Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Câncer de língua: sintomas, causas e tratamento

Revisão clínica: Dr.ª Clarissa Baldotto
Oncologista
janeiro 2023

O câncer de língua é um tipo raro de tumor que causa sintomas como feridas, manchas vermelhas ou brancas na língua, dor na língua que não melhora ao longo do tempo, mau hálito, desconforto para engolir e dormência na boca. Mais frequentemente acontece em adultos que possuem histórico de tabagismo, ingestão excessiva de bebidas alcoólicas e maus hábitos de higiene da boca.

Esse tipo de câncer pode atingir tanto a parte superior quanto a parte inferior da língua e normalmente é diagnóstico em fases mais avançadas da doença, que é quando os sintomas estão mais aparentes.

É importante que o câncer de língua seja identificado e tratado logo em seguida, sendo normalmente realizada cirurgia para remover o tumor e sessões de radioterapia e quimioterapia, em alguns casos.

Imagem ilustrativa número 1

Principais sintomas

Os principais sintomas de câncer na língua são:

  • Dor na língua que não passa;
  • Aparecimento de manchas vermelhas ou brancas na língua e na cavidade oral, em alguns casos, que podem também ser doloridas;
  • Desconforto para engolir e para mastigar;
  • Mau hálito;
  • Sangramento na língua, que pode ser notado principalmente quando se morde ou mastiga, por exemplo;
  • Dormência na boca;
  • Surgimento de um caroço na língua que não desaparece ao longo do tempo;
  • Feridas na língua;
  • Caroços (ínguas) no pescoço.

Os sintomas do câncer de língua normalmente surgem quando a doença já está em uma fase mais avançada da doença, de forma que o diagnóstico pode ser tardio.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico do câncer na língua é normalmente feito por acaso, durante uma consulta de rotina com o clínico geral ou dentista. Para confirmar o diagnóstico, é normalmente indicada a realização de biópsia, em que uma amostra das lesões é coletada e enviada para o laboratório para que sejam analisadas as características das células do local, permitindo que o médico identifique alterações celulares sugestivas de câncer.

Possíveis causas

As causas do câncer de língua ainda não são muito bem estabelecidas, mas alguns fatores podem aumentar o risco de desenvolver esse tipo de câncer, como:

  • Maus hábitos de higiene bucal;
  • Tabagismo;
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;
  • Histórico na família de câncer de boca ou outro tipo de câncer oral;
  • Infecção pelo vírus HPV;
  • Infecção pela bactéria causadora da sífilis, o Treponema pallidum.

É importante que sejam identificados os fatores de risco para o câncer de língua para que possa ser evitado e/ ou tratado e, assim, seja possível prevenir a progressão do câncer.

Como é feito o tratamento

O tratamento para o câncer de língua depende da localização do tumor e da extensão da doença, sendo normalmente realizada cirurgia para remoção das células malignas. No caso do câncer estar localizado na parte de trás ou na região de baixo da língua, pode ser recomendada a realização de radioterapia para eliminação das células tumorais.

Nos casos mais avançados, o médico pode recomendar uma combinação de tratamentos, ou seja, pode indicar a realização em conjunto de quimioterapia, radioterapia, imunoterapia e cirurgia.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em janeiro de 2023. Revisão clínica por Dr.ª Clarissa Baldotto - Oncologista, em janeiro de 2023.

Bibliografia

  • NATIONAL ORGANIZATION FOR RARE DISEASES. Tongue Cancer. Disponível em: <https://rarediseases.org/rare-diseases/tongue-cancer/>. Acesso em 29 nov 2019
  • MEMORIAL SLOAN KETTERING CANCER CENTER. Tongue Cancer. Disponível em: <https://www.mskcc.org/cancer-care/types/mouth/types-mouth/tongue>. Acesso em 29 nov 2019
Mostrar bibliografia completa
  • THE ORAL CANCER FOUNDATION. Oral Cancer Facts. Disponível em: <https://oralcancerfoundation.org/facts/>. Acesso em 29 nov 2019
Revisão clínica:
Dr.ª Clarissa Baldotto
Oncologista
Mestre em Cancerologia pelo Instituto Nacional de Câncer e Doutora em Ciências Médicas pelo Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino, com CRM-RJ 705314.