11 principais benefícios do pepino para a saúde (com receitas saudáveis)

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
março 2022

O pepino é um vegetal nutritivo e baixo em calorias, já que é rico em água, minerais e antioxidantes, possuindo diversos benefícios para a saúde como favorecer a perda de peso, manter o organismo hidratado e melhorar o funcionamento do intestino.

Além disso, o pepino ajuda a diminuir a gordura do organismo, o açúcar no sangue e a pressão arterial e, por isso, o seu consumo pode ser recomendado para auxiliar no tratamento de doenças como aterosclerose, diabetes e hipertensão arterial.

O pepino também é muito utilizado para refrescar e tonificar a pele, podendo ser consumido em saladas, sucos ou na preparação de máscaras faciais, por exemplo.

Os principais benefícios do pepino para a saúde são:

1. Ajudar na perda de peso

O pepino possui poucas calorias e é rico em água e em fibras, ajudando a aumentar a saciedade entre as refeições por mais tempo, reduzindo, assim, o apetite, sendo um alimento recomendado para usar em dietas para emagrecer.

2. Evitar a desidratação

Por ser constituído por 95% de água e conter importantes quantidades de eletrólitos, o pepino pode prevenir a desidratação durante a prática de atividade física, por exemplo. Por isso, esse vegetal pode ser consumido naturalmente ou na forma de bebida refrescante com água e hortelã, por exemplo, mantendo o corpo hidratado.

3. Prevenir o câncer

O pepino contém grandes quantidades de antioxidantes e nutrientes, como as cucurbitacinas, que possuem propriedades anticancerígenas e antiproliferativas, impedindo o crescimento das células cancerosas e pré-cancerosas.

4. Manter a saúde cardiovascular

A quantidade de fibras e antioxidantes presente no pepino ajuda a melhorar a saúde cardiovascular, já que promove a diminuição das gorduras no organismo, principalmente os triglicerídeos e o colesterol LDL, também conhecido como colesterol mau. Por isso, o seu consumo regular pode prevenir doenças como aterosclerose, infarto e derrame cerebral.

5. Ajudar a diminuir a pressão arterial

O pepino contém boas quantidades de água, magnésio e potássio, o que ajuda a reduzir a pressão arterial, já que promove a eliminação do excesso de sódio através da urina e aumenta o relaxamento das artérias, prevenindo, assim, a hipertensão arterial.

6. Controlar a diabetes

O pepino contém fibras e baixo índice glicêmico, de forma que é capaz de aumentar lentamente os níveis de açúcar no sangue. Além disso, contém cucurbita, que estimula a liberação do hormônio insulina, regulando o nível da glicose no organismo e ajudando a prevenir e controlar a diabetes.

7. Desinflamar a pele

O pepino aplicado diretamente na pele tem um efeito refrescante que ajuda a manter a pele revitalizada e atua como um calmante, já que diminui o inchaço e a irritação da pele, podendo aliviar as queimaduras solares.

8. Ajudar a desintoxicar o organismo

Devido à presença de potássio, água e antioxidantes, o pepino ajuda a promover a desintoxicação do corpo e a diminuir a retenção de líquidos, eliminando o excesso de sódio e as toxinas do corpo através da urina.

9. Melhorar a digestão

O pepino funciona como um anti-inflamatório para o estômago, ajudando a melhorar a digestão, além de diminuir a acidez e a formação de gases no tubo digestivo.

10. Aliviar a prisão de ventre

O pepino contém boas quantidades de fibras e água, ajudando a suavizar e a aumentar o tamanho das fezes, promovendo a sua eliminação pelo intestino e melhorando, assim, a prisão de ventre, sendo recomendado consumir esse vegetal inteiro com casca, que é onde se encontra a maior parte das fibras.

11. Melhorar a saúde dos ossos

Por conter boas quantidades de vitamina K, o pepino ajuda a manter a saúde dos ossos, já que junto ao cálcio, esta vitamina é essencial para a formação do osso e para manter a estrutura óssea, prevenindo, assim, o desenvolvimento de doenças como a osteoporose.

Propriedades do pepino

O pepino é um alimento baixo em calorias, possuindo apenas 15 calorias a cada 100 gramas, e é constituído por 95% de água, além de possuir boas quantidades de lignanos, vitamina K, cucurbitacinas, flavonoides, potássio e magnésio, além de outros oligoelementos e minerais que reforçam as propriedades antioxidantes, diuréticas, depurativas, hidratantes, anticancerígenas, anti-inflamatórias, emolientes, emagrecedoras e antidiabéticas.

Informação nutricional

A tabela a seguir indica a composição nutricional de 100 g de pepino:

Componente100 gramas de pepino
Energia15 calorias
Carboidratos3,63 g
Proteína0,65 g
Fibras0,5 g
Água95,2 %
Cálcio16 mg
Magnésio13 mg
Sódio2 mg
Potássio147 mg
Vitamina K16,4 mcg
Carotenos45 mcg

É importante ter em mente que para obter todos os benefícios mencionados anteriormente, o pepino deve ser incluído em uma alimentação equilibrada e saudável, além de ser importante praticar atividade física de forma regular.

Como consumir o pepino

O pepino pode ser consumido cru, em saladas, sucos e vitaminas ou pode ser consumido na forma de picles, sendo uma forma de conservar os alimentos por mais tempo. No entanto nem todas as pessoas conseguem digerir de forma eficiente o pepino, sendo nesse caso recomendado que a casca seja retirada para favorecer a sua digestão.

Receitas com pepino

Algumas receitas que podem ser preparadas com o pepino são:

1. Água de pepino

Ingredientes

  • 1 pepino grande ou 2 pequenos;
  • 1 litro de água;
  • Folhas de hortelã.

Modo de preparo

Lavar bem os pepinos e cortar em rodelas. Em seguida, acrescentar na água juntamente com as folhas de hortelã. É recomendado deixar a água de pepino na geladeira durante pelo menos 1 hora, para que seja possível obter o sabor agradável.

2. Picles de pepino

Ingredientes

  • 1/3 de xícara de vinagre de maçã;
  • 1 colher de sopa de açúcar;
  • 1/2 colher de chá de gengibre ralado;
  • 1 pepino japonês.

Modo de preparo

Misturar o açúcar, o vinagre e o gengibre e mexer até todo o açúcar dissolver. Acrescentar o pepino cortado em fatias bem finas com a casca e deixar durante pelo menos duas horas na geladeira antes de servir.

3. Suco detox de pepino

Ingredientes:

  • 2 maçãs com casca;
  • 1 pepino médio;
  • 3 folhas de hortelã.

Modo de preparo:

Retirar as sementes das maçãs e bater todos os ingredientes no liquidificador. Beber gelado, sem adicionar açúcar.

4. Salada de pepino

Ingredientes:

  • 4 folhas de alface;
  • 1/2 maço de agrião;
  • 1 tomate em cubos grandes;
  • 1 ovo cozido;
  • 1 pepino em tiras ou em cubos;
  • 1 cenoura ralada;
  • Azeite, vinagre, salsa, limão e orégano para temperar.

Modo de preparo:

Cozinhar o ovo e cortar os vegetais, misturando tudo e temperando como desejar. Servir fresco como entrada ao almoço ou ao jantar. Se a pessoa desejar, pode adicionar frango desfiado ou atum para consumir ao jantar.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em março de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em março de 2022.

Bibliografia

  • Hayk S. Arakelyan Tokyo Medical University Hospital. Cucumber (Cucumis sativus) - 1.Healthy Vegetables. –Mother Nature Healing.. Clinical Food Therapy. 2019
  • U.S. DEPARTMENT OF AGRICULTURE FOODDATA . Cucumber, with peel, raw. Disponível em: <https://fdc.nal.usda.gov/fdc-app.html#/food-details/168409/nutrients>. Acesso em 17 mar 2022
Mostrar bibliografia completa
  • H. Murad, M.A. Nyc. EVALUATING THE POTENTIAL BENEFITS OF CUCUMBERS FOR IMPROVED HEALTH AND SKIN CARE. jarlife journal. 2012
  • Pulok K Mukherjee, Neelesh K Nema, Niladri Maity, Birendra K Sarkar. Phytochemical and therapeutic potential of cucumber. Pubmed. 20012
  • PLATAFORMA PORTUGUESA DE INFORMAÇÃO ALIMENTAR . Composição de Alimentos: Pepino. Disponível em: <http://portfir.insa.pt/foodcomp/food?695>. Acesso em 29 mar 2019
  • ALVES Carlos. Verduras e legumes que curam. 1º. Brasil: Vozes, 2013. 155-157.
  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS . Tabela Brasileira de Composição de Alimentos – TACO. 2011. Disponível em: <http://www.nepa.unicamp.br/taco/contar/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf?arquivo=taco_4_versao_ampliada_e_revisada.pdf>. Acesso em 29 mar 2019
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.