Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Carboxiterapia para olheiras: como funciona e cuidados necessários

A carboxiterapia também pode ser utilizada para tratar as olheiras, em que pequenas injeções de gás carbônico é aplicado no local com uma agulha muito fina, ajudando a clarear a pele em volta dos olhos e a combater as olheiras inchadas, que são as pequenas "bolsas" que podem aparecer em baixo dos olhos. É importante que a carboxiterapia seja feita por um profissional capacitado, já que o procedimento é realizado em uma área mais sensível do corpo.

As olheiras são marcas escuras em forma de círculos ao redor dos olhos que surgem devido a principalmente fatores genéticos, depois de uma inflamação na pele do rosto devido a alguma alergia, inchaço ao redor dos olhos, excesso de vasos sanguíneos nessa região, mas a flacidez da pele devido ao envelhecimento também contribui muito para o seu surgimento ou agravamento. Além disso, também pode estar relacionada com o estresse, noites mal dormidas, álcool e fumo, por exemplo.

Carboxiterapia para olheiras: como funciona e cuidados necessários

Como funciona a carboxiterapia para olheiras

A carboxiterapia para olheiras consiste em aplicar pequenas injeções de gás carbônico que estimulam a circulação sanguínea ao redor dos olhos, melhora a oxigenação do local e aumenta a produção de colágeno, o que deixa a pele em redor dos olhos mais firme e mais clara.

A sessão de carboxiterapia para olheiras dura em média 10 minutos e para se a pessoa tenha melhores resultados é recomendado fazer pelo menos 5 sessões com intervalo de 1 semana. No entanto, dependendo do grau de escurecimento e profundidade das olheiras pode ser necessário fazer entre 8 a 10 sessões.

Como as olheiras estão muito relacionadas com o estilo de vida da pessoa, os resultados não são definitivos e, por isso, pode ser necessário que as sessões tenham que ser realizadas novamente após 6 meses. No entanto, existem também existem outras formas de prolongar os resultados da carboxiterapia e suavizar as olheiras, como outros procedimentos estéticos, realização de compressas ou uso de cremes que podem ser indicados pelo dermatologista. Confira no vídeo a seguir algumas dicas para ajudar a reduzir as olheiras:

Cuidados depois da carboxiterapia 

Logo depois de fazer as sessões de carboxiterapia é normal o surgimento de inchaço nos olhos que dura cerca de 5 a 10 minutos, e após esse tempo, pode-se retomar as atividades diárias normais, podendo trabalhar ou estudar, por exemplo. No entanto, depois de cada sessão de carboxiterapia para olheiras é recomendado que a pessoa tenha alguns cuidados, como por exemplo:

  • Não se expor ao sol durante 3 dias, e usar sempre protetor solar, específico para o rosto, tendo o cuidado de não deixar em contato direto com os olhos;
  • Usar cremes para olheiras que podem prolongar os resultados da carboxiterapia, como hidroquinona, tretinoína, ou ácido kójico, ácido azelaico e ácido retinoico. Conheça outros cremes para olheiras;
  • Usar sempre óculos de sol quando estiver ao ar livre, mesmo que haja somente claridade e não sol direto;
  • Não esfregar os olhos também é aconselhado, porque esse hábito também agrava o escurecimento das olheiras.

Como o estresse e as noites mal dormidas também pioram as olheiras é importante descansar adequadamente, se alimentar de forma saudável e nutritiva e evitar o estresse. 

Contraindicações e possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais são breves e passageiros e incluem a dor durante o procedimento e durante alguns minutos a seguir. É normal a região ficar sensível e levemente inchada na primeira hora após o tratamento. 

A carboxiterapia para olheiras provoca algum desconforto, mas é suportável, e o uso de cremes anestésicos antes de cada aplicação ajuda no controle da dor. O desconforto é temporário que dura apenas alguns minutos, mas colocar compressas frias logo a seguir e fazer uma drenagem linfática facial também ajudam a melhorar os resultados trazendo mais conforto e satisfação.

Apesar de ser considerado um procedimento seguro, a carboxiterapia para olheiras não é indicada para mulheres grávidas, pessoas que possuem glaucoma ou que fazem uso de anticoagulantes, além de também não ser recomendada para pessoas que possuem diabetes ou hipertensão descompensada.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem