Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Antraz, principais sintomas e como é o tratamento

O Antraz é uma doença grave causada pela bactéria Bacillus anthracis, que pode causar infecção quando as pessoas entram em contato direto com objetos ou animais contaminados pela bactéria, quando ingerem carnes de animais contaminadas ou quando inalam esporos dessa bactéria presentes no ambiente.

A infeção por essa bactéria é bastante grave e pode comprometer o funcionamento do intestino e pulmões, podendo levar ao coma e ao óbito em poucos dias após a infecção. Devido a sua ação tóxica, o antraz pode ser utilizada como arma biológica, já tendo sido espalhada através de pó em cartas e objetos como forma de terrorismo.

O que é Antraz, principais sintomas e como é o tratamento

Principais sintomas

Os sintomas do antraz variam de acordo com a forma de transmissão, com o sistema imunológico da pessoa e com a quantidade de esporos que a pessoa entrou em contato. Os sinais e sintomas da infecção podem começar a aparecer cerca de 12 horas a 5 dias após à exposição à bactéria, podendo causar manifestações clínicas de acordo com a forma de contágio:

  • Antraz cutâneo: é a forma menos grave da doença, acontece quando a pessoa entra em contato direto com os esporos da bactéria e pode ser caracterizada pelo aparecimento de caroços e bolhas vermelho-acastanhados na pele que podem se romper e formar úlceras escuras e dolorosas na pele, podendo ser acompanhadas de inchaço, dores musculares, dor de cabeça, febre, enjoo e vômito.
  • Antraz gastrointestinal: que acontece através da ingestão de carnes de animais contaminados, em que as toxinas produzidas e liberadas pela bactéria causam inflamação aguda deste órgão, o que provoca sangramento, diarréia, vômitos, dor abdominal e febre;
  • Antraz pulmonar: é considerada a forma mais grave da doença, pois os esporos alojam-se nos pulmões, comprometem a respiração e podem chegar facilmente à corrente sanguínea, podendo levar ao coma ou óbito em até 6 dias após a infecção. Os sintomas iniciais são normalmente semelhantes ao de uma gripe, mas evoluem rapidamente.

Se a bactéria chegar ao cérebro, após atingir a circulação sanguínea, pode causar infecção cerebral e meningite muito graves, que quase sempre é fatal. Além disso, todas estas manifestações são muito graves e se não forem rapidamente identificadas e tratadas, podem levar à morte. 

Como acontece a transmissão

A infecção pelo Bacillus anthracis pode acontecer através do contato com objetos ou animais contaminados com esporos da bactéria, que na maioria das vezes são vacas, cabras e ovelhas. Quando a infecção acontece por meio do contato com esporos e leva ao aparecimento de sintomas cutâneos, a infecção pode ser facilmente transmitida de pessoa para pessoa.

Outras formas de transmissão da doença é por meio da ingestão de carnes ou derivados de animais contaminados e por meio da inalação dos esporos, que é a forma mais frequente de transmissão no caso de bioterrorismo, por exemplo. Essas duas formas de transmissão não são transmitidas de pessoa para pessoas, no entanto são consideradas mais graves, uma vez que a bactéria pode alcançar mais facilmente a corrente sanguínea, espalhar-se para outros locais do corpo e causar sintomas mais graves.

Como é feito o tratamento

A infecção pelo antraz é tratada com uso de antibióticos que devem ser utilizados de acordo com a orientação do infectologista e/ ou clínico geral. Além disso, podem ser recomendados medicamentos para neutralizar a ação da toxina produzida e liberada pela bactéria, evitando assim o desenvolvimento da doença e aliviando os sintomas.

A vacina para o antraz não é disponível para toda a população, apenas para as pessoas que possuem maior chance de exposição à bactéria, como é o caso dos militares e cientistas, por exemplo.

Prevenção do Antraz

Como os esporos dessa bactéria não estão presentes no ambiente, apenas em laboratórios de referência para fins de guerra caso haja necessidade, a vacina contra o antraz encontra-se disponível apenas para as pessoas consideradas pertencentes ao grupo de risco, como militares, cientistas, técnicos de laboratórios, funcionários de empresas têxteis e veterinários.

Como a bactéria também pode ser encontrada no sistema digestivo ou no pelo de animais, uma forma de prevenir a infecção é através do controle da saúde dos animais, diminuindo, assim, a presença da bactéria no ambiente.

No caso da utilização do Bacillus anthracis como forma de bioterrorismo, a melhor estratégia para evitar a infecção e desenvolvimento da doença é a vacinação e o uso de antibióticos indicados por cerca de 60 dias.


Bibliografia

  • ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Anthrax in humans and animals. 2008. Link: <www.who.int>. Acesso em 17 Jul 2019
  • MANUAL MSD. Antraz. Link: <www.msdmanuals.com>. Acesso em 17 Jul 2019
  • BBC BRASIL. Entenda o que é o Antraz. Link: <www.bbc.com>. Acesso em 17 Jul 2019
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem