Anúria: o que é, causas e tratamento

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
maio 2022

A anúria é a ausência de produção e eliminação de urina, sendo considerada um sintoma de alterações no sistema urinário, como obstrução nas vias urinárias ou insuficiência renal aguda, por exemplo, ou ser um sinal de diabetes não controlada e/ ou hipertensão, por exemplo.

Assim, o diagnóstico da anúria é feito pelo nefrologista a partir da observação do conjunto de sinais e sintomas apresentados pela pessoa, que, dependendo da causa, pode apresentar retenção de líquido, dificuldade para urinar ou cansaço frequente, por exemplo.

Além disso, para identificar a causa da anúria, o médico pode solicitar a realização de exames como hemograma, exame de urina e/ ou tomografia computadorizada, por exemplo, sendo importante para que seja indicado o tratamento mais adequado, que pode envolver a correção da obstrução, colocação de stent ou realização de hemodiálise.

Principais causas

A causa mais frequentemente associada à anúria é a insuficiência renal aguda, em que o rim não consegue filtrar o sangue corretamente, podendo haver o acúmulo de substâncias prejudiciais para o organismo e levando ao aparecimento de alguns sinais e sintomas como dor na parte inferior das costas, cansaço fácil, falta de ar e pressão alta, por exemplo. Saiba como reconhecer os sintomas de insuficiência renal aguda.

Outras possíveis causas de anúria são:

  • Obstrução das vias urinárias pela presença de cálculos, o que impede que a urina seja eliminada;
  • Diabetes não controlada, isso porque o excesso de glicose pode causar lesões progressivas nos rins, interferindo diretamente na sua função e resultando em insuficiência renal aguda, que é a causa mais frequente de anúria;
  • Alterações na próstata, no caso dos homens, pois pode provocar alterações no sistema urinário devido à presença de tumores, por exemplo;
  • Tumor nos renais, pois além de alterar o funcionamento dos rins, pode também provocar obstrução das vias urinárias;
  • Hipertensão, pois pode, a longo prazo, haver alteração da função dos rins devido a danos que podem acontecer nos vasos em torno dos rins.

É importante que a causa da anúria seja identificada para que o médico consiga indicar o tratamento mais adequado.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da anúria é feito pelo nefrologista ou urologista de acordo com sinais e sintomas apresentados pela pessoa que podem ser indicativos de alteração nos rins, como retenção de líquidos, dificuldade para urinar, cansaço frequente e presença de sangue na urina quando é possível a sua eliminação.

Além disso, para confirmar a causa da anúria, o médico pode também indicar a realização de exames de sangue, exame de urina, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou cintilografia renal, em que é avaliada a forma e o funcionamento dos rins, sendo importante no diagnóstico da insuficiência renal ou identificação de obstruções, por exemplo. Entenda o que é e como é feita a cintilografia renal.

Como deve ser o tratamento

O tratamento da anúria é indicado pelo médico de acordo com a causa, dos sinais e sintomas apresentados pela pessoa e estado de saúde da pessoa. Assim, no caso da anúria ser causada por uma obstrução nas vias urinárias que impedem a eliminação da urina, pode ser recomendada a realização de um procedimento cirúrgico para correção da obstrução, favorecendo a eliminação da urina, e a colocação de stent.

No caso da insuficiência renal, é normalmente recomendada a realização de hemodiálise, isso porque é preciso que o sangue seja filtrado para evitar que haja acúmulo de substâncias tóxicas para o organismo, o que poderia agravar a insuficiência renal. Veja como é feita a hemodiálise.

Em último caso, quando a insuficiência já está mais avançada e a hemodiálise não está sendo totalmente suficiente, pode ser indicado pelo médico a realização do transplante renal.

Além disso, é importante que o tratamento para a doença de base, como diabetes ou alterações cardiovasculares, por exemplo, sejam continuados de acordo com a recomendação do médico, pois assim é possível evitar complicações.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em maio de 2022. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em agosto de 2020.

Bibliografia

  • CHOI, Hye Min; KIM, Sun Chul; KIM, Myung-Gyu et al. Etiology and outcomes of anuria in acute kidney injury: a single center study. Kidney Res Clin Pract. Vol 34. 13-19, 2015
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEFROLOGIA. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Nefrologia - Insuficiência Renal Aguda. 2007. Disponível em: <https://arquivos.sbn.org.br/uploads/Diretrizes_Insuficiencia_Renal_Aguda.pdf>. Acesso em 20 jul 2020
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.