CLA (ácido linoleico conjugado): o que é, para que serve e alimentos ricos

Atualizado em julho 2023

O CLA, conhecido  também como ácido linoleico conjugado, é um dos tipos de ômega 6, sendo uma gordura saudável presente em alimentos de origem animal, como leite e derivados, carne bovina, de frango e de porco, que fortalece o sistema imunológico, podendo ajudar a prevenir o surgimento de alguns tipos de câncer, como de mama e próstata.

Por acelerar o metabolismo, o CLA também pode aumentar o gasto de energia, favorecendo a quebra de gordura corporal e estimulando o emagrecimento. Conheça outras opções naturais para acelerar o metabolismo.

O CLA também pode ser encontrado na forma de suplemento em cápsulas, como o óleo de cártamo. No entanto, o consumo excessivo desse suplemento pode causar alguns problemas de saúde e, por isso, só deve ser usado sob a orientação de um médico ou nutricionista.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

O CLA é uma gordura que possui efeito termogênico e imunomodulador. Por isso, o CLA pode oferecer alguns benefícios para a saúde, incluindo:

1. Promover o emagrecimento

O CLA possui efeito termogênico, estimulando o gasto de energia e a quebra de gordura corporal, promovendo a perda de peso.

No entanto, deve fazer parte de uma dieta saudável orientada pelo nutricionista e da prática de atividades físicas, para obter melhores resultados. Veja como fazer uma dieta saudável.

2. Prevenir a diabetes

O CLA pode ajudar a prevenir a diabetes, já que esse tipo de gordura pode melhorar a sensibilidade do hormônio insulina, ajudando a equilibrar os níveis de glicose no sangue.

3. Favorecer o ganho de massa muscular

O CLA também pode ajudar a favorecer o ganho de massa muscular, pois o aumento do metabolismo estimula a força, melhorando o desempenho durante os exercícios.

4. Auxiliar na prevenção do câncer

O CLA pode ajudar a prevenir o câncer,porque esse tipo de gordura possui ação imunomoduladora, fortalecendo o sistema imunológico e podendo prevenir o desenvolvimento e a multiplicação de células cancerígenas.

5. Baixar o colesterol

O CLA também parece diminuir os níveis de colesterol "ruim", o LDL, e triglicerídeos no sangue, podendo ajudar na prevenção de problemas cardiovasculares, como aterosclerose e infarto.

Alimentos fonte de CLA

A tabela a seguir traz a quantidade de CLA para cada 1g de gordura de cada um dos seguintes alimentos:

Alimento

Quantidade de CLA (em cada 1 g de gordura dos alimentos)

Manteiga

4,7 mg

Sorvete

3,6 mg

Iogurte desnatado

4,4 mg

Iogurte integral

4,8 mg

Bife bovino

4,3 mg

Vitela

2,7 mg

Carne de porco

0,6 mg

Frango

0,9 mg

Peru

2,6 mg

Salmão

0,3 mg

Ovos

0,6 mg

Além de ser encontrado nos alimentos de origem vegetal, o CLA também está presente, em menores quantidades, nos óleos vegetais de girassol e de cártamo. Conheça os benefícios do óleo de cártamo para a saúde.

Como tomar o suplemento

O suplemento de CLA é produzido a partir de óleos vegetais, tendo uma composição um pouco diferente do CLA presente nos alimentos.

A quantidade recomendada do suplemento de CLA é de 3 a 6 g,  de 1 a 2 vezes por dia e, de preferência, junto das refeições. No entanto, a venda de CLA não é permitida no Brasil.

Além disso, é importante ressaltar que os estudos sobre os benefícios com a suplementação com CLA ainda não são conclusivos. Por isso, ao decidir iniciar o uso desse suplemento, é recomendado consultar um médico ou nutricionista antes.

Marque uma consulta com um nutricionista na região mais próxima:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Nutricionistas e receba o cuidado personalizado que você merece.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

Efeitos colaterais

O consumo excessivo de suplementos de CLA pode causar efeitos colaterais leves, como diarreia, gases, enjoo e dor no estômago.

No entanto, a ingestão de altas quantidades de CLA também pode levar a alterações mais sérias, como resistência à insulina, diabetes e gordura no fígado.

Quem não deve usar

Por não existirem estudos sobre a segurança do uso de CLA por crianças, bem como gestantes ou mulheres que estejam amamentando, este suplemento não deve ser consumido nestas situações.