Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamentos para tirar Cicatriz de Acne do rosto

O ato de apertar e espremer cravos e espinhas deixam marcas no rosto, que são as cicatrizes de acne. Estas podem ser pequenos furinhos espalhados na testa, bochechas, lateral da face e no queixo, que não saem sozinhas, necessitando de tratamento específico.

O tratamento contra as cicatrizes de acne pode ser feito usando cremes e remédios que devem ser aplicados no rosto diariamente, mas outras opções incluem o tratamento com ácidos, micro-agulhamento, laser e preenchimento, por exemplo. Saiba como são feitos e quando cada um deles é a melhor opção.

Tratamentos para tirar Cicatriz de Acne do rosto
Tratamentos para tirar Cicatriz de Acne do rosto

1. Cremes e remédios para passar no rosto

O dermatologista pode indicar o uso de cremes que promovem a formação de colágeno para passar no rosto, todos os dias, depois de limpar a pele da forma adequada.

  • É bom para: Adolescentes e jovens que ainda tem espinhas e cravos no rosto. O tratamento geralmente é demorado, porque enquanto estiverem nascendo novos cravos e espinhas, será preciso manter o tratamento. Por isso, nessa fase deve-se fazer limpeza de pele na esteticista, toda semana e usar os cremes e loções indicados pelo dermatologista diariamente, para manter a pele limpa, hidratada, sem manchas ou cicatrizes. Quando o adolescente ainda tem muitas espinhas, mas já é possível observar que estão ficando marcas de cicatrizes na pele, deve-se redobrar o tratamento da acne, para assim prevenir as cicatrizes.

2. Dermoabrasão ou Microdermoabrasão

É um tipo de esfoliação feita com pequenos equipamentos com ponteira de adiamantada ou com cristais de óxido de alumínio, que 'lixam' a pele removendo sua camada mais externa, deixando o rosto mais fininho e mais uniforme. Isso aumenta a atuação dos fibroblastos e a produção de colágeno que dão firmeza e sustentação à pele, e o resultado é uma pele mais firme e lisa. Essa descamação da pele mais externa permite uma melhor entrada de ácidos e cremes indicados para complementar o tratamento com esse tipo de produto, embora a microdermoabrasão também possa ser usada de forma isolada. Saiba mais sobre esse tratamento.

  • É bom para: Pessoas que tem cicatrizes de acne, que formam pequenas ondulações na face, sendo este o tipo de cicatriz de acne mais comum. A desvantagem é que é preciso fazer o tratamento todas as semanas e o tempo total de tratamento é incerto. Mas em todo caso esse tipo de esfoliação ajuda na regeneração da pele, e deixa ela mais firme e os hidratantes penetram melhor, tendo mais resultados.
Peeling com ácidosPeeling com ácidos
MicrodermoabrasãoMicrodermoabrasão

3. Pelling com ácidos

Consite em aplicar substâncias ácidas diretamente na pele a ser tratada, deixando atuar por alguns minutos. Como resultado a pele descama e uma nova camada de pele nasce, mais firme, sem manchas e lisinha. O tratamento é forte e elimina até as cicatrizes mais profundas da pele, de forma definitiva. Saiba como esse tratamento é feito e os cuidados que precisa ter no dia-a-dia para ter uma pele de bebê.

  • É bom para: Pessoas que já não tem nenhuma espinha ou cravo no rosto, com mais de 30 anos, que é quando a pele vai ficando mais flácida, evidenciando ainda mais as cicatrizes no rosto. É uma excelente opção para quem tem muitas cicatrizes no rosto, com diversas profundidades. O número de sessões necessárias pode ser de no máximo 15, realizadas 1 vez por semana.

4. Microagulhamento com DermaRoller

Esse tratamento consiste em passar o DermaRoller, que é um pequeno rolinho cheio de pequenas agulhas enfileiradas, por toda região com cicatrizes, nas direções vertical, horizontal e na diagonal. As pequenas agulhas irão penetrar em toda pele, causando pequenas feridas, que ao cicatrizar vão formar uma pele mais uniforme e lisa, porque promove o aumento de novas fibras de colágeno na pele lesionada.

  • É bom para: Pessoas que tem cicatrizes de acne, em grau leve ou moderado, que njã não tem nenhum cravo ou espinha, e que suportam o desconforto provocado pelo deslizamento das agulhas na pele. Uma vantagem é que o DermaRoller pode ser comprado em lojas de produtos de beleza ou pela internet, podendo ser aplicado em casa, embora melhores resultados sejam alcançados quando o tratamento é feito com profissionais experientes. Veja como usar o DermaRoller.
MicrodermoabrasãoMicrodermoabrasão
MicroagulhamentoMicroagulhamento

5. Laser

O tratamento com diversos tipos de laser são indicados para remover as cicatrizes de acne, bons exemplos são os lasers de CO2, Erbium-Yag e o Nd:Ag, por exemplo. Nesse tratamento o terapeuta irá posicionar o laser na área que será tratada e irá emitir alguns disparos, que provocam uma pequena dor ou desconforto. Com o laser há uma alteração nas fibras de colágeno, que deixam a pele mais lisa ao fim da 3ª sessão, com resultado que se mantém por mais de 1 ano.

  • É bom para: O laser tem a vantagem de também remover as manchas de acne, mas esse tratamento deve ser feito pelo dermatologista ou pelo fisioterapeuta especializado.

6. Preenchimento da pele com Ácido Hialurônico

É um tratamento feito pelo dermatologista e consiste em aplicar injeções na face, a fim de remover os pontos de fibrose que são os causadores da depressão que dão origem à cicatriz, uniformizando a pele. As injeções podem conter substâncias preenchedoras como ácido hialurônico, acrilato ou a gordura da própria pessoa, por exemplo.

  • É bom para: Pessoas que tem cicatrizes de acne que não mudam seu formato ao esticar a pele e que não desejam realizar outros tratamentos.
LaserLaser
PreenchimentoPreenchimento

7. Injeção de plasma

É um tratamento que consiste em aplicar injeções em toda área a ser tratada contendo sangue e plasma da própria pessoa. Esse tratamento só pode ser feito pelo dermatologista e tem bons resultados, embora não seja muito comum seu uso contra cicatrizes de acne. O sangue da pessoa não consegue ser totalmente absorvido pelo corpo e se forma um coágulo, que irá formar uma reorganização do hematoma, produzindo novas fibras de colágeno e fibrina, e como resultado os pequenos furinhos do rosto vão sendo preenchidos e o resultado é a pele uniforme e firme.

  • É bom para: Pessoas que não tem medo de agulhas e não podem realizar outros tipos de tratamentos.

Para iniciar qualquer tratamento para retirar as marcas deixadas pelas espinhas deve-se consultar um profissional como dermatologista, fisioterapeuta especialista ou esteticista porque estes poderão indicar o tratamento mais adequado, levando em consideração a idade, o tipo de pele que a pessoa possui, a profundidade das marcas e a disponibilidade de tempo e financeira que a pessoa possui.  O ideal é não adotar apenas um tratamento, mas ir mesclando 2 ou 3 opções para alcançar melhores resultados, de forma mais rápida.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...