Bimatoprosta: para que serve, como usar e contraindicações

O colírio bimatoprosta está indicado para o tratamento do glaucoma, devendo ser usado diariamente para diminuir a pressão elevada dentro do olho. Este colírio pode ser vendido na sua forma genérica mas também pode ser encontrado com os nomes comerciais de Latisse ou Lumigan, por exemplo.

O glaucoma é uma doença ocular onde a pressão encontra-se elevada, podendo prejudicar a visão e até mesmo causar cegueira quando não é tratado. Seu tratamento deve ser indicado pelo oftalmologista e geralmente é feito com uma combinação entre medicamentos e cirurgia ocular. Atualmente, com cirurgias minimamente invasivas já indica-se o tratamento cirúrgico mesmo em casos mais iniciais de glaucoma ou casos de hipertensão ocular. Entenda melhor o que é o glaucoma, sintomas e tratamento.

Bimatoprosta: para que serve, como usar e contraindicações

Para que serve

O colírio bimatoprosta é indicado para diminuir a pressão aumentada dos olhos em pessoas com glaucoma de ângulo aberto ou fechado e também em caso hipertensão ocular.

Como usar

Para usar o colírio bimatoprosta basta aplicar 1 gota em cada olho à noite. Nos casos em que é preciso utilizar outros colírios, deve-se esperar 5 minutos para colocar outros medicamentos.

Quando se utiliza lentes de contato deve-se retira-las antes de pingar o colírio no olho e só se deve voltar a colocar a lente 15 minutos após o colírio.

Ao pingar a gota nos olhos é importante ter cuidado para não encostar a embalagem nos olhos para evitar que seja contaminada. 

Possíveis efeitos colaterais

O colírio Bimatoprosta genérico tem como efeitos colaterais mais comuns o surgimento de um leve embaçamento da visão logo após aplicar o produto e isso pode prejudicar o uso de máquinas e a condução de veículos. Outros efeitos incluem vermelhidão nos olhos, crescimento dos cílios e coceira nos olhos. Sensação de olhos secos, ardência, dor nos olhos, visão turva, inflamação da córnea e das pálpebras.

Quem não deve usar

Este colírio não deve ser usado em caso de alergia à bimatoprosta ou qualquer um dos componentes de sua fórmula. Também deve ser evitado em casos que o olho esteja com uveíte (um tipo de inflamação ocular), apesar de não ser uma contra-indicação absoluta.

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto: