Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Cistite intersticial: o que é, sintomas e tratamento

A cistite intersticial, também conhecida por Síndrome da Bexiga Dolorosa, é uma inflamação crônica das paredes da bexiga que causa o seu espessamento e diminuição da capacidade da bexiga acumular urina.

A cistite é mais comum em mulheres do que em homens e o tratamento tem como objetivo aliviar os sintomas, podendo ser indicados o uso medicamentos, alterações na dieta ou técnicas que promovam o relaxamento da bexiga.

Cistite intersticial: o que é, sintomas e tratamento

Principais sintomas

A causa da cistite intersticial crônica é ainda desconhecida e os seus sintomas podem ser:

  • Dor ou desconforto que piora com a bexiga cheia;
  • Vontade frequente de urinar;
  • Dor e sensibilidade da zona genital;
  • Dor durante a ejaculação nos homens;
  • Dor intensa durante a menstruação;
  • Dor durante a relação sexual.

Os sintomas da cistite intersticial variam de pessoa para pessoa e pode variar ao longo do tempo. Nos casos mais graves da cistite intersticial, a qualidade de vida do paciente pode ser afetada, provocando casos de depressão, por exemplo.

O diagnóstico da cistite intersticial é feito pelo médico baseado nos sintomas apresentados, exame de urina, exame pélvico e cistoscopia, que é um exame que avalia as vias urinárias. Assim, o médico poderá confirmar o diagnóstico e indicar o melhor tratamento.

Cistite intersticial na gravidez

Ter cistite intersticial durante a gravidez não tem efeitos negativos na saúde do bebê e nem na fertilidade da mulher. Algumas mulheres com cistite intersticial durante a gravidez apresentam melhoras do sintomas da doença, enquanto que em outras mulheres pode haver piora, não havendo qualquer relação direta entra a cistite e a gestação.

Caso a mulher tenha cistite intersticial e pretenda engravidar, deve falar previamente com o médico para reavaliar os medicamentos que está usando para controlar a doença pois podem não ser seguros para o bebê durante a gravidez.

Como é feito o tratamento

A cistite intersticial não tem cura, por isso o tratamento é feito com o objetivo de aliviar os sintomas, sendo algumas opções de tratamento:

  • Hidrodistensão da bexiga, em que o médico aumenta lentamente a bexiga enchendo-a de líquido;
  • Treinamento da bexiga, em que se utilizam técnicas para relaxar a bexiga;
  • Instilação da bexiga, em que são introduzidos medicamentos como ácido hialurônico ou BCG para ajudar reduzir a vontade de urinar;
  • Uso de medicamentos como anti-histamínico, antidepressivo amitriptilina ou ciclosporina;
  • Alterações na dieta, eliminando o consumo de café, refrigerantes e chocolate;
  • Deixar de fumar.

Caso as opções de tratamento anteriores não tiverem efeito e a dor continuar a ser bastante intensa, pode ser necessário recorrer a cirurgia para aumentar o tamanho da bexiga ou, em casos bastante graves, remover a bexiga.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem