Biodança: o que é, benefícios e como praticar

novembro 2022

A biodança, também conhecida como biodanza ou psicodança, é uma prática integrativa que tem como objetivo promover a sensação de bem estar através da realização de movimentos de dança baseado em vivências. Além disso, a biodança também promove diálogo não verbal entre os participantes, valorizando o olhar e o toque.

A biodança envolve dança e psicologia e integra os conceitos de biologia, psicologia e antropologia, promovendo a sensação de bem-estar, o relaxamento, o autoconhecimento e a criatividade.

Dessa forma, a biodança tem sido utilizada no complemento do tratamento de algumas doenças, como deficiência motora, anorexia, Parkinson e Alzheimer.

Como praticar

A biodança deve ser praticada em grupo e guiada por um profissional especializado.  A presença de um profissional especializado é fundamental para que todos os segmentos da biodança sejam vivenciados, sendo eles:

  • Vitalidade, que diz respeito à renovação da energia;
  • Sexualidade, que diz respeito ao desenvolvimento progressivo e natural do contato;
  • Criatividade, que corresponde à renovação e sensação de renascimento;
  • Afetividade, que diz respeito à renovação e estímulo das emoções;
  • Transcendência, que é a integração entre corpo e alma.

A prática em grupo é importante para que seja possível existir interação e sejam estabelecidas conexões através dos olhares e do toque, o que permite que a pessoa fique mais desinibida e consiga relaxar e ter maior sensação de autoconhecimento.

Principais benefícios

Os principais benefícios da biodança são:

  • Renovação das energias;
  • Estímulo das emoções;
  • Estímulo da criatividade;
  • Ajuda a relaxar, diminuindo a ansiedade e o estresse;
  • Aumento do prazer em viver;
  • Diminuição da timidez;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Promove o autoconhecimento.

Além disso, alguns estudos demonstraram que a biodança também é capaz de diminuir as dores agudas em pessoas com fibromialgia. Dessa forma, a biodança pode ser aplicada em diversas situações, como fibromialgia, anorexia, bulimia, deficiências sensoriais e motoras, Parkinson e Alzheimer.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • LOPEZ-RODRIGUEZ, Maria M. et al. Effects of Biodanza on Stress, Depression, and Sleep Quality in University Students. The Journal of Alternative and Complementary Medicine. Vol 23. 7 ed; 2017
  • SEGURA-JIMENEZ, Victor et al. Biodanza Reduces Acute Pain Severity in Women with Fibromyalgia. Pain Management Nursing. Vol 18. 5 ed; 318 - 327, 2017
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.