Colite ulcerativa: o que é, sintomas e tratamento

Revisão médica: Dr. Arthur Frazão
Oftalmologista
julho 2022
  1. Sintomas
  2. Causas
  3. Tratamento

A colite ulcerativa, ou retocolite ulcerativa, é uma doença intestinal inflamatória que atinge o intestino grosso, podendo ter início no reto e depois estender-se até as outras porções do intestino.

A retocolite ulcerativa é caracterizada pela presença de várias úlceras na parede intestinal, que são feridas que podem aparecer ao longo do trajeto dos intestinos, em partes isoladas ou na parte final do intestino. Devido à presença das úlceras, a colite ulcerativa pode ser bastante desconfortável, interferindo na qualidade de vida da pessoa.

A colite ulcerativa não tem cura, no entanto é possível aliviar os sintomas das crises e evitar a formação de novas úlceras por meio de uma alimentação saudável e equilibrada de acordo com a orientação de um nutricionista, sendo normalmente indicado o consumo de algumas frutas, alguns legumes, carnes magras e alguns tipos de cereais.

Conheça um pouco mais sobre a colite ulcerativa no vídeo a seguir:

Sintomas de colite ulcerativa

Os sintomas da colite ulcerativa costumam aparecer em crises e estão relacionados com a presença de úlceras no intestino, sendo os principais:

  • Dor abdominal;
  • Fezes com muco ou sangue;
  • Febre;
  • Urgência para defecar;
  • Cansaço;
  • Dor e sangramento no reto;
  • Sons abdominais;
  • Emagrecimento;
  • Diarreia.

É importante que a pessoa com os sintomas de colite ulcerativa consulte o gastroenterologista para que seja feito o diagnóstico e, assim, seja indicado o tratamento mais indicado. O diagnóstico é normalmente feito por meio da avaliação dos sintomas apresentados pela pessoa e exames de imagem que avaliam o intestino grosso como colonoscopia, retossigmoidoscopia e tomografia computadorizada do abdômen, por exemplo.

Além disso, o médico pode indicar a realização de exames de sangue e de fezes para confirmar que os sintomas estão relacionados com a colite e não com infecções intestinais, além de também serem indicados para avaliar a extensão da inflamação e sinais de complicações como hemorragias e anemia por deficiência de ferro.

Possíveis causas

As causas da colite ulcerativa ainda não são muito bem esclarecidas, no entanto acredita-se que pode estar relacionada com alguma desregulação do sistema imune, em que as células responsáveis pela defesa do organismo atacam as células do intestino.

Apesar das causas ainda não serem totalmente definidas, o risco de desenvolvimento da colite ulcerativa é maior em pessoas entre 15 e 30 anos e acima dos 50 anos. Além disso, a alimentação rica em gordura e frituras, por exemplo, pode também favorecer o agravamento das úlceras e aparecimento dos sintomas.

Como é feito o tratamento

O tratamento para colite ulcerativa tem como objetivo aliviar os sintomas, podendo ser indicado pelo gastroenterologista o uso de medicamentos como a sulfasalazina e corticoides, que ajudam a reduzir a inflamação, além de imunossupressores que atuam diretamente no sistema imune, aliviando a inflamação.

Além disso, podem ainda ser usados remédios para parar a diarreia, como a loperamida, por exemplo, suplementos alimentares com ferro, analgésicos como o paracetamol e, por vezes, pode ser necessário realizar uma cirurgia para retirada de uma parte do intestino.

Para evitar ou diminuir os sintomas das crises da colite, também é recomendado fazer um diário e anotar todos os alimentos consumidos e os sintomas após as refeições. Além disso, o nutricionista pode recomendar uma dieta baixa em gorduras e limitar a ingestão de algumas frutas, alguns legumes e alguns cereais ricos em fibras. Entenda como pode ser a alimentação para o tratamento da colite.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em julho de 2022. Revisão médica por Dr. Arthur Frazão - Oftalmologista, em fevereiro de 2016.

Bibliografia

  • NHS. Living with ulcerative colitis. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/ulcerative-colitis/living-with/>. Acesso em 10 ago 2021
  • MAYO CLINIC. Ulcerative colitis flare-ups: 5 tips to manage them Print. Disponível em: <https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/ulcerative-colitis/in-depth/ulcerative-colitis-flare-up/art-20120410>. Acesso em 10 ago 2021
Mostrar bibliografia completa
  • WORLD GASTROENTEROLOGY ORGANISATION GLOBAL GUIDELINES. Dieta e intestino. 2018. Disponível em: <https://www.spg.pt/wp-content/uploads/2019/04/diet-and-the-gut-portuguese.pdf>. Acesso em 10 ago 2021
Revisão médica:
Dr. Arthur Frazão
Clínico geral
Médico generalista, especialista em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em 2008, com registro profissional no CRM/PE 16878

Tuasaude no Youtube

  • 6 principais causas de DIARREIA CONSTANTE

    05:01 | 13891 visualizações
  • 3 principais doenças que causam DIARREIA

    07:01 | 16714 visualizações