7 benefícios da bicicleta ergométrica para a saúde

setembro 2022

O exercício na bicicleta ergométrica traz diversos benefícios para a saúde, como ajudar na perda de peso e prevenir algumas doenças, como a diabetes do tipo 2 e alterações cardíacas, por exemplo, já que permite queimar calorias, aumentar a tolerância ao açúcar no sangue e promover o bom funcionamento do coração.

Além disso, a bicicleta ergométrica ajuda a tonificar e a melhorar a resistência muscular das pernas e alguns exercícios que podem ser realizados com ela são aulas de spinning na academia ou em casa, já que existem diversos tipos de bicicletas ergométricas que se adaptam às exigências de cada um e à disponibilidade financeira.

No caso de ter alguma doença prévia, como problemas cardíacos ou na articulação, por exemplo, é importante que o médico seja consultado antes de iniciar a prática de exercício na bicicleta ergométrica.

Os principais benefícios da bicicleta ergométrica são:

1. Ajuda a emagrecer

Este é um excelente exercício cardiovascular que permite queimar até 260 calorias em apenas 30 minutos, sendo um importante aliado para quem está tentando emagrecer ou eliminar alguma gordura localizada.

O exercício com a bicicleta ergométrica também pode ser utilizado por quem está tentando aumentar a massa muscular magra, pois, desde que não seja feito em exagero, ajuda a queimar a gordura, deixando apenas a massa magra construída durante o treino de musculação.

Confira uma dieta para completar o treino com bicicleta e emagrecer mais rápido.

2. Protege as articulações

Fazer exercício na bicicleta ergométrica ou participar em aulas de spinning na academia, por exemplo, são ótimas opções para manter a boa forma física enquanto se recupera de lesões ortopédicas.

Isto porque, este tipo de exercício, quando feito corretamente, diminui bastante o impacto sobre as articulações do quadril, joelho e tornozelo, especialmente quando comparado com outras atividades como correr, pular corda ou jogar futebol, por exemplo.

Confira ainda o que comer para proteger e fortalecer as articulações.

3.  Aumenta a resistência e tonifica as pernas

A resistência muscular é a capacidade que o músculo tem para continuar a funcionar quando está a ser utilizado por muito tempo. Assim, quando se está pedalando com resistência numa bicicleta ergométrica, os músculos vão-se adaptando e tornando-se mais fortes e tonificados, especialmente nas pernas e bumbum.

Ao aumentar a força e a resistência de um músculo também é possível melhorar a saúde dos ossos e ligamentos em volta, o que causa um aumento da força nas atividades diárias, evitando-se lesões.

4. Previne doenças cardiovasculares

O exercício na bicicleta ergométrica é um importante tipo de exercício cardiovascular, pois diminui a pressão arterial, melhora o funcionamento do coração e controla os níveis de açúcar no sangue. Além disso, também reduz o colesterol ruim, ao mesmo tempo que aumenta o colesterol bom, diminuindo o risco de formação de coágulos.

Assim, é possível evitar vários problemas de saúde como pressão alta, infarto, AVC ou trombose, por exemplo.

Veja ainda 9 plantas que podem proteger a saúde do eu coração.

5. Reduz o estresse

Fazer 30 minutos de bicicleta ergométrica ou participar numa aula de spinning leva o corpo a liberar mais adrenalina e endorfinas, o que ajuda a reduzir muito os níveis de estresse, além de fortalecer o sistema imune e criar uma sensação de prazer e euforia.

Veja uma lista de técnicas de relaxamento que ajudam a aliviar o estresse.

6. Previne a diabetes

De acordo com alguns estudos, as pessoas que utilizam de forma regular a bicicleta ergométrica ao longo do ano têm um risco menor de desenvolver diabetes do tipo 2 em comparação com pessoas que não usam a bicicleta, já que ajuda a diminuir o acúmulo de gordura corporal, melhorar a tolerância do açúcar no sangue e diminuir a necessidade de insulina.

7. Aumentar a capacidade respiratória

Usar a bicicleta ergométrica aumenta a capacidade pulmonar, já que aumenta consideravelmente o consumo de oxigênio durante as pedaladas, melhorando a capacidade cardiorrespiratória e prevenindo doenças pulmonares.

Como regular a bicicleta corretamente

Saber utilizar e regular a bicicleta ergométrica é um dos passos mais importantes para garantir bons resultados e evitar lesões. Para isso, é importante estar atento a alguns pormenores como:

  • Altura do selim: deve permitir que, após estar sentado, se consiga manter a perna ligeiramente dobrada quando o pedal está na posição mais baixa do movimento;
  • Posição do selim: deve permitir que o joelho fique paralelo ao pedal;
  • Guidão: deve ser possível alcançar o guidão com os braços ligeiramente dobrados, mantendo as costas retas e os ombros relaxados.

Nas aulas de spinning, normalmente, o professor ajuda cada pessoa a ajustar sua bicicleta, principalmente quando é a primeira vez fazendo esse tipo de exercício.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em setembro de 2022. Revisão clínica por Carlos Bruce - Personal Trainer, em maio de 2017.

Bibliografia

  • Martin G. Rasmussen. Associations between Recreational and Commuter Cycling, Changes in Cycling, and Type 2 Diabetes Risk: A Cohort Study of Danish Men and Women. Plos Medicine. 2016
  • Orlando Quintero Flores, MD. Jefe de la Unidad de Rehabilitación, Médico Fisiatra Profesor de la Universidad del Valle. Spinning. 2001
Mostrar bibliografia completa
  • PANDA ORG. Siete grandes beneficios de la bicicleta que te pondrán a pedalear. Disponível em: <https://wwf.panda.org/wwf_news/?298291/Siete%2Dgrandes%2Dbeneficios%2Dde%2Dla%2Dbicicleta%2Dte%2Dpondrn%2Da%2Dpedalear#:~:text=Adem%C3%A1s%20de%20ayudar%20al%20control,de%20enfermedades%20card%C3%ADacas%20y%20vasculares.>. Acesso em 19 set 2022
Revisão clínica:
Carlos Bruce
Personal Trainer
Formado pela Universidade Federal do Rio De Janeiro em 2012, com registro profissional no CREF 038849-G/RJ.