Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

9 benefícios do gergelim e como usar

Os benefícios do gergelim estão especialmente relacionados com a rua riqueza em fibras que ajuda a melhorar o funcionamento intestinal e a reduzir os níveis de colesterol no organismo, podendo ser adicionado nas refeições como saladas e sopas, para tratar prisão de ventre ou colesterol alto, por exemplo.

O gergelim não altera o sabor dos alimentos, por isso pode ser utilizado em diversas preparações ou até mesmo acrescentado no iogurte, diminuindo a absorção de carboidratos e aumentando a saciedade.

9 benefícios do gergelim e como usar

Devido à sua ação adstringente, analgésica, antidiarreica, relaxante, diurética, anti-inflamatória e antimicrobiana, o gergelim pode ser utilizado para obter vários benefícios:

  1. Diminuir o apetite e ajudar a emagrecer;
  2. Reduzir o risco de desenvolver doenças cardíacas;
  3. Ajudar a controlar a pressão arterial;
  4. Melhorar a saúde da pele, facilitando a cicatrização e evitando manchas da idade;
  5. Aumentar as defesas do organismo;
  6. Manter os ossos e dentes fortes;
  7. Evitar lesões no fígado, eliminando produtos tóxicos do órgão;
  8. Melhorar o humor;
  9. Regular a produção de hormônios.

Além disso, o gergelim também é rico em folato e, por isso, pode ser utilizado na alimentação de mulheres grávidas para diminuir o risco de malformações no bebê, como espinha bífida ou doenças cardíacas. Além disso, também previne casos de anemia na gestante e de pré-eclâmpsia.

Benefícios do gergelim preto

O gergelim preto é rico em fibras, sendo, portanto, indicado para ajudar no controle da diabetes e facilitar a digestão, por exemplo.

Existem diferentes tipos de gergelim, como o preto, torrado, com casca e o integral, que diferem entre si por suas características nutricionais, porém apresentam benefícios semelhantes. O gergelim integral possui todos os nutrientes na quantidade máxima, enquanto que o gergelim com casca á capaz de aumentar o movimento intestinal, o trânsito do bolo alimentar e ativar a circulação sanguínea na parede intestinal, uma vez que esse tipo de gergelim possui o ácido linoleico.

9 benefícios do gergelim e como usar

Como usar o gergelim para emagrecer

O gergelim pode ser considerado um forte aliado no processo de emagrecimento, pois suaviza a absorção de carboidratos, o que resulta em diminuição do apetite e aumento da saciedade. Além disso, o gergelim também facilita a digestão trazendo uma sensação de conforto no organismo.

Para auxiliar no processo de emagrecimento, pode-se acrescentar 1 colher de sopa de gergelim em 1 copo de iogurte, o que traz saciedade. O gergelim não altera o sabor dos alimentos e pode ser consumido no iogurte ao meio da manhã ou da tarde, fazendo com que o indivíduo não exagere no almoço e no jantar.

Além de poder ser colocado no iogurte, o gergelim também pode ser acrescentado na salada e na preparação do arroz, por exemplo, possuindo os mesmos benefícios e auxiliando na perda de peso.

Composição nutricional do gergelim

A tabela a seguir traz a composição nutricional:

Quantidade por 10 g de gergelim
Energia: 61,4 calorias
Carboidratos2,3 gProteína1,8 g
Gordura saturada0,7 gLípidos5 g
Fibras1,7 gVitamina B10,1 mg
Folato9,6 mcgCálcio13,1 mg
Potássio77,4 mgMagnésio34,6 mg
Sódio58,8 mgPotássio40,6 mg

Receitas com o gergelim

9 benefícios do gergelim e como usar

O gergelim pode ser consumido em sua forma natural, em forma de sementes, ou utilizada para fazer pastas ou biscoitos, por exemplo.

1. Pasta de gergelim

A pasta de gergelim, também conhecida como Tahine, é fácil de fazer e pode ser colocada em pães, por exemplo, ou utilizada para fazer molhos ou para temperar outros pratos, como o falafel, por exemplo.

Para fazer o Tahine basta dourar 1 xícara de semente de gergelim em uma frigideira, tomando cuidado para não queimar as sementes. Em seguida, deixar esfriar um pouco e colocar no processador as sementes e 3 colheres de sopa de azeite de oliva, deixando o equipamento ligado até que se forme a pasta.

Durante o processo, é possível ainda acrescentar mais azeite para que seja alcançada a textura desejada. Além disso, pode-se temperar com sal e pimenta à gosto.

2. Biscoito de gergelim

O biscoito de gergelim é uma ótima opção de lanche ou para comer com o café e com o chá.

Ingredientes

  • 1 ½ xícara de farinha de trigo integral;
  • ½ xícara de gergelim;
  • ½ xícara de semente de linhaça;
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva;
  • 1 ovo.

Modo de preparo

Em um recipiente, juntar todos os ingredientes e misturar com a mão até que se forme uma massa. Em seguida, abrir a massa com um rolo, cortar em pedaços menores, colocar em uma assadeira untada e fazer pequenos furos nos pedaços com auxílio de um garfo. Depois, colocar a assadeira no forno pré-aquecido a 180 ºC e deixar por cerca de 15 minutos ou até ficarem dourados.

Por fim, é só deixar esfriar um pouco e consumir.

Bibliografia >

  • PRASAD Nagendra et al. A Review on Nutritional and Nutraceutical Properties of Sesame. Journal of Nutrition & Food Sciences. 2. 2; 1-6, 2012
  • COZZOLINO Silvia. Biodisponibilidade de nutrientes. 4º. Brasil: Manole Ltda, 2012. 365-385; 541-554; 721-765.
  • ZEISEL Steven and DA COSTA Kerry-Ann. Choline: An Essential Nutrient for Public Health. Nutrition Reviews. 67. 11; 615-623, 2009
  • PHITAK Thanyaluck et al. Chondroprotective and anti-inflammatory effects of sesamin. Phytochemistry. 80. 77-88, 2012
  • SRISUTHTAYANONT Warunee et al. Effects of sesamin on chondroitin sulfate proteoglycan synthesis induced by interleukin-1beta in human chondrocytes. BMC Complementary Medicine and Therapies . 17. 1; 1-11, 2017
  • DOLINSKY Manuela. Nutrição Funcional. 1º. Brasil: Roca, 2009. 48-54; 134-153.
  • GUPTA Charu. Phytoestrogens as Pharma Foods. Advances in food technology and nutritional sciences. 2. 19-31, 2016
  • LOEF Martin; WAKACH Harald et al. Selenium and Alzheimer's Disease: A Systematic Review. Journal of Alzheimer's disease: JAD. 26. 1; 81-104, 2011
  • GUARINO G; RAGOZZINO G et al. Selenium Supplementation in Obese Patients with Subclinical Hypothyroidism and Type 2 Diabetes. Journal of Nutrition and Health Sciences. 5. 2; 1-9, 2018
  • U.S DEPARTMENT OF AGRICULTURE: FOODDATA CENTRAL. Sesame seeds. Disponível em: <https://fdc.nal.usda.gov/fdc-app.html#/food-details/784464/nutrients>. Acesso em 22 Out 2020
  • JUHÁSZNE T; CSAPÓ J. The role of selenium in nutrition – A review. Acta Universitatis Sapientiae, Alimentaria. 11. 128-144, 2018
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem