Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como eliminar os gases intestinais

Existem várias formas de eliminar os gases intestinais presos, porém uma das mais simples e práticas consiste em tomar um chá de funcho com erva-cidreira e caminhar durante alguns minutos, pois desta forma é possível estimular o funcionamento do intestino, eliminando os gases de forma natural, enquanto caminha. 

Nos casos em que não é possível eliminar os gases apenas com o uso deste chá, pode ser necessário utilizar massagens abdominais para evitar o acúmulo excessivo de gases que pode provocar dores muito agudas, que podem até ser confundidas com infarto. Saiba quais são os sintomas de gases, para ter certeza de que não está tendo um infarto. 

Estratégias para soltar gases

Algumas excelentes estratégias para eliminar os gases presos são:

1. Pressionar o abdômen para soltar gases 

Para se livrar rapidamente dos gases intestinais uma boa forma consiste em comprimir o abdômen. Para isso, deve-se deitar de barriga para cima e dobrar os joelhos em cima da barriga, pressionando, como mostra a imagem abaixo. Esta também é uma ótima opção para eliminar gases em bebês e crianças, pois não apresenta qualquer tipo de risco para saúde. 

2. Fazer uma massagem para soltar gases 

Outra alternativa muito eficiente é fazer uma massagem abdominal, com movimentos circulares suaves, na direção de cima para baixo, como se estivesse empurrando os gases para fora do corpo, seguindo a direção das setas que mostra a segunda imagem.

Exercício para eliminar gases
Exercício para eliminar gases
Massagem para eliminar gases
Massagem para eliminar gases

3. Tomar chás contra gases

Tomar o chá de erva-cidreira com funcho ao longo do dia, também é uma boa opção porque ele possui propriedade antiespasmódica que, além de eliminar os gases, ajuda a diminuir a dor em forma de pontada na região abdominal. Além disso, a água presente no chá ajuda a hidratar o bolo fecal, o que contribui para soltar o intestino. O chá de carqueja também é uma boa opção, assim como o de gengibre. Veja como preparar cada receita e mais exemplos de remédios caseiros para gases

4. Tomar suco laxante para soltar o intestino

Tomar um copo de suco de mamão com iogurte natural, ameixa e aveia, pela manhã é uma boa estratégia para começar bem o dia, e conseguir combater o intestino preso. Basta preparar o suco batendo os ingredientes no liquidificador e tomar a seguir, sem adoçar. O suco de laranja também é uma boa opção para ir tomando ao longo do dia e optar por passar o dia comendo apenas frutas também pode ajudar a soltar o intestino, mas isso não deve ser feito por mais de 1 dia porque esta é uma dieta muito restritiva. Confira mais exemplos de frutas laxantes que pode transformar em suco. 

5. Tomar um remédio de farmácia 

Outra forma de conseguir eliminar os gases é recorrer aos remédios de farmácia, que podem ser comprados sem receita médica, mas com indicação do farmacêutico. Os remédios podem fazer com os gases sofram uma modificação, cheguem à corrente sanguínea e sejam eliminados pela respiração. Alguns exemplos são Dimeticona (Luftal), Carvão vegetal ou Almeida Prado 48. Veja mais exemplos em: Remédio para gases.

Se mesmo ao seguir estas orientações, ainda se continuar com gases presos pode-se fazer um clister em casa para eliminar as fezes e juntamente os gases. Para isso deve-se comprar na farmácia um remédio em forma de supositório que deve ser introduzido pelo ânus e que depois de alguns minutos provoca a eliminação de uma grande quantidade de fezes, o que limpa o intestino e elimina completamente os gases presos, trazendo alívio dos sintomas de forma rápida e eficiente. 

Saiba mais detalhes de como fazer em: Como fazer um clister em casa.

Como eliminar os gases na gravidez

O acúmulo de gases associado à prisão de ventre é uma situação comum no final da gravidez. Nesse caso, o que a grávida pode fazer, além das técnicas indicadas anteriormente, é tomar um laxante, sob orientação médica, ou fazer um micro clister em casa. Além disso, praticar exercícios leves e optar pelo consumo de frutas laxantes também é uma ótima opção para eliminar os gases e acabar com as dores que eles provocam.

Comer uma menor quantidade de alimentos de cada vez, e sempre preferir tomar apenas uma pequena quantidade de água junto às principais refeições, o almoço e o jantar, também pode ser uma boa estratégia para consumir menos açúcares e carboidratos no mesmo momento em que come uma fonte de proteína, como a carne. 

Manter o corpo ativo, praticando exercícios diariamente, ou pelo menos, 3 vezes por semana, e mantendo atividades que promovem a contração muscular, como jardinagem pode ser uma boa solução para evitar ficar muito tempo parada, somente sentada ou deitada, porque isso também prejudica a digestão e favorece o acumulo de gases. Saiba mais detalhes sobre as causas e como eliminar os gases na gravidez

O que pode causar gases em excesso

Os gases são constantemente produzidos e naturalmente eliminados, mas, quando há o consumo de alimentos que causam gases e prisão de ventre ao mesmo tempo, eles podem se acumular no intestino, deixando a barriga dura, inchada, causando desconforto e distensão abdominal. Quando isso acontece, deve-se evitar comer alimentos que causam gases e investir nos que sejam ricos em fibras, além de beber bastante água para facilitar a eliminação das fezes e, consequentemente, os gases.

Os gases intestinais são produzidos em maior quantidade nas seguintes situações:

  • Má alimentação

Quando os alimentos ainda não foram totalmente digeridos e acabam fermentando por mais tempo no tubo digestivo, o que é diretamente influenciado pelas bactérias que povoam naturalmente o trato intestinal do indivíduo. Comer mais carboidratos do que o habitual, como pode acontecer depois de ir num rodízio de pizza ou de massas, pode provocar o aumento dos gases intestinais e causar dor em forma de pontada no abdômen e deixar a barriga distendida. 

Saiba mais alimentos que causam gases, para saber o que não pode comer nesse momento, nesse vídeo: 

  • Prisão de ventre 

Se a pessoa sofre com prisão de ventre, as fezes endurecidas podem piorar o quadro, porque bloqueiam a saída dos gases. Dessa forma o ideal é conseguir empurrar as fezes para fora o quanto antes e eliminar as bolhas de gases que ainda estão dentro do intestino. Remédios, chás e alimentos ricos em fibras e água podem ser usados, mas em alguns casos, um clister ou lavagem intestinal pode ser uma boa solução. Confira mais estratégias naturais para acabar com a prisão de ventre

  • Excesso de fibras e pouca água 

Comer mais fibras na alimentação é bom mas para que ela cumpra seu objetivo e facilitar a eliminação das fezes, é necessário beber bastante água, para que o bolo fecal fique mais macio e possa deslizar com facilidade pelo intestino. Comer muita fibra, mas não ingerir líquidos de forma suficiente, faz com que os alimentos permaneçam mais tempo no intestino, tendo mais tempo para fermentar, formando mais gases e desconforto abdominal. Alguns exemplos de alimentos ricos em fibra são mamão, aveia, cereais integrais, frutas com casca, legumes e verduras. Veja como fazer uma dieta rica em fibras para regular o intestino.

  • Certas doenças 

Situações como Doença celíaca, síndrome do intestino irritável, intolerância à lactose, sensibilidade ao glúten e outras alterações intestinais também podem causar distensão abdominal e excesso de gases. Essas alterações podem ser diagnosticadas em qualquer fase da vida, e por isso uma consulta médica com um gastroenterologista pode ser útil, quando o excesso de gases é frequente e incomoda as atividades diárias. Testes e exames podem ser solicitados para avaliar os hábitos e a saúde do trato digestório, mas uma consulta com um nutricionista também pode ser útil para saber como adequar a alimentação em cada fase da vida. 

Como saber se tenho gases em excesso 

O corpo está constantemente produzindo gases, que são naturalmente eliminados ao sentar no vaso sanitário para urinar ou defecar, e ao caminhar ou contrair o abdômen. Na maioria das vezes os gases não tem um cheiro muito forte, e é normal soltar gases, cerca de 20 vezes, por dia. O que pode caracterizar um excesso de gases é a frequência com que eles são eliminados e o cheiro mais intenso, que podem indicar que a saúde intestinal não é adequada e precisa de uma avaliação médica. 

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...