Kombucha: o que é, benefícios e como fazer

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
janeiro 2022

O Kombucha é uma bebida fermentada feita a partir de chás, como o chá preto ou chá verde, adoçados, contendo uma cultura de leveduras e bactérias, conhecidas como SCOBY, que equilibram a flora intestinal, ajudando a fortalecer o sistema imunológico e melhorar o funcionamento do intestino.

Além disso, o kombucha também contém boas quantidades de polifenóis e vitamina C, compostos com propriedades desintoxicantes, que melhoram as funções do fígado, promovendo a eliminação de toxinas do organismo pela urina e pelas fezes.

O chá preto e o açúcar são os ingredientes mais usados para fazer o kombucha, mas também pode-se usar outras ervas e ingredientes, como agave, mel, chá verde, oolong, chá de hibisco, chá mate, suco de frutas e gengibre.

O Kombucha tem sabor sabor parecido com uma cidra espumante de maçã, e seu consumo traz os seguintes benefícios para a saúde:

  1. Ajudar a combater a gastrite, por atuar eliminando a bactéria H. pylori, umas das grandes causas de gastrite;
  2. Prevenir infecções intestinais, por combater bactérias e fungos prejudiciais que causam doenças no intestino;
  3. Atuar como desintoxicante, por se ligar a toxinas no organismo, estimulando sua eliminação pela urina e pelas fezes;
  4. Melhorar o funcionamento do intestino, por equilibrar a flora intestinal;
  5. Aliviar o estresse e combater a insônia, sendo uma boa opção para períodos de maior stress ou provas;
  6. Melhorar o funcionamento do fígado, sendo uma boa opção para depois de tratamentos com medicamentos, como antibióticos;
  7. Fortalecer o sistema imunológico, por promover o equilíbrio da flora intestinal, melhorando a ação dos anticorpos;
  8. Evitar doenças como diabetes e câncer, porque possui ação antioxidante e imunomoduladora, ajudando no combate aos radicais livres;
  9. Prevenir a pressão alta, por melhorar o relaxamento das artérias, facilitando a circulação de sangue;
  10. Prevenir infecções urinárias, porque é uma boa fonte de líquidos, que ajuda a aumentar o volume de urina.

Os benefícios do kombucha são maiores do que quando os chás preto ou verde são tomados na sua forma tradicional, e por isso essa bebida vem sendo utilizada como um poderoso auxílio para a saúde.

Como tomar

O kombucha pode ser consumido diariamente, substituindo sucos e chás, em qualquer horário do dia, em jejum, antes ou depois das refeições ou até mesmo antes das atividades físicas, por exemplo.

Apesar de ainda não existirem estudos científicos sobre a quantidade ideal recomendada de kombucha, a ingestão máxima de 120 ml dessa bebida, até 3 vezes ao dia, tem sido considerada segura pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

No entanto, antes de consumir o kombucha, é importante verificar sempre a aparência da bebida. Se o kombucha estiver com mofo ou cheiro forte, similar ao da acetona, a bebida pode estar estragada, sendo necessário descartar.

Possíveis efeitos colaterais e contraindicações

O consumo excessivo de kombucha pode causar alguns sintomas, como gases, dor de cabeça, náuseas, intoxicação no fígado e dor de estômago.

O kombucha não é recomendado para crianças, mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Essa bebida também não é indicada para pessoas com problemas graves nos rins, pulmões e fígado. Além disso, por conter açúcar, pessoas com diabetes devem consumir o kombucha somente com a orientação de um médico, ou nutricionista.

Como fazer kombucha em casa

Para preparar a base do kombucha, também chamada de primeira fermentação, deve-se fazer os seguintes passos:

Ingredientes para a primeira fermentação:

  • 3 l de água mineral;
  • 1 panela de aço inoxidável, vidro ou cerâmica;
  • 1 xícara de açúcar refinado;
  • 5 sachês de chá preto;
  • 1 cogumelo de kombucha, também chamado SCOBY;
  • 1 recipiente de vidro escaldado com água quente;
  • 300 ml de kombucha pronto (opcional).

Modo de preparo:

Lavar bem as mãos e os utensílios, passando água quente e vinagre para ajudar a eliminar qualquer contaminação por micro-organismos. Colocar a água mineral na panela e levar para aquecer. Quando a água ferver, adicionar o açúcar e misturar bem. Em seguida, desligar o fogo e adicionar os saquinhos de chá, deixando a mistura descansar por 10 a 15 minutos.

Colocar o chá no frasco de vidro e esperar esfriar até ficar em temperatura ambiente. Em seguida, adicionar o cogumelo de kombucha e os 300 ml de kombucha pronto, tampando o frasco de vidro com um pano e um elástico, o que irá permitir a circulação de ar, sem deixar a mistura exposta. Guardar o frasco em um local arejado e sem muita luz por cerca de 6 a 10 dias, tempo em que a bebida final estará pronta, com o aroma leve de vinagre e sem sabor doce. Armazenar a bebida em geladeira por até 5 dias. No final do processo, uma nova colônia de kombucha é formada em cima da primeira, a qual pode ser guardada na geladeira ou doada para outra pessoa.

cogumelo de kombucha, também chamado Scooby
cogumelo de kombucha, também chamado Scooby

Receitas de kombucha com sabor

Também chamado de kombucha de segunda fermentação, o kombucha pode ser saborizado com ingredientes como gengibre, pera, uva, morango, limão, abacaxi, laranja e outras frutas, trazendo um novo sabor para a bebida e acrescentando os benefícios das frutas. As frutas e outros ingredientes devem ser adicionados no kombucha base já pronto, e nesta fermentação a bebida ficará gaseificada, lembrando um refrigerante.

Kombucha de limão e gengibre

Ingredientes:

  • 1,5 litro de kombucha;
  • De 3 a 5 rodelas de gengibre; 
  • Suco de meio limão;
  • 1 garrafa de 1,5L de capacidade, com tampa.

Modo de Preparo:

Colocar as rodelas de gengibre e o suco de limão na garrafa limpa. Adicionar o kombucha na garrafa, enchendo bem até ficar totalmente completa, para que não fique ar na garrafa. Tampar e deixar descansar por 3 a 7 dias, tempo necessário para haver uma nova fermentação, mas em geral a bebida saborizada estará pronta após 5 dias de fermentação. No entanto, a bebida produz muito gás e, por isso, algumas pessoas preferem a bebida após apenas 24 horas da fermentação. Armazenar a bebida em geladeira por até 5 dias.

Para fazer o kombucha com outros sabores, pasta bater a fruta no liquidificador, coar e adicionar na garrafa juntamente com o kombucha pronto, aguardando 5 dias para a nova fermentação que dará sabor à bebida.

Onde comprar

O kombucha pronto pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e supermercados, estando à venda no sabor tradicional e com sabores variados de frutas e especiarias.

Já o SCOBY, que é o cogumelo, ou bolacha, de kombucha com os fungos e bactérias responsáveis pela fermentação da bebida, pode ser encontrados em sites ou fóruns na internet que oferecem o SCOBY de graça, assim como acontece com o Kefir. Como a cada fermentação um novo SCOBY é formado, os consumidores de kombucha costumam doar o SCOBY para outras pessoas que desejam fazer a bebida em casa.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em janeiro de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em janeiro de 2022.

Bibliografia

  • CLEVELAND CLINIC. What Are Kombucha’s Health Benefits (and How Much Can You Safely Drink)?. Disponível em: <https://health.clevelandclinic.org/what-are-kombuchas-health-benefits-and-how-much-can-you-safely-drink/>. Acesso em 31 jan 2022
  • LEAL, M, Jessica et al. A review on health benefits of kombucha nutritional compounds and metabolites. CyTA - Journal of Food. Vol.16. 1.ed; 390-399, 2018
Mostrar bibliografia completa
  • LEAL, M, Jessica; GARCIA, P, Nestor; ABURTO, E, Anayansi. Recent Evidence of the Beneficial Effects Associated with Glucuronic Acid Contained in Kombucha Beverages. Current Nutrition Reports . Vol.3. 9.ed; 163-170, 2020
  • KAPP Julie et al. Kombucha: a systematic review of the empirical evidence of human health benefit. Annals of Epidemiology. 30. 66-70, 2019
  • CENTER FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. Unexplained Severe Illness Possibly Associated with Consumption of Kombucha Tea. Disponível em: <https://www.cdc.gov/mmwr/preview/mmwrhtml/00039742.htm>. Acesso em 14 out 2020
  • DUTTA Himjyoti et al. Kombucha drink: production, quality and safety aspects. Production and Management of Beverages. 1. 259-288, 2019
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • PROBIÓTICOS para um INTESTINO SAUDÁVEL

    06:14 | 136881 visualizações