11 benefícios do pepino para a saúde (com receitas saudáveis)

outubro 2022

O pepino é um vegetal nutritivo e baixo em calorias, já que é rico em água, minerais e antioxidantes. Possui também diversos benefícios para a saúde como favorecer a perda de peso, manter o organismo hidratado e melhorar o funcionamento do intestino.

Além disso, o pepino ajuda a diminuir a gordura do organismo, o açúcar no sangue e a pressão arterial. Por isso, seu consumo é recomendado para auxiliar no tratamento de doenças como aterosclerose, diabetes e hipertensão arterial.

O pepino também é muito utilizado para refrescar e tonificar a pele, podendo ser consumido em saladas, sucos ou na preparação de máscaras faciais, por exemplo.

Benefícios do pepino para a saúde

Os principais benefícios do pepino para a saúde são:

1. Ajudar na perda de peso

O pepino possui poucas calorias e é rico em água e em fibras, ajudando a aumentar a saciedade entre as refeições por mais tempo, reduzindo, assim, o apetite, sendo um alimento recomendado para usar em dietas para emagrecer.

2. Evitar a desidratação

Por ser constituído por 95% de água e conter importantes quantidades de eletrólitos, o pepino pode prevenir a desidratação durante a prática de atividade física, por exemplo. Por isso, esse vegetal pode ser consumido naturalmente ou na forma de bebida refrescante com água e hortelã, por exemplo, mantendo o corpo hidratado.

3. Prevenir o câncer

O pepino contém grandes quantidades de antioxidantes e nutrientes, como as cucurbitacinas, que possuem propriedades anticancerígenas e antiproliferativas, impedindo o crescimento das células cancerosas e pré-cancerosas.

4. Manter a saúde cardiovascular

A quantidade de fibras e antioxidantes presente no pepino ajuda a melhorar a saúde cardiovascular, já que promove a diminuição das gorduras no organismo, principalmente os triglicerídeos e o colesterol LDL, também conhecido como colesterol mau. Por isso, o seu consumo regular pode prevenir doenças como aterosclerose, infarto e derrame cerebral.

5. Ajudar a diminuir a pressão arterial

O pepino contém boas quantidades de água, magnésio e potássio, o que ajuda a reduzir a pressão arterial, já que promove a eliminação do excesso de sódio através da urina e aumenta o relaxamento das artérias, prevenindo, assim, a hipertensão arterial.

6. Controlar a diabetes

O pepino contém fibras e baixo índice glicêmico, de forma que é capaz de aumentar lentamente os níveis de açúcar no sangue. Além disso, contém cucurbita, que estimula a liberação do hormônio insulina, regulando o nível da glicose no organismo e ajudando a prevenir e controlar a diabetes.

7. Desinflamar a pele

O pepino aplicado diretamente na pele tem um efeito refrescante que ajuda a manter a pele revitalizada e atua como um calmante, já que diminui o inchaço e a irritação da pele, podendo aliviar as queimaduras solares.

8. Ajudar a desintoxicar o organismo

Devido à presença de potássio, água e antioxidantes, o pepino ajuda a promover a desintoxicação do corpo e a diminuir a retenção de líquidos, eliminando o excesso de sódio e as toxinas do corpo através da urina.

9. Melhorar a digestão

O pepino funciona como um anti-inflamatório para o estômago, ajudando a melhorar a digestão, além de diminuir a acidez e a formação de gases no tubo digestivo.

10. Aliviar a prisão de ventre

O pepino contém boas quantidades de fibras e água, ajudando a suavizar e a aumentar o tamanho das fezes, promovendo a sua eliminação pelo intestino e melhorando, assim, a prisão de ventre, sendo recomendado consumir esse vegetal inteiro com casca, que é onde se encontra a maior parte das fibras.

11. Melhorar a saúde dos ossos

Por conter boas quantidades de vitamina K, o pepino ajuda a manter a saúde dos ossos, já que junto ao cálcio, esta vitamina é essencial para a formação do osso e para manter a estrutura óssea, prevenindo, assim, o desenvolvimento de doenças como a osteoporose.

Propriedades do pepino

O pepino é um alimento baixo em calorias, possuindo apenas 15 calorias a cada 100 gramas, e é constituído por 95% de água, além de possuir boas quantidades de lignanos, vitamina K, cucurbitacinas, flavonoides, potássio e magnésio, além de outros oligoelementos e minerais que reforçam as propriedades antioxidantes, diuréticas, depurativas, hidratantes, anticancerígenas, anti-inflamatórias, emolientes, emagrecedoras e antidiabéticas.

Informação nutricional

A tabela a seguir indica a composição nutricional de 100 g de pepino:

Componente100 gramas de pepino
Energia15 calorias
Carboidratos3,63 g
Proteína0,65 g
Fibras0,5 g
Água95,2 %
Cálcio16 mg
Magnésio13 mg
Sódio2 mg
Potássio147 mg
Vitamina K16,4 mcg
Carotenos45 mcg

É importante ter em mente que para obter todos os benefícios mencionados anteriormente, o pepino deve ser incluído em uma alimentação equilibrada e saudável, além de ser importante praticar atividade física de forma regular.

Como consumir o pepino

O pepino pode ser consumido cru, em saladas, sucos e vitaminas ou pode ser consumido na forma de picles, sendo uma forma de conservar os alimentos por mais tempo. No entanto nem todas as pessoas conseguem digerir de forma eficiente o pepino, sendo nesse caso recomendado que a casca seja retirada para favorecer a sua digestão.

Receitas com pepino

Algumas receitas que podem ser preparadas com o pepino são:

1. Água de pepino

Ingredientes

  • 1 pepino grande ou 2 pequenos;
  • 1 litro de água;
  • Folhas de hortelã.

Modo de preparo

Lavar bem os pepinos e cortar em rodelas. Em seguida, acrescentar na água juntamente com as folhas de hortelã. É recomendado deixar a água de pepino na geladeira durante pelo menos 1 hora, para que seja possível obter o sabor agradável.

2. Picles de pepino

Ingredientes

  • 1/3 de xícara de vinagre de maçã;
  • 1 colher de sopa de açúcar;
  • 1/2 colher de chá de gengibre ralado;
  • 1 pepino japonês.

Modo de preparo

Misturar o açúcar, o vinagre e o gengibre e mexer até todo o açúcar dissolver. Acrescentar o pepino cortado em fatias bem finas com a casca e deixar durante pelo menos duas horas na geladeira antes de servir.

3. Suco detox de pepino

Ingredientes:

  • 2 maçãs com casca;
  • 1 pepino médio;
  • 3 folhas de hortelã.

Modo de preparo:

Retirar as sementes das maçãs e bater todos os ingredientes no liquidificador. Beber gelado, sem adicionar açúcar.

4. Salada de pepino

Ingredientes:

  • 4 folhas de alface;
  • 1/2 maço de agrião;
  • 1 tomate em cubos grandes;
  • 1 ovo cozido;
  • 1 pepino em tiras ou em cubos;
  • 1 cenoura ralada;
  • Azeite, vinagre, salsa, limão e orégano para temperar.

Modo de preparo:

Cozinhar o ovo e cortar os vegetais, misturando tudo e temperando como desejar. Servir fresco como entrada ao almoço ou ao jantar. Se a pessoa desejar, pode adicionar frango desfiado ou atum para consumir ao jantar.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em outubro de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em outubro de 2022.

Bibliografia

  • Hayk S. Arakelyan Tokyo Medical University Hospital. Cucumber (Cucumis sativus) - 1.Healthy Vegetables. –Mother Nature Healing.. Clinical Food Therapy. 2019
  • U.S. DEPARTMENT OF AGRICULTURE FOODDATA . Cucumber, with peel, raw. Disponível em: <https://fdc.nal.usda.gov/fdc-app.html#/food-details/168409/nutrients>. Acesso em 17 mar 2022
Mostrar bibliografia completa
  • H. Murad, M.A. Nyc. EVALUATING THE POTENTIAL BENEFITS OF CUCUMBERS FOR IMPROVED HEALTH AND SKIN CARE. jarlife journal. 2012
  • Pulok K Mukherjee, Neelesh K Nema, Niladri Maity, Birendra K Sarkar. Phytochemical and therapeutic potential of cucumber. Pubmed. 20012
  • PLATAFORMA PORTUGUESA DE INFORMAÇÃO ALIMENTAR . Composição de Alimentos: Pepino. Disponível em: <http://portfir.insa.pt/foodcomp/food?695>. Acesso em 29 mar 2019
  • ALVES Carlos. Verduras e legumes que curam. 1º. Brasil: Vozes, 2013. 155-157.
  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS . Tabela Brasileira de Composição de Alimentos – TACO. 2011. Disponível em: <http://www.nepa.unicamp.br/taco/contar/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf?arquivo=taco_4_versao_ampliada_e_revisada.pdf>. Acesso em 29 mar 2019
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.