa e iniciar o tratamento mais adequado.

Sonambulismo: o que é, sinais e porque acontece

Porque acontece

As causas do sonambulismo ainda não são totalmente conhecidas, mas sabe-se que pode estar relacionado a uma certa imaturidade do sistema nervoso, sendo por isso mais comum nas crianças e adolescentes.

Além disso, o sonambulismo também parece ser mais frequente em pessoas com alguns fatores de risco, como:

  • Não dormir pelo menos 7 horas por dia;
  • Estar passando por um período de muito estresse;
  • Utilizar alguns tipos de medicamentos, especialmente antidepressivos;
  • Ter outro distúrbio do sono como apneia do sono.

Na maior parte das vezes a pessoa tem poucos episódios de sonambulismo na vida, mas quando o pai, a mãe ou os irmãos também são afetados, a pessoa pode ter episódios mais frequentes que perduram pela vida adulta.

Como identificar um sonâmbulo

Dificilmente a própria pessoa irá descobrir que é sonâmbula, porque ainda que pareça estar acordada, ela continua dormindo e não tem consciência de suas ações. Geralmente são os outros membros da família que descobrem que existe um sonâmbulo dentro de casa, porque já o encontrou semi-acordado sentado, falando ou andando pelos cômodos da casa.

Os sinais que podem ajudar a identificar um sonâmbulo, além do caminhar durante o sono, incluem:

  • Falar durante o sono, mas sem conseguir responder ao que lhe é perguntado diretamente;
  • Não ter memória do sucedido ao acordar;
  • Ter comportamentos inapropriados durante o sono, como urinar no quarto;
  • Dificuldade para acordar durante o episódio de sonambulismo;
  • Ficar violento quando alguém tenta acordar.

Por não conseguir controlar o que está fazendo, a pessoa que sofre com sonambulismo pode, por vezes, ser perigosa para a própria saúde, já que pode acabar saindo na rua dormindo, ou perigosa para a saúde dos outros, já que pode tornar-se violenta ao tentar ser acordada. Assim, o ideal é que o sonâmbulo durma em um cômodo com a porta fechada e sem objetos perigosos.

Normalmente não são necessário exames especiais para confirmar uma situação de sonambulismo, já que o médico especialista do sono pode chegar ao diagnóstico apenas com os relatos dos familiares ou amigos.

Como lidar com o sonambulismo

Não existe um tratamento específico para o sonambulismo, por isso, ao se identificar que a pessoa sofre com sonambulismo é importante prezar pela sua segurança, mantendo as portas e as janelas devidamente fechadas durante a noite, para evitar que ela saia de casa sozinha e protegendo os degraus ou desníveis da casa, para evitar que ela caia e possa se machucar.

Além disso, não é aconselhado tentar acordar a pessoa durante um episódio de sonambulismo porque isso pode ser difícil e porque ela pode acordar muito assustada e pode ser difícil dormir outra vez, por medo ou receio que o episódio possa se repetir.

A melhor forma de lidar com a situação, é falar calmamente com a pessoa e dizer que está tarde, é hora de descansar e que ela deve voltar para cama. Você pode tocar nela e carinhosamente levá-la de volta para o seu quarto, porque apesar dela não acordar, ela será capaz de cumprir este pedido e voltar a dormir normalmente.

Confira algumas outras dicas práticas para lidar com o sonambulismo.


Bibliografia

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem